Foto: Wellington Garcia, piloto da MX1 do Team Honda

Brasileiro de Motocross segue para reta final com grandes disputas

Foto: Wellington Garcia, piloto da MX1 do Team Honda

Foto: Wellington Garcia, piloto da MX1 do Team Honda

Sonora, no Mato grosso do Sul, recebe a prova que promete equilíbrio na busca pela liderança

A disputa do Campeonato Brasileiro de Motocross está a cada etapa mais emocionante. Na última delas, realizada em Sorriso (MT), a briga ficou bastante apimentada. Por isso, o próximo compromisso, em Sonora (MS), neste final de semana (18 e 19), ganha importância redobrada para o Team Honda. Wellington Garcia continua na liderança das duas principais categorias da competição, a MX1 e a MX2. Porém, um empate com João Paul ino “Marronzinho” na MX1 pede mais atenção do goiano. Na MXJr, Rodrigo Rodrigues recuperou o primeiro lugar e quer ganhar mais tranqüilidade na classificação. Já na 85cc, Thiago Formehl pretende reaver a ponta.

As provas serão disputadas no sábado e no domingo, no Motódromo Franco Giobbi, em Sonora. A entrada é franca. No sábado, as baterias das categorias MXJr, 60cc, MX3 e 50cc serão realizadas a partir das 12h45. No domingo será a vez das categorias MX1, MX2, 85cc e CRF 230, com largada às 13h.

MX1 – A apenas três etapas do final, a categoria MX1 demonstra que ainda terá grandes disputas pela frente. O goiano Wellington Garcia, antes isolado na ponta, vai em busca de pontos importantes em Sonora. Empatado em 105 pontos com João Paulino “Marronzinho”, o piloto não pretende perder tempo e ocupar seu posto sozinho o quanto ant es.

“Vou dar prioridade para a MX1 a partir de agora. Espero fazer uma boa prova em Sonora. Estou muito bem fisicamente. Fiz uma corrida de recuperação em Sorriso e me saí bem. Preparo não vai faltar. Pretendo fazer uma corrida com a cabeça. Vai dar certo”, disse o goiano que acelera com a motocicleta Honda CRF 450R.

Wellington terá também o companheiro do Team Honda, Swian Zanoni, atual quarto colocado, com 83 pontos, como forte concorrente. Na seqüência, Marcello “Ratinho”, Jean Ramos e Thales Vilardi também seguem focados na disputa. A categoria ainda sente a ausência do paranaense Leandro Silva, em fase final da recuperação de uma cirurgia no pulso, adquirida durante uma queda na terceira etapa do Brasileiro, em Canoas (RS).

MX2 – Com três pilotos no topo da MX2, a categoria promete um grande show de pilotagem na sexta etapa. Wellington segue na liderança com 121 pontos, seguido por Jean Ramos que se aproxima, com 108, e Swian Zanoni, com 100.

O paranaense Jean Ramos terminou com a segunda posição em Sorriso e pretende aproveitar a boa fase. “Estou fazendo treinos com um ritmo bem forte para continuar o trabalho. Esta semana já estamos em clima de corrida que é ideal para nos concentrarmos. Acho que em Sonora estará um pouco menos quente. Não será fácil para mim nem para os outros”, analisou o piloto de Curitiba que permanece em Sorriso para se dedicar aos treinos junto com o restante da equipe.

Thales Vilardi, Gustavo Takahashi, Hector Assunção, Rodrigo “Lama”, Dudu Lima e Rodrigo Rodrigues também apostam em grandes resultados no Mato Grosso do Sul. Todos eles entram na pista com a motocicleta Honda CRF 250R.

MXJr – O paulista Rodrigo Rodrigues saiu da quinta etapa do campeonato, em Sorriso, com um saldo mais do que positivo. Com a liderança da MXJr recuperada, o competidor tem tudo para lutar com ainda mais vontade pelo título. Mesmo assim, Rodrigo ainda segue bem próximo do companheiro de equipe, Gustavo Takahashi. A diferença entre os dois é de apenas dois pontos: 102 contra 100. Por isso, uma vitória em Sonora será fundamental para os planos de Rodrigo.

“Vou tentar chegar em Sonora bem focado e concentrado. Quero fazer o máximo para manter a liderança. Tive sorte porque um dos fortes concorrentes que é o Gabriel Gentil não foi bem em Sorriso, mas o Gustavo Takahashi e o Hector Assunção também estão muito bem. Vou ficar em Sorriso até quarta-feira treinando forte. Ano passado fiz uma boa corrida em Sonora e q uero tentar repetir o desempenho”, planejou o piloto que utiliza a motocicleta Honda CRF 250R.

Hector Assunção completa a lista dos primeiros colocados na terceira posição, com 93 pontos. Rodrigo “Lama” e Dudu Lima também esperam bons resultados.

85cc – O matogrossense Thiago Formehl tem a missão de reaver a liderança da categoria 85cc. Com apenas um ponto de diferença para o primeiro colocado, Endrews Armstrong (87 contra 88), o piloto acredita que terá sucesso.

Se depender de dedicação, Formehl garante que terá um bom resultado. “Estou batalhando. Vou tentar andar bem para conseguir a liderança de volta. Temos mais três etapas pela frente. Vou dar o máximo para conseguir uma boa colocação”, contou o piloto que utiliza a motocicleta Honda CRF 150RB.

Everaldo Filho, em quarto lugar e Cezar Zamboni, em quinto, planejam um salto importante na categoria. O paranaense Eduardo Rudnick ainda fica de fora da disputa para terminar a recuperação de uma lesão no ombro.