Gustavo Henn retorna às pistas depois de longo tratamento médico

Brasileiro de Motocross: principais notícias 11/4

PILOTOS DO BRASILEIRO DE MX ENFRENTARÃO BAIXAS TEMPERATURAS NO RS
Há possibilidade de geada no domingo

Quem vai embarcar para Carlos Barbosa-RS para a abertura do Campeonato Brasileiro de Motocross deve levar na bagagem bastante agasalho. De acordo com o site Climatempo uma nova frente fria se aproxima forte do Rio Grande do Sul no fim da semana.

Na sexta-feira (12) e sábado (13) há grande probabilidade de chuva. As temperaturas devem variar entre os 10ºC e 20ºC. Já no domingo (14) o frio deve ser mais intenso quando há previsão de geada ao amanhecer nas serras gaúcha e catarinense. A temperatura mínima deve ser de 7ºC e a máxima de 22ºC.

Esta será a segunda vez que o Campeonato abre a temporada na tradicional pista do motódromo Fabiano Audibert em Carlos Barbosa. Neste ano, além das categorias válidas pelo Brasileiro de Motocross (MX1, MX2, MX3, Júnior e 65cc), a etapa terá a realização das categorias MX4, MXF, 230cc e 50cc A e B.

Fonte: Comunic.Ativa

GRANDE NÚMERO DE PILOTOS ALTERA O REGULAMENTO DE CARLOS BARBOSA
Gate passa a ter 40 pilotos e programação sofre mudanças

A Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM informa que o regulamento suplementar  da 1ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, que acontece entre 12 e 14, em Carlos Barbosa (RS) sofreu algumas mudanças, por causa do grande número de inscritos.

São aproximadamente 350 pilotos que já garantiram a participação e as inscrições ainda seguem nesta sexta-feira, 12. Uma das alterações foi quanto ao item 6.2 do regulamento geral de motocross 2013, que constava o máximo de 30 pilotos no gate. Por causa da grande quantidade de competidores, a organização mudou para o máximo 40 pilotos.

Outras mudanças ainda foram realizadas nos horários da programação do evento, como por exemplo, a MX2 terá dois treinos cronometrados, ao invés de um. A categoria será uma das com maior número de pilotos.

Fonte: Comunic.Ativa

GUSTAVO HENN FAZ SUA ESTREIA NA TEMPORADA EM CARLOS BARBOSA
Rodada marcará o retorno oficial do catarinense após lesão

Gustavo Henn volta às pistas na abertura do Brasileiro de Motocross, em Carlos Barbosa (RS). O piloto não vê a hora de voltar a acelerar nas pistas de todo o Brasil e chgou a hora de fazer a sua estreia na temporada 2013 no próximo final de semana, 13 e 14 de abril, na 1ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross.

Gustavo Henn retorna às pistas depois de longo tratamento médico

Gustavo Henn retorna às pistas depois de longo tratamento médico

O catarinense vai andar na MX2, mais uma vez. No ano passado ele terminou o nacional. Gustavo Henn faturou o título da categoria Júnior no Brasileiro de Motocross em 2011 e em 2012 encarou seu ano de estreia na MX2 conquistando bons resultados. No Brasileiro de Motocross finalizou com a 12ª posição, tendo ficado de fora de três etapas do nacional. Já na Superliga Brasil de Motocross foi o 10º colocado na classe, deixando de participar de uma etapa e meia da competição.

O piloto enfrentou uma lesão diagnosticada como pubalgia, de tratamento lento. Após meses de acompanhamento médico e muitas sessões de fisioterapia, desde janeiro deste ano ele treina forte para voltar às competições em excelente forma.

Gustavo inicialmente correrá de forma privada e está aberto à parcerias de equipes, marcas e patrocinadores. Ele continuará utilizando o numeral #90.

Fonte: MotoPress – foto de divulgação

TEAM RINALDI DÁ LARGADA PARA O BRASILEIRO DE MOTOCROSS 2013
De olho no pódio, equipe vai a Carlos Barbosa (RS) com novos talentos e feras já consagradas da modalidade

O Team Rinaldi dá a largada para o Campeonato Brasileiro de Motocross neste final de semana. Mesclando novos talentos com pilotos consagrados na modalidade, o que totaliza 18 competidores patrocinados e apoiados, a equipe é forte candidata ao pódio da primeira etapa em diversas categorias.

Duda Parisi, piloto de motocross patrocinado pela Rinaldi

Duda Parisi, piloto de motocross patrocinado pela Rinaldi

A começar pelos pilotos da casa, o time promete levantar as arquibancadas. Duda Parise é de Casca (RS) e tem nada menos do que 15 títulos estaduais, sendo uma das grandes apostas na corrida da MX1. “As expectativas são as melhores. Estou bem treinado e muito confiante, vou fazer o meu melhor na pista. Todos os meus amigos e familiares estarão lá”, comentou, reforçando que é especial competir em Carlos Barbosa.

A legião gaúcha do Team Rinaldi conta ainda com Gabriel Della Flora (categoria 85cc), Fabiano Nestor dos Santos (230cc, da equipe LS Racing) e os irmãos Basso, que aceleram com Lucas na MX1, Mateus na MX2 e Maiara na MXF e MX3. “Gosto muito de andar em Carlos Barbosa, é uma pista rápida e ao mesmo tempo técnica. Espero vencer em casa, vim treinando forte desde o início do ano para defender o título da classe feminina”, comentou Maiara Basso.

Por outro lado, alguns pilotos da equipe pretendem levar os troféus para outros Estados. Os irmãos Dudu Lima (MX2) e Marcello Lima (MX1), de São Paulo, estão preparados para a disputa. “Ano novo, tudo novo. Estamos zerados fisicamente e nosso objetivo é começar o campeonato com o pé direito”, disse Ratinho, lembrando que também possui a sua torcida em Carlos Barbosa.

O time conta ainda com o roraimense Kioman Munoz (MXJr), o capixaba Higor Passos (MX2), o sergipano Rodrigo Lama (MX2) e os pilotos da equipe Itamaracá – Gustavo Pessoa (MX2) e Carlinhos Evangelista (85cc), ambos de São Paulo. O patrocinador também apoia a equipe LS Racing, cujo principal piloto, o paranaense Leandro Silva, está fora da corrida da MX1 por conta de uma fratura no ombro direito. A LS Racing será representada pelo norte-americano Sean Paul Lipanovich (MX2), o paulista Mauriti Humberto (MX2), o catarinense Leonardo de Souza (MXJr) e o paraense Emerson de Oliveira Júnior (MXJr), além de Fabiano Nestor dos Santos.

Fonte: Mundo Press – foto de  ICFotos

Programação* – 1ª Etapa do Brasileiro de Motocross
Motódromo Fabiano Audibert, Carlos Barbosa (RS)

Sábado – 13/4

Treinos livres
8h às 8h20 – MX3
8h25 às 8h40 – 230 Nacional
8h45 às 9h15- MX2
9h20 às 9h40- Júnior
9h45 às 9h55- 50cc A e B
10h Às 10h15 – MXF
10h20 às 10h50 – MX1
10h55 às 11h10- 65cc
11h15 às 11h30 – MX4

Treinos cronometrados
11h50 às 12h05 – MX4
12h10 às 12h25 – 50cc A e B
12h30 às 12h45 – 230 Nacional
12h50 às 13h05– 65cc
13h10 às 13h30– MX3
13h35 às 13h55 – MX2
14h às 14h15 MXF
14h20 às 14h40 – Junior
14h45 às 15h15 – MX1

Corridas
15h30 – MX4 (15min + 2 voltas)
16h10 – 50 A e B (10min + 2 voltas)
16h40 – 230 Nacional (15min + 2 voltas)
17h20 – 65cc (15min + 2 voltas)

Domingo – 14/4

Warm-up
8h – MX2
8h20 – MXF
8h40 – MX1
9h – MX3
9h20 – Júnior
9h40 às 9h55 – Abertura Oficial

Corridas
10h – 1ª bateria da MX2 (30min + 2 voltas)
11h – MXF (15min + 2 voltas)
12h – 1ª bateria da MX1 (30min + 2 voltas)
13h – MX3 (20min + 2 voltas)
14h – 2ª bateria da MX2 (30min + 2 voltas)
15h – Júnior (20min + 2 voltas)

* A programação está sujeita a alterações.

Leia mais sobre o Campeonato Brasileiro de Motocross:  clique aqui