Foto: Manobras radicais

Brasileiro de Supercross promete equilíbrio na temporada

Foto: Manobras radicais

Foto: Manobras radicais

Um dos torneios mais disputados dos últimos tempos tem data e local confirmados para começar: trata-se do Campeonato Brasileiro de Supercross, organizado pela Dunas Race, que tem início neste sábado em Casimiro de Abreu, interior do Rio de Janeiro.

Em uma pista de aproximadamente 500 metros, com saltos artificiais, o evento é tido como um dos mais plásticos do motociclismo. Os pilotos ficam no ar por cerca de 70% da prova, tamanho o grau de dificuldade. O supercross foi criado nos Estados Unidos com a finalidade de ser show. E aqui no Brasil não vai ser diferente, pois segue os moldes da AMA – American Motorcyclist Association.

Para a atual temporada estão previstas algumas novidades. Uma delas é o aumento de prêmio com a finalidade de atrair mais pilotos. Esse aumento beira a casa dos 20% e é bem-vindo para a categoria e os pilotos. Outra novidade prevista é a transmissão ao vivo de todas as etapas pela internet. Ou seja: o aficionado poderá acompanhar o que está acontecendo na pista em tempo real.

Os atuais campeões Leandro Silva (SX2) e Wellington Garcia (SX1) estarão na pista defendendo seus títulos. Os pilotos estão com apetite e preparados para repetir boas atuações. As motos utilizadas serão, respectivamente, as Honda CRF 250 e CRF 450, quatro tempos.

Eles, porém, terão muito trabalho já que seus principais concorrentes estarão na pista em busca do título. João Paulino Marronzinho, Rodrigo Selhorst, Swian Zanoni, Pipo Castro, Jean Ramos, Roosevelt Assunção, Thales Villardi, entre outros, vão tentar competir de igual para igual com os atuais campeões.

Os pilotos interessados em participar da etapa de Casimiro de Abreu podem fazer suas inscrições pelo site www.dunas.com.br até esta quarta-feira, pelo valor de R$ 130,00. Após este período, o preço sobe para R$ 260,00 e os pilotos só poderão se inscrever na secretaria de prova, no local do evento.

A participação é restrita a pilotos portadores de licença nacional expedida pela Confederação Brasileira de Motociclismo em 2008.

Temporada 2007 – Foram cinco etapas distintas na última temporada. E as vitórias também foram divididas durante o campeonato. Para chegar ao título, tanto Wellington Garcia (SX1) como Leandro Silva (SX2) tiveram de batalhar bastante durante o certame nacional.

As disputas foram acirradas até as bandeiradas finais. Foram provas realmente emocionantes nas cinco cidades que receberam o campeonato: Santa Luzia (MG), Barretos (SP), Campo Grande (MS), Curitiba (PR) e Jundiaí (SP), respectivamente.

Wellington Garcia, na SX1, venceu as duas últimas provas do campeonato, porém chegando bem classificado nas demais provas – total de cinco delas – durante a temporada. Ao final fechou o campeonato com 84 pontos, seguido bem perto por Pipo Castro que totalizou 81 pontos. O terceiro lugar ficou com Roosevelt Assumpção com 72.

Já na SX2, Leandro Silva fechou as cinco etapas com 94 pontos e duas vitórias. Ele também manteve a constância nas demais provas para garantir sua posição vitoriosa. O segundo lugar ficou para Swian Zanoni, vencedor de três etapas, com 86 pontos, mas não contou com resultados mais consistentes nas outras duas provas. Jean Ramos, com 75 pontos, fechou o torneio na terceira posição do Campeonato Brasileiro de Supercross.

Programação
30/08 – Início de troca de ingressos por 2 kgs de alimentos não perecíveis
03/09 – Encerramento das inscrições através do site www.dunas.com.br
04/09 – 18h – Abertura de box para veículos de apoio
05/09 – 14h às 18h – Secretaria de Prova – inscrições R$260,00
06/09 – Troca de ingressos por 2 kgs de alimentos não perecíveis
(somente no local do evento)
– 8h às 10h – Secretaria de Prova
– 9h às 12h – Vistorias
– 11h – Briefing
– 12h – Coletiva de imprensa
– 14h – Abertura do evento para público – Inicio dos treinos
livres
– 16h às 18h – Classificatórias
– 19h – Repescagem
– 20h – Abertura oficial do evento
– 20h15 – Final SX2 – coletiva de imprensa SX2 – Premiação
– 21h – Final SX1 – coletiva de imprensa SX1 – Premiação

Campeões 2007 – #4 – Leandro Silva (SX2)
Nascimento: 08/05/88
Natural de: Curitiba (PR)
Piloto Honda desde: 2005
Modalidades: Motocross / Supercross
Categoria: MX1
Moto: Honda CRF 450R
Desempenho em 2007: Campeão brasileiro de Supercross (SX2), vice-campeão brasileiro de motocross (MX2) e campeão do Arenacross (MX1)
Outros destaques da carreira: Campeão brasileiro de motocross 2001 (80cc) e 2006 (MX2); campeão brasileiro de Supercross 2005 (SX1 e SX2); campeão do Arenacross 2006 (MX2) e do Paulista 2006 (MX1)
Quando não está competindo: Academia e treino. Cinema, quando dá
Ídolos no esporte: Ricky Carmichael
Sonho no esporte: Tornar-se profissional nos Estados Unidos
Momento inesquecível na carreira: Quando classificamos o Brasil no Motocross das Nações 2007
Pista preferida: A minha pista particular
Time de futebol: Apesar de não gostar, simpatizo com o Atlético-PR

#1 – Wellington Garcia (SX1)
Nascimento: 20/04/89
Natural de: Goiânia (GO)
Piloto Honda desde: 2004
Modalidades: Motocross / Supercross
Categoria: MX1
Moto: Honda CRF 450R
Desempenho em 2007: Campeão brasileiro de motocross (MX1 e MX2), campeão brasileiro de supercross (SX1), campeão paulista de motocross (MX1 e MX2) e campeão do Arenacross (MX2)
Outros destaques da carreira: Campeão brasileiro de motocross 2000 (60cc); campeão brasileiro de motocross 2004 (80cc) e vice-campeão do Arenacross 2006 (MX2)
Quando não está competindo: Filmes e Internet
Ídolo no esporte: Stefan Everts
Sonho no esporte: Crescer cada vez mais e poder competir fora
Momento inesquecível na carreira: Toda a temporada 2007, principalmente a disputa do Motocross das Nações, quando classificamos o Brasil para a decisão
Pistas preferidas: Coxim (MS) e Budds Creek (EUA)

Ingressos – Os fãs do Supercross poderão garantir seu ingresso para a abertura do Campeonato trocando-o por dois kgs de alimentos não perecíveis nas lojas AMPM dos Postos Ipiranga de Macaé e Rio das Ostras (veja os endereços no site www.dunas.com.br) e nas concessionárias Moto Classe Honda da região dos Lagos até sexta-feira. No sábado, as trocas poderão ser feitas somente no local do evento.

O Campeonato Brasileiro de Supercross tem patrocínio da Honda e Ipiranga, apoio de Bunnet, Prefeitura de Casimiro de Abreu, Federação de Motociclismo do Rio de Janeiro e supervisão da CBM, e é uma realização da Dunas Race, empresa que organiza o Rally Internacional dos Sertões.