enduro-fim-araxa-1

Bruno Crivilin vence etapa do Brasileiro de Enduro FIM

O capixaba Bruno Crivilin (equipe Orange BH KTM) foi o vencedor da penúltima etapa do Brasileiro de Enduro FIM 2017 após dois dias de disputas neste fim de semana. A prova aconteceu pela primeira vez na cidade de Araxá, em Minas Gerais, e foi batizada de Enduro Dona Beja. O evento também foi válido como a final para a categoria EFeminina, na qual a goiana Bárbara Neves (Zanol Team Rinaldi ASW) confirmou o título inédito e é a primeira campeã da temporada 2017. O Enduro também somou pontos para o Campeonato Mineiro e para a Copa Cerrado da modalidade. No Brasileiro, a decisão de todas as categorias masculinas está marcada para os dias 14 e 15 de outubro, em Farroupilha (RS).

Brasileiro de Enduro FIM desembarcou em Araxá para sua penúltima etapa. Final acontece em Farroupilha (RS), no mês de outubro

Brasileiro de Enduro FIM desembarcou em Araxá para sua penúltima etapa. Final acontece em Farroupilha (RS), no mês de outubro

A rodada dupla teve saldo positivo para Crivilin, que pela primeira vez no ano conquistou a vitória de uma prova pela categoria Enduro GP (a principal da competição). “Foi a primeira vez que corri em Araxá e gostei das especiais. A etapa foi bastante competitiva. No primeiro dia andei com mais cautela e no domingo aumentei o ritmo e não errei. Estou muito feliz, ainda mais porque o Rômulo Bottrel ficou em segundo lugar da Enduro GP e conquistamos uma dobradinha para a equipe Orange BH KTM”, destacou o piloto. O roteiro da etapa trouxe tipos variados de desafios, como especiais e deslocamentos técnicos, pedras soltas, terreno acidentado, calor forte e muita poeira.

Resultados da penúltima etapa do Brasileiro de Enduro FIM

Enduro GP
1 – Bruno Crivilin – 47
2 – Rômulo Bottrel – 43
3 – Júlio Ferreira – 42
4 – Patrik Capila – 32
5 – Vinícius Luis da Silva “Musa” – 32

​E1
1 – Patrik Capila – 47
2 – Victor Miranda – 42
3 – Loandro Anton – 38   

E2
1 – Bruno Crivilin – 50
2 – Júlio Ferreira – 44
3 – Diego Colett – 40

E3
1 – Rômulo Bottrel – 50
2 – Rigor Rico – 44
3 – Ripi Galileu – 40

EJúnior
1 – Vinícius Luis da Silva “Musa” – 47
2 – Vinícius Calafati – 43
3 – Willian Dalmonech – 40

E4 Light
1 – Tiago Wernersbach – 50
2 – Marcos de Souza – 44
3 – Renato Costa – 38

E35
1 – Nielsen Bueno – 50
2 – André Barbosa – 42
3 – Adriano de Avila – 40

E40
1 – Beto Lamego – 50
2 – William Meneses – 44
3 – Cassiano Tebaldi – 40

E45
1 – Pélmio Simões – 50
2 – Marcos Benvenutti – 42
3 – Laurindo Zatorski Filho – 42

E50
1 – Cleber Sacramento – 50
2 – Gustavo Jacob – 50
3 – Isaias Rosa – 50

EAmador
1 – Augusto Benvenutti – 44
2 – Filipe de Lima – 43
3 – Uliam Bunetta – 40

EFeminina
1 – Bárbara Neves – 50
2 – Janaína Souza – 44

Classificação do campeonato após seis etapasenduro-fim-araxa-2

1 – Luis Oliveira – 256
2 – Bruno Crivilin – 223
3 – Júlio César Ferreira – 219

E1
1 – Luis Oliveira – 275
2 – Loandro Anton – 232
3 – Patrik Capila – 199

E2
1 – Júlio Ferreira – 267
2 – Diego Colett – 240
3 – Bruno Crivilin – 238

E3
1 – Rômulo Bottrel – 283
2 – Gustavo Pellin – 227
3 – Rigor Rico – 204

EJúnior
1 – Vinícius Calafati – 235
2 – Gabriel Lucas Soares “Tomate” – 235
3 – Willian Dalmonech – 230

E4 Light
1 – Tiago Wernersbach – 263
2 – Jaime Zorzal – 229
3 – Bruno Martins – 100

E35
1 – Nielsen Bueno – 295
2 – Diogo de Andrade – 220
3 – André Barbosa – 145

E40
1 – Cassiano Tebaldi – 222
2 – Luciano de Lima – 200
3 – Beto Lamego – 140

E45
1 – Pélmio Simões – 280
2 – Marcos Benvenutti – 232
3 – Laurindo Zatorski Filho – 215

E50
1 – Roberto Theodoro – 166
2 – Gustavo Jacob – 108
3 – Cleber Sacramento – 100

EAmador
1 – William Palandi – 200
2 – Augusto Benvenutti – 180
3 – Roberto Theodoro – 79

EFeminina
1 – Bárbara Neves – 144
2 – Janaína Souza – 116
3 – Tainá Aguiar – 40

Separador_motosFonte: Mundo Press



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.