Brasileiro de Enduro- CBM e TCMG inovam

Alguns fatos, alheios ao resultado chamaram aten‡Æo nesta etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro em Minas Gerais.

Novas exigˆncias de seguran‡a foram algo nunca visto em MG:a “novidade” foi o uso de farol pelos pilotos, e muitos desavisados estavam sem; e mais – cerca de 60 pilotos, quatro voltas de 33,20 km cada. Em cada volta trˆs especiais. Como nas outras etapas do mineiro no Morro do Bˆ um CT de quase 3 km trazia curvas, subidäes e decidas fortes, com o terreno solto semelhante a areia das pedras de min‚rio de ferro soltas, foram estranhas para alguns dos pilotos de fora. A moto tem pouca tra‡Æo e a tocada fica dif¡cil.

A especial pr¢xima ao “Forte” atr s do Retiro das Pedras desta vez teve seu trecho “EXTREME” numa subida de pedras. Muitos “agarraram nas pedras”, os mais experientes como Jean Azevedo passaram f cil, outros tiveram maiores dificuldades.

Bˆ MagalhÆes com problemas no motor abandonou no final da segunda volta. Espera-se que no domingo esteja presente, apesar das dificuldades de manuten‡Æo da moto. Luiz Felipe, Nielsen Bueno e Felipe Zanol tiveram “menos problemas com as pedras, virabrequins e sufocos e fizeram os trˆs melhores tempos destacando se entre os demais. “Nielsen ganhou duas e eu duas das quatro especiais com tempo divulgado, somente apos ver a soma de todos os tempo estamos disputando segundo a segundo”. O erro de Zanol e o tombo de Nielsen equilibraram mais ainda a disputa.

Rafael Figueiras familiarizado com o terreno andou forte. A proximidade do ISDE trouxe a Belo Horizonte todos os pilotos de ENDURO do Brasil. Alexandre Fernandez, Alexandre Tomazo, Andr‚ Tofani, a fam¡lia de Sthenios Curio, com forca total, Diego Moraes correu o brasileiro pela primeira vez apos seus problemas no tornozelo.

O resgate da prova, novidade que a CBM ter  de exigir e disponibilizar em todas as provas foi um destaque. Um caminhÆo e dois carros de resgate do corpo de bombeiros, alem de 7 socorristas e medico em todas as especiais. NÆo se repetiu o visto em Londrina onde apenas uma ambulƒncia sem o m¡nimo para este tipo de resgate segundo o “FIM Woorbook for Cer”. Segundo Jose Pacheco, diretor m‚dico da prova, todas as exigˆncias da CBM foram atendidas na prova. Uma novidade em provas que devera estar presente daqui em diante.

O resultado final do s bado:

1- Felipe Zanol 37’28:11
2- Nielsen Bueno 37’57:43
3- Luiz Felipe 30’12:44
4- Marcio Nascimento 40’40:90
5- Jean Azevedo 41’09:52.