Lucas Torres (de azul) com os pilotos da nova equipe - divulgação

Brasileiro Lucas Torres vai competir na Espanha em 2015

Com a excelente estrutura da Monlau Competition no Campeonato Espanhol de Velocidade, a School Team Estrella Galicia 0,0, transcende as fronteiras nacionais e expande seu projeto de formação com a chegada do piloto brasileiro Lucas Torres ao elenco, para competir na categoria Pré Moto3, que também contará com o piloto japonês Sena Yamada, que disputará o Mundial Júnior de Moto3.

Lucas Torres (de azul) com os pilotos da nova equipe - divulgação

Lucas Torres (de azul) com os pilotos da nova equipe – divulgação

Apoiando a formação de grandes pilotos, que atualmente estão competindo no mais alto nível da MotoGP e com títulos mundiais, depois de vencer com Marc Márquez e Álex Márquez, a escola de formação continua a promover o esporte de base com o apoio da Estrela Galicia 0,0, para acompanhar os pilotos em suas carreiras e ajudá-los a se tornarem competitivos desde as categorias de base até a categoria máxima que é a MotoGP.

Lucas Torres compete há dois anos nas pistas brasileiras. Em 2014 ele fez parte da equipe chefiada por Alexandre Barros, onde a Estrella Galicia 0,0 mantém uma estrutura, visando também a formação. No ano passado, o jovem Torres, de 15 anos, foi vice-campeão da GPR 250 do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. E em 2013, sagrou-se campeão do Honda Júnior Cup 150cc.

Em 2015 o brasileiro fará parte da School Team Estrella Galicia 0,0 junto dos pilotos espanhóis Jeremy Alcoba, Miguel Parra e Alonso López. A estrutura também terá técnicos da Escola Técnica Monlau Repsol. Com a incorporação de pilotos internacionais, como Lucas Torres, a School Team Estrella Galicia 0,0 Monlau reforça seu projeto de formação de pilotos, oferecendo a estes novatos a possibilidade de competir na Espanha, onde o nível do campeonato é maior do que em outros países.

Víctor Carrasco, Team Manager da School Team Estrella Galicia 0,0, diz: “A School Team Estrella Galicia 0,0 é um projeto de formação onde estão empenhados professores e alunos da Monlaun Repsol Technical School e cujo objetivo principal é a formação. O aprendizado não será apenas para os pilotos, já que os mecânicos na equipe Pré Moto3 do Campeonato da Espanha de Velocidade serão também alunos de Engenharia e Mecânica da nossa escola. Os campeonatos de velocidade na Espanha contam com um alto nível de competição e de formação de técnicos e mecânicos. Assim, acredito que competir aqui vai ser uma grande oportunidade para o Lucas Torres, pois ele poderá competir com pilotos de grande nível. Ele vem do Brasil, preparado pelas mãos de Alex Barros, e isto sem dúvida, é um passo a mais em sua carreira”.

Alex Barros, Team Manager da equipe Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros (no Brasil). diz: “Nosso projeto de formação de pilotos no Brasil existe há dois anos. Ano passado ganhou ainda mais força com o apoio da Estrella Galicia 0,0 e a Honda do Brasil, que a partir de agora, entra também oficialmente no programa. O Lucas será nosso primeiro piloto lá fora. Ele teve uma ascensão meteórica aqui no Brasil, já que corre de motos há apenas dois anos. E isto é resultado da evolução dele nas pistas e do nosso projeto ímpar no país, dando oportunidade de verdade aos jovens talentos. Eu e o Emílio Alzamora fazemos juntos as avaliações e passamos à Estrella Galicia 0,0, que é um patrocinador que realmente aposta no esporte, desde a base até a MotoGP. Esperamos que o Lucas continue seu crescimento e que tenha uma carreira vitoriosa”.

Lucas Torres, novo piloto da School Team Estrella Galicia 0,0: “Essa oportunidade está sendo muito boa. Agradeço primeiramente a Deus, ao Alex, a minha família, à Estrella Galicia, à Pokemon Pneus por todo o apoio que estão me dando nessa grande jornada. Essa oportunidade é única. Faz poucos dias que estou na Espanha, e já tive algumas dificuldades iniciais, como a de ficar longe da família, mas essa foi uma chance que conquistei com a ajuda do Alex Barros e do projeto dele de formação de pilotos, e também graças ao meu esforço. É um grande passo para muito aprendizado. Quero aproveitar muito essa chance que poucos têm”.

Separador_motos