Foto: Foto do Mundial do ano passado, em Dubai

Brasil sediará Campeonato Mundial de Kart pela primeira vez na história

Foto: Foto do Mundial do ano passado, em Dubai

Foto: Foto do Mundial do ano passado, em Dubai

Paulo Breim, organizador dos torneios Biland no Brasil, confirmou a disputa do quinto Mundial da categoria Kart GP no rec‚m inaugurado Kart¢dromo da Praia Grande. Evento ocorrer  entre fevereiro e mar‡o de 2008 no litoral de SÆo Paulo

Pela primeira vez na hist¢ria do automobilismo nacional, o Brasil ser  a sede de uma das edi‡äes do Campeonato Mundial de Kart. O empres rio Paulo Breim, um dos promotores do Campeonato Paulista da modalidade, confirmou na tarde da £ltima ter‡a-feira a realiza‡Æo no pa¡s do quinto torneio internacional da categoria Kart GP, que ser  disputado entre os meses de fevereiro e mar‡o de 2008 no rec‚m-inaugurado Kart¢dromo de Praia Grande, no litoral de SÆo Paulo.

A confirma‡Æo do Brasil como sede do Campeonato Mundial de Kart GP – competi‡Æo que tem como principal caracter¡stica o uso de motores Biland de quatro tempos – era esperada desde o ano passado e foi confirmada em clima de grande festa pelos organizadores. A data exata do torneio ð- que ter  dura‡Æo de cinco dias e ser  composto por baterias classificat¢rias e uma final -, ser  confirmada no dia 01 de dezembro, quando a ComissÆo Internacional de Kart da FIA divulgar  seu calend rio de eventos para o pr¢ximo ano.

“Toda a documenta‡Æo necess ria para a realiza‡Æo do campeonato est  sendo encaminhada pela Confedera‡Æo Brasileira de Automobilismo … ComissÆo Internacional de Kart”, revelou Paulo Breim. “A id‚ia ‚ que tenhamos praticamente uma semana completa de eventos na Praia Grande. Os pilotos devem chegar na cidade um ou dois dias antes do in¡cio das atividades de pista, que serÆo realizadas entre ter‡a-feira e s bado, e permanecerÆo por l  at‚ o fim da semana”, acrescentou o dirigente.

O Campeonato Paulista de Kart – principal reduto dos pilotos da Biland no pa¡s, com m‚dia de 45 participantes por rodada ð-, ganhou ainda mais prest¡gio com a confirma‡Æo do Brasil para a sede do quinto mundial da categoria Kart GP. Isso porque, de acordo com as normas internacionais da Biland, o torneio s¢ ser  aberto aos pilotos mais bem classificados nos campeonatos regionais da marca realizados ao redor do mundo.

O Brasil ter  direito a quatro vagas na quinta final mundial do evento, todas elas concedidas aos participantes do Campeonato Paulista de Kart. Se o estadual terminasse hoje, estariam na final JoÆo Gon‡alves e Alain Sisdeli – os melhores colocados na Biland KGP -, al‚m de Fernando Leme e Andr‚ Nicastro – os l¡deres no combinado das categorias Biland KGP Sˆnior e Super Sˆnior do estadual.

Dono de seis t¡tulos no campeonato mundial de Kart, o Brasil nÆo ‚ considerado uma na‡Æo de tradi‡Æo nas categorias disputadas com motores dois tempos, mas det‚m a hegemonia nas competi‡äes de karts quatro tempos. Nas quatro finais mundiais da Kart GP j  realizadas, os pilotos brasileiros venceram trˆs: Andr‚ Sousa foi o primeiro campeÆo, em 2002. Andr‚ Nicastro venceu em 2004 e JoÆo Gon‡alves, em 2005.

A presen‡a quase certa de Nicastro e Gon‡alves, al‚m da confirma‡Æo do alemÆo Claudio Mack, ganhador do mundial em 2006, significa que o evento, muito provavelmente, ter  trˆs campeäes mundiais na pista entre os 34 pilotos esperados pela organiza‡Æo.

“Temos muita tradi‡Æo na disputa do Mundial da categoria Biland, e por isso ‚ um privil‚gio para n¢s receber o torneio no pa¡s”, refor‡ou Paulo Breim. “O Kart¢dromo de Praia Grande ‚ moderno, possui boa estrutura para as equipes e foi escolhido, tamb‚m, pelo fato da cidade receber muitos turistas no verÆo. O torneio ser  realizado no fim da alta temporada, o que representa um ¢tima exposi‡Æo para nossos potenciais patrocinadores”, acrescentou o dirigente.

Para a realiza‡Æo do Campeonato Mundial no Brasil, Breim ter  o apoio da Prefeitura de Praia Grande, que ceder  espa‡os na cidade para a‡äes de marketing de patrocinadores. O custo total da realiza‡Æo da competi‡Æo no Brasil ‚ de cerca de R$ 600 mil, que deverÆo ser cobertos com a comercializa‡Æo das quatro cotas de patroc¡nio dispon¡veis para o evento.