Foto: Eduardo Ferreira de Lima ‚ o l¡der da 85cc

Brasileiro de Motocross define campeões neste domingo

Foto: Eduardo Ferreira de Lima ‚ o l¡der da 85cc

Foto: Eduardo Ferreira de Lima ‚ o l¡der da 85cc

Vencedores de trˆs categorias serÆo conhecidos no evento que tem como palco o Marumbi Expocenter, em Curitiba (PR)

O domingo ser  mais do que decisivo para as categorias MX2, 85cc e 65cc do Campeonato Brasileiro de Motocross. Todas elas irÆo definir os seus campeäes na etapa final da competi‡Æo, que ser  realizada no Marumbi Expocenter, regiÆo central de Curitiba (PR). No s bado, haver  os treinos cronometrados, sendo que os ingressos custam 10 reais para estudantes, idosos ou para quem levar um quilo de alimento nÆo perec¡vel. Dois pilotos j  garantiram os t¡tulos da temporada de forma antecipada: JoÆo Paulino “Marronzinho”, na MX1, e Milton Becker “Chumbinho”, na MX3.

Todas aten‡äes nas arquibancadas estarÆo voltadas para a categoria MX2, j  que um piloto de Curitiba tem boas chances de confirmar o t¡tulo. Leandro Nunes da Silva est  na lideran‡a com 146 pontos, 19 a mais que o rival Marcello Ferreira de Lima “Ratinho”, de SÆo Paulo. “Est  tudo certo para a disputa. Estou treinando bem tranqilo nesta semana, para evitar quedas. Posso ficar at‚ na nona coloca‡Æo para garantir o t¡tulo, e este ‚ o meu principal objetivo”, explicou Leandro, que j  foi campeÆo brasileiro pela 85cc.

Ele disse que a rivalidade com Ratinho existe apenas dentro das pistas. “Nos conhecemos muito bem e somos amigos, corremos juntos desde a 65cc. O Ratinho ‚ um piloto r pido e consistente”, elogiou Leandro, que j  foi at‚ o Marumbi Expocenter conhecer o circuito que est  sendo constru¡do especialmente para a competi‡Æo. “A pista ‚ um pouco menor, mas possui muitos saltos. Ser  um ¢timo espet culo para o p£blico”, concluiu o piloto.

O clima tamb‚m ‚ decisivo nas categorias menores. O mato-grossense Cezar Zamboni (110 pontos) e o paranaense Everaldo Rodrigues (105) estÆo na frente na 65cc, sendo que, na 85cc, os destaques sÆo os paulistas Eduardo Ferreira de Lima (134) e Rodrigo Rodrigues (127).

Esta ser  a primeira vez na temporada que uma capital recebe o Brasileiro de Motocross. A competi‡Æo teve in¡cio em Indaiatuba (SP) e passou por Carlos Barbosa (RS), Canelinha (SC), Cachoeiro de Itapemirim (ES), Cianorte (PR), Santa Luzia (MG) e Coxim (MS).

Dia 4/11 – Treinos Livres
MX3 – das 9h30 …s 9h55
85cc – das 10h05 …s 10h25
65cc – das 10h35 …s 10h55
MX2 – das 11h05 …s 11h30
MX1 – das 11h40 …s 12h05

Treinos Cronometrados – MX3 – das13h20 …s 13h50
85cc – das 14h …s 14h20
65cc – das 14h30 …s 14h50
MX2 – das 15h …s 15h30
MX1 – das 15h40 … s 16h10

Dia 5/11 – Treinos de largada / Warm Up
MX3 – das 9h …s 9h13
85cc – das 9h20 …s 9h33
65cc – das 9h40 …s 9h53
MX2 – das 10h …s 10h13
MX1 – das 10h20 …s 10h33

Baterias – MX3 – 11h30 (30 minutos mais duas voltas)
65cc – 12h20 (15 minutos mais duas voltas)
85cc – 13h (20 minutos mais duas voltas)
MX2 – 13h50 (30 minutos mais duas voltas)
MX1 – 14h40 (30 minutos mais duas voltas)