E o português Paulo Alberto fatura o campeonato na MX2

Brasileiro de Motocross: os campeões de 2013

ADAM CHATFIELD É O CAMPEÃO DA MX1 DE 2013
Carlos Campano foi o vencedor da primeira bateria

O inglês Adam Chatfield fatura o campeonato nacional na MX1

O inglês Adam Chatfield fatura o campeonato nacional na MX1 - foto de João Pires

Senador Canedo (GO) viveu um fim de semana de muita adrenalina. O município recebeu a 8ª e última etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross. Cerca de 25 mil pessoas  fizeram a festa no motódromo da cidade nos dois dias de competição.
Festa também no pódio da MX1. Adam Chatfield ficou em terceiro na etapa, na somatória das duas baterias da categoria realizadas neste domingo, 10, com a combinação de dois segundo lugares. Mas, o inglês sagrou-se campeão Brasileiro 2013 ao somar 329 pontos na classificação geral.

“Foi um campeonato muito difícil. O nível da competição foi muito alto e estava disputado. No começo eu não estava na ponta, mas queria muito ganhar. Agora consegui o título e estou muito feliz”, conta Chatfield. Em 2012 o inglês passou perto da conquista, quando ficou na segunda colocação da classificação geral. Nesta temporada, o título estava disputado ponto a ponto e a decisão saiu somente na última bateria. “Eu já vinha tentando conquistar o título. Ano passado passei perto. Mas agora consegui. Vamos comemorar”, declara o inglês.

Carlos Campano subiu no lugar mais alto do pódio nesta 8ª etapa. O piloto venceu a primeira bateria e chegou em segundo na prova final. Com os resultados, o  espanhol ficou com o vice-campeonato, com 323 pontos. Já Balbi Jr que disputava o título sofreu uma queda na primeira bateria e ficou fora das disputas com dores no ombro. Mesmo assim ficou com a terceira colocação no campeonato.

Um dos nomes da etapa foi Wellington Garcia. Correndo em casa o goiano levantou o público local. O piloto chegou em terceiro na primeira bateria e venceu a segunda prova da categoria. Na classificação geral, o piloto ficou com a quarta colocação. “Eu sofri um acidente em 2011 e quase perdi a vida. Tinha apenas 40% de chance de sobreviver e hoje consegui vencer esta bateria. Não sei de onde  tirei essa força, mas eu queria retribuir a esse público que me empurrou a todo momento”, afirmou emocionado.

Classificação do campeonato – MX1
1º – Adam Chatfield
2º – Carlos Campano
3º – Balbi Júnior
4º – Wellington Garcia
5º – Joaquim Rodrigues

PAULO ALBERTO É O CAMPEÃO BRASILEIRO DE 2013 NA MX2
Thales Vilardi é o segundo e Dudu Lima o terceiro

E o português Paulo Alberto fatura o campeonato na MX2

E o português Paulo Alberto fatura o campeonato na MX2 - foto de João Pires

Depois de vencer cinco das oito Etapas do Brasileiro de Motocross na categoria MX2, o português Paulo Alberto levou o título da categoria com 351 pontos. É o primeiro ano que Paulo disputa o Brasileiro, e atingiu o objetivo, mesmo ficando em quarto lugar nesta última etapa, em Senador Canedo. “A minha intenção era vencer o campeonato. Consegui ser campeão e estou muito feliz com isso. Agradeço meus patrocinadores que confiaram em mim”, relatou o campeão.

Thales Vilardi, o companheiro de equipe, que por várias etapas alternou de posições com o português, terminou o campeonato em segundo lugar, com 345 pontos. Dudu Lima que ficou em quinto na cidade goiana, ficou em terceiro lugar na classificação geral, com 288 pontos.

Classificação do campeonato – MX2:
1º – Paulo Alberto
2º – Thales Vilardi
3º – Dudu Lima
4º – Hector Assunção
5º – Anderson Cidade

SEGUNDO LUGAR DE CHUMBINHO LHE GARANTE O TÍTULO NA MX3
Vencedor foi Carlos Maia

Milton Becker, o Chumbinho, campeão da MX3

Milton Becker, o Chumbinho, campeão da MX3 - foto de Kelson Rene

Carlos Maia venceu a 8ª etapa do Brasileiro de Motocross, realizada neste fim de semana, em Senador Canedo (GO), pela categoria MX3. O piloto liderou quase a prova inteira e subiu no lugar mais alto do pódio. O piloto goiano correu com uma moto 250cc contra as 450cc da categoria. Mesmo assim conseguiu melhor desempenho. “Peguei a moto emprestada. Treinei uma semana com ela. Eu sabia que por estar com uma moto 250cc precisava largar bem. Sai entre os quatro primeiros e busquei a ponta. Tive dificuldades nas subidas, mas consegui acabar em primeiro”, conta o campeão da prova, Carlos Maia.

Walter Sergio Tardin fez o holeshot, mas Mariana Balbi assumiu a liderança. Carlos Maia ultrapassou Mariana e ficou na ponta da categoria. Milton Becker, o Chumbinho, que vinha na terceira posição caiu e voltou na 6ª colocação. Chumbinho que conquistou o título antecipado, durante a 7ª etapa da competição, realizada em outubro em Foz do Iguaçu (PR) fez uma boa prova de recuperação chegando à terceira colocação. Mariana Balbi que estava na 2ª posição caiu e perdeu muitas posições. Com a queda Chumbinho terminou a prova em segundo. Walter Sérgio Tardin ficou em terceiro na prova e em 4º na classificação geral. Erivelto Nicoladelli ficou com a 4ª posição na etapa, mas assegurou o  título de vice-campeão da competição pela categoria. Mariana Balbi ficou na terceira colocação do Campeonato.

Classificação do campeonato – MX3:
1º – Milton Becker –  194 pts
2º – Erivelto Nicoladelli –  152 pts
3º – Mariana Balbi – 133 pts
4º – Walter Sergio Tardin – 124 ptes
5º – Davis Guimarães – 121 pts

COM O TÍTULO JÁ DEFINIDO, O CAMPEÃO ENZO LOPES VENCE A CATEGORIA JÚNIOR

Enzo Lopes, campeão da Júnior

Enzo Lopes, campeão da Júnior - foto de Kelson Rene

Mesmo que o Campeão Brasileiro de Motocross da categoria Junior já estivesse definido antes dessa última prova, os pilotos entraram na pista com muita vontade de vencer. Enzo Lopes, que é o campeão da categoria deste ano, largou na frente e administrou a prova até o fim.

Kioman de Jesus largou em segundo e também terminou a prova nesta posição. Na somatória das Etapas Kioman também ficou em segundo lugar, e é o vice-campeão Brasileiro da categoria. A briga ficou com as demais posições. Aos cinco minutos de prova Leonardo de Souza passou Matheus Klysman e assumiu a terceira posição. Gabriel Della Flora aproveitou, acelerou e também passou Matheus. E em seguida, Frederico, assume a posição de Gabriel.

Classificação do campeonato – Júnior:
1º  – Enzo Lopes
2º – Kioman de Jesus
3º – Leonardo de Souza
4º -Vinicius Abreu
5º – Renato Costa

Classificação do campeonato – demais categorias:

50cc A
1º – Cristyan Eckhardt
2º – Rafael Becker
3º – Garmichel Rodrigues
4º – Marlon Lazaretti
5º – Brayan Cunha

50cc B
1º – Gabriel Andrigo

Pódio da MXF em Senador Canedo

Pódio da MXF em Senador Canedo

2º – Diogo Moreira
3º – Victor Kauê
4º – Rodolfo Bicalho
5º – Luiz Eduardo Martins

65cc
1º – Leonardo Nunes
2º – Leonardo Cassarotti
3º – Renan Goto
4º – Felippe Muller
5º – Keven Willian

MX4
1º – Milton Becker
2º – Elton Becker
3º – Erivelto Nicoladelli
4º – Walter Tardin
5º – Ricardo Sato

MXF
1º – Mariana Balbi
2º – Stefany Serrão
3º – Bruna Humeniuk
4º – Maiara Basso
5º – Luana Abreu

Nacional 230cc
1º – Fabiano dos Santos
2º – Marcos Lima
3º – Gabriel Montagner
4º – Caio Lopes
5º – Jacson Keil