Thales Vilardi vence a MX2 na segunda etapa do Brasileiro de MX

Brasileiro de MX: Equipe Honda Mobil vence MX2 e segue 100%

Os pilotos da Equipe Honda Mobil de Motocross na categoria MX2, Thales Vilardi e Paulo Alberto, deram mais um espetáculo no Campeonato Brasileiro de Motocross. Na segunda etapa da competição, realizada neste fim de semana (25 e 26), em Três Lagoas (MS), os competidores proporcionaram grandes disputas pela primeira colocação.

Thales Vilardi vence a MX2 na segunda etapa do Brasileiro de MX

Thales Vilardi vence a MX2 na segunda etapa do Brasileiro de MX

Com uma vitória e segundo lugar cada nas baterias, Paulo e Thales fizeram nova dobradinha. Desta vez o português levou a etapa, devido ao critério de desempate. Thales ficou em segundo. Com o resultado, Thales segue líder absoluto na tabela da MX2 com 97 pontos, seis a mais que o companheiro Paulo.

Na MX1, domínio de Adam Chatfield, satélite Honda da equipe Vulcano Ipiranga IMS. O inglês venceu as duas corridas e agora é o novo líder da categoria com 81 pontos. Os pilotos da Equipe Honda Mobil, Joaquim Rodrigues e Wellington Garcia, tiveram desempenho regular e ficaram em 6º e 8º, respectivamente, no somatório das corridas.

MX1

Primeira bateria – bom início do inglês Adam Chatfield, que assumiu a primeira colocação. Já Joaquim Rodrigues, Carlos Campano e Jean Ramos se enroscaram na largada. Wellington Garcia era o terceiro, seguido de Antonio Jorge Balbi Júnior. Ainda com dores no joelho, Wellington perdeu ritmo de prova e finalizou em sétimo lugar após 22 voltas. Adam ficou com a vitória. O português Joaquim Rodrigues foi o oitavo.

Segunda bateria –  Joaquim Rodrigues fez boa largada e pulou para segunda colocação ainda na primeira volta. O primeiro lugar era de Campano, que com problemas, realizou rápida parada no pitlane e assim cedeu várias posições. Na sequência, o então terceiro colocado, Adam Chatfield, fez duas ótimas ultrapassagens sobre Jean Ramos e Joaquim. Assim, assumiu o primeiro lugar e manteve a posição até o final. Já Jean foi o segundo, seguido de Joaquim. Wellington Garcia acabou em oitavo.

Adam Chatfield, piloto satélite Honda vence na MX1 em Três Lagoas

Adam Chatfield, piloto satélite Honda vence na MX1 em Três Lagoas

MX2

Primeira bateria – parecia que Paulo Alberto conseguiria enfim sua primeira vitória no Brasileiro de Motocross. O português ficou boa parte da prova na ponta, no entanto, seu companheiro de equipe e líder do campeonato, Thales Vilardi, o ultrapassou e assegurou a terceira vitória consecutiva. A dupla da Honda levantou o público com disputas acirradas e limpas durante toda a corrida.

Segunda bateriaThales Vilardi fez o holeshot (chegou em primeiro à primeira curva) e logo abriu para os demais competidores. Já Paulo teve largada regular e cruzou a primeira curva em quarto. Após ultrapassar Dudu Lima e Anderson Cidade, o português foi à caça de Thales. Depois de tirar vantagem do companheiro de equipe, Paulo passou a parte final da corrida na cola do paulista. Com três voltas para o fim, o português da Honda fez a ultrapassagem e assim garantiu sua primeira vitória na competição. Thales chegou logo atrás e assegurou a liderança da MX2 no campeonato.

Júnior
Na bateria da categoria, a vitória ficou com o americano Ramyller Alves, seguido de Enzo Lopes. O melhor satélite Honda foi Vitor Almeida, da Dunas Team, que terminou em terceiro após 15 voltas.

A terceira etapa da competição ocorre no próximo dia 26 de junho em Sorriso, no Mato Grosso.

Resultado MX1 da etapa de Três Lagoas:
1) Adam Chatfield
2) Carlos Campano
3) Jean Ramos
4) Antonio Jorge Balbi Junior
5) Humberto Martin

Classificação do campeonato – MX1:
1) Adam Chatfield – 81 pontos
2) Carlos Campano – 79 pontos
3) Antonio Jorge Balbi Junior – 77 pontos
4) Jean Ramos – 77 pontos
5) Wellington Garcia –71 pontos

Leia mais sobre o Brasileiro de Motocross:  clique aqui