Foto: Pista de Casimiro de Abreu

Brasileiro de Supercross é sucesso de público em Casimiro de Abreu

Foto: Pista de Casimiro de Abreu

Foto: Pista de Casimiro de Abreu

A abertura do Campeonato Brasileiro de Supercross foi um sucesso dentro e fora das pistas. A presença de 5.500 pessoas mostrou que a modalidade é atraente para os patrocinadores e para os torcedores, que viram disputas emocionantes e espetáculos inesquecíveis nas categorias SX1 e SX2.

A comunidade da região de Casimiro de Abreu, no Rio de Janeiro, que recebeu de braços abertos pilotos e equipes, doou 9 toneladas de alimentos que foram trocados por ingressos e destinados ao Lions Club do município. Nos próximos 15 dias, o Lions fará a entrega dos mantimentos para várias entidades assistenciais de Casimiro de Abreu – Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais), Acic (Associação Casimirense para a Integração dos Cegos), igrejas católicas e evangélicas, Casa dos Velhinhos, Associação Casimirense de portadores de deficiência (Acapord) – além de famílias cadastradas na Secretaria Municipal de Assistência Social. Também serão beneficiadas outras entidades de Macaé, Rio das Ostras, Conceição de Macabu e Rio Bonito.

“O Campeonato Brasileiro de Supercross entra numa nova fase em que constatamos cada vez mais o crescimento do interesse do público pela modalidade, que tem uma beleza plástica sem igual. Estamos crescendo de forma segura e vamos continuar assim. A população de Casimiro de Abreu e da região marcou presença e colaborou com os mais necessitados ao trocar alimentos não-perecíveis pelos ingressos para acompanhar o espetáculo. Atingimos um número que considero bastante expressivo”, disse Marcos Moraes, presidente da Dunas Race, empresa realizadora da competição.

Foto: Balbi, campeão da SX1

Foto: Balbi, campeão da SX1

Para aqueles que não puderam acompanhar as vitórias de Antonio Jorge Balbi Júnior na SX1 e a de Swian Zanoni na SX2, o site www.brasileirodesupercross.com.br mantém as corridas na íntegra. Da tarde até o final da noite de sábado foram mais de 5.000 acessos. Acompanharam as corridas ao vivo pelo site oficial internautas de praticamente todos os Estados do Brasil e de países, como Japão, Canadá, Colômbia, Paraguai, Uruguai e Argentina. Um resumo das duas corridas também pode ser conferido no youtube no endereço http://br.youtube.com/watch?v=Bia1CqhksA0

Campeonato equilibrado – Com a vitória na abertura da SX1, Balbi,que voltou a competir no Brasil depois de obter sucesso nos Estados Unidos, marcou 26 pontos (25 pela vitória e um pelo hole shot, ou seja, ter completado a primeira curva da prova na liderança). A segunda colocação é de Leandro Nunes, com 21 pontos, a terceira de João Paulino, o Marronzinho, com 17, a quarta de Kurtt Rocha, com 13, e a quinta está em poder de Cristopher Castro, com 11.

Na SX2 o domínio foi de Swian Zanoni, que mora em Nova Friburgo, Rio de Janeiro, e recebeu grande apoio da torcida fluminense. Ele venceu de ponta a ponta marcou 25 pontos, mas não conquistou o holeshot, que ficou com Thales Vilardi, o quarto colocado no campeonato com 14 pontos. Em segundo está Jean Ramos (20), seguido por Rodrigo Selhorst, com 16. Lucas Moraes é o quinto colocado com 12 pontos.

As quatro etapas restantes para o final da temporada serão dia 4 de outubro, no Rio Grande do Sul, dia 1º de novembro em Santa Catarina, dia 22 de novembro no Paraná e dia 13 de dezembro em São Paulo. O campeonato oferece R$ 177.500 em prêmios em dinheiro, valor 15% superior ao de 2007. Por etapa são distribuídos R$ 35.500 com premiação do primeiro ao 15º colocado nas duas categorias, além do holeshot, que dá R$ 1.200 na SX1 E R$ 1.000 na SX2.

O Campeonato Brasileiro de Supercross tem patrocínio da Honda e Ipiranga, apoio de Bunnet e Jund Extintores e supervisão da CBM, e é uma realização da Dunas Race, empresa que organiza o Rally Internacional dos Sertões.

Milton Alves – MTb 16.583
e-mail: miltonalves@zdl.com.br