Foto: Rodrigo Rodrigues representa o Team Honda na categoria MXJr

Brasileiro de Motocross em Sorriso (MT) promete grandes duelos

Foto: Rodrigo Rodrigues representa o Team Honda na categoria MXJr

Foto: Rodrigo Rodrigues representa o Team Honda na categoria MXJr

Cidade recebe pela segunda vez a competição que chega ao início da segunda metade do campeonato com destaques do estado

Os primeiros colocados do Campeonato Brasileiro de Motocross prometem travar grandes duelos na quinta etapa da competição, marcada para o próximo final de semana (11 e 12), em Sorriso, no Mato Grosso. A cidade, que recebe pela segunda vez a prova, terá como representante o piloto do Team Honda Thiago Formehl, líder da categoria 85cc. O estado ainda conta com o competidor de Juína, Cezar Zamboni, na mesma classe. Além d isso, o goiano Wellington Garcia tem a responsabilidade de garantir pontos que o distanciem ainda mais na liderança da MX1 e da MX2. Na MXJr, o paulista Rodrigo Rodrigues, bem próximo do primeiro colocado, precisa se sair bem para assumir a ponta novamente.

As provas em Sorriso serão realizadas no Motódromo Vale do Teles Pires. No sábado, serão disputadas as categorias MXJr, 65cc, MX3 e 50cc, a partir das 12h45. No domingo, as feras das categorias MX1, MX2, CRF 230 e 85cc aceleram depois das 13h. Os ingressos serão vendidos somente no local e nos dias do evento (R$ 15,00 no sábado e R$ 20,00 no domingo). O estacionamento para carro custa R$ 5,00 e, para moto, R$ 3,00.

MX1 – Mais uma vez Wellington Garcia precisará de esforço em dose dupla para manter a liderança das categorias MX1 e MX2. Com uma vantagem mais apertada para o s egundo colocado, João Paulino -Marronzinho-, na MX1, o goiano terá foco principal nesta classe. No ano passado, Wellington foi o vencedor da etapa de Sorriso e pretende repetir a performance com a motocicleta Honda CRF 450R. O piloto soma 83 pontos contra 80 do adversário.

–Ficou um pouco mais complicado agora que o Marronzinho encostou. Sorriso foi a primeira etapa do ano que venci na última temporada. Preciso estar preparado, porque além de ser quente, vou disputar duas baterias–, analisou Wellington. No último final de semana, o piloto competiu na segunda etapa do Campeonato Rondoniense de Motocross, utilizado também como parte da preparação, e venceu as duas categorias que disputou, a MX1 e a MX2. –Foi bom ter ido para Rondônia no último final de semana para ir me acostumando com o clima. Vou procurar conversar com a minha equipe e ver qual será a melhor estratégia para vencer em Sorriso.–

O Team Honda ainda sente a ausência do ex-líder da categoria, Leandro Silva, que segue na reta final da recuperação de uma cirurgia no pulso, após uma queda na terceira etapa da competição em Canoas (ES). O paranaense aparece em quinto lugar na classificação e espera retornar em breve. –Tirei os pinos na semana passada. Estou fazendo fisioterapia e me preparando para voltar a competir no Arena Cross, no dia 25 de julho, em Indaiatuba (SP)–, revelou o paranaense.

O quarto colocado, Swian Zanoni, também pretende coroar a boa fase na competição. Thales Vilardi, Marcello -Ratinho- e Jean Ramos são os outros pilotos do Team Honda que irão lutar por melhores posições.

MX2 – A equipe Honda chega a Sorriso em uma excelente fase na categoria MX2. Wellington Garcia possui a liderança, seguido por Jean Ramos e Swian Zanoni. Com 95 pontos, nove a mais que o segundo colocado, o goiano se sente um pouco mais confortável, mas garante que precisa tomar cuidado.

Com a motocicleta Honda CRF 250R, Wellington também não quer dar chance para os adversários. –Consegui abrir um pouco mais de vantagem sobre o Jean na última etapa, mas ainda não é uma diferença que dá tranqüilidade. Tenho que ficar bem esperto para não perder essa liderança, mesmo que seja por poucos pontos.–

A categoria contará também com o retorno de Dudu Lima, recuperado de uma fratura na perna adquirida na segunda etapa da competição. Cheio de vontade, o paulista precisa recuperar pontos importantes, mas também terá de agir com cautela. –Estou treinando já há algumas semanas e fazendo fisioterapia. Estou voltando devagar. A perna ainda dói um pouco. Vamos ver no que d á–, disse Dudu, que acelera ainda pela categoria MXJr. Thales Vilardi, Hector Assunção, Gustavo Takahashi e Rodrigo -Lama- também buscam bons resultados na classe.

MXJr – Na última etapa da competição, faltou pouco para o paulista Rodrigo Rodrigues recuperar a liderança da categoria MXJr. Com 82 pontos, apenas seis a menos que o atual primeiro colocado, Gabriel Gentil, Rodrigo não quer deixar esta chance passar novamente. Para isso, o piloto afirma que além do domínio da motocicleta Honda CRF 250R, preparo físico será essencial. –Na última etapa faltou um pouquinho de preparo. Tenho treinado bastante para tentar reaver a liderança. Assim como no ano passado, Sorriso deve ter uma prova bem cansativa, ainda mais se estiver muito calor. A pista é bastante arenosa e acaba ficando bem esburacada. É preciso estar pronto para usar muito preparo.–

Na seqüência da classificação, Gustavo Takahashi, em terceiro, seguido por Hector Assunção e Rodrigo -Lama- também buscam pontos importantes.

85cc – Na 85cc, o jovem piloto de Sorriso, Thiago Formehl, espera a oportunidade de vencer em casa. Para isso, o líder da categoria tem se dedicado com força total aos treinos. Com 72 pontos, o competidor que entra na pista com a motocicleta Honda CRF 150RB pretende ampliar a vantagem sobre o vice-líder, Andrews Armstrong, com 69. –Estou com uma expectativa grande, apesar de achar mais difícil correr em casa–, contou o piloto, que aproveita a pista onde será realizada a prova para fazer os treinamentos. –Desta vez quero vencer e ampliar minha liderança.–

Outro matogrossense também promete entrar forte na briga. Cézar Zamboni, de Juína, atualmente em sétimo lugar, quer termi nar entre os três primeiros colocados e contar com a ajuda da torcida para se sair bem. Everaldo Filho, em sexto, completa a equipe que ainda conta com a ausência do paranaense Eduardo Rudnick, com uma lesão no ombro. –O médico não me liberou. O ombro ainda está um pouco fora do lugar. Retorno aos treinos na próxima seguinte e vou tentar competir na próxima etapa do Arena Cross.–