Busca constante pelo conhecimento.

Em qualquer área de atuação: humanas, exatas ou biológicas, o que capacitará e fará com que uma pessoa se torne um bom profissional é o treinamento contínuo que receberá, a busca constante pelo conhecimento.

Consideramos ainda o treinamento como um processo, desenvolvido em um espaço de tempo reduzido, que busca transmitir ou reciclar as habilidades dos profissionais para melhor executar suas tarefas ou otimizar o seu dia-a-dia na empresa. Aplicável em qualquer área, e passível também na Tecnologia da Informação.

Quando uma das estratégias das empresas para crescimento no mercado passou a ser os seus recursos humanos e não somente as máquinas e outros equipamentos que possuía, iniciaram-se também os treinamentos em massa para formar equipes top de linha, que pudessem alcançar o melhor resultado nos negócios. No entanto, se olharmos por outra vertente, com base no desenvolvimento tecnológico ao qual passa a nossa sociedade, o crescimento da empresa está intrinsecamente ligado à área de Tecnologia da Informação. Então é preciso formar e reter talentos também neste setor.
A comparação é simples: tomemos a atividade de um médico cirurgião. Por melhor capacitado que seja, não irá operar com sucesso se não tiver apto e treinado a utilizar um equipamento de alta complexidade para tal fim. Um profissional que trabalha amparado em um excelente sistema de TI, só conseguirá êxito em suas atividades, se estiver realmente preparado para utilizar tais sistemas.

A crescente demanda de softwares de gestão no mercado, traz à tona uma outra questão, como fazer com que o colaborador ou uma equipe consiga adaptar-se à tecnologia e assim alcançar os objetivos propostos pela organização? A resposta é simples. É o conhecimento ou treinamento que ele receberá. De nada adiantará o investimento alto em Tecnologia da Informação, se a sua equipe não estiver apta para operar o sistema adotado.

Em nosso cotidiano, ao utilizar um novo aparelho, seja um computador ou até um aparelho celular, caso apresente algum nível de dificuldade ou desconhecimento, é comum dizermos que está com algum defeito de fábrica e logo ligamos para a assistência técnica ou pegamos o manual para tentarmos “desvendar” o funcionamento. Na pior das hipóteses, somos intimidados e não aproveitamos diversos recursos que o aparelho apresenta, simplesmente porque não sabemos operá-lo.

Agora traga esse exemplo para sua vida empresarial. Será que o seu colaborador consegue operar facilmente o sistema que está proposto para executar suas funções. Ou ele fica horas na tentativa de descobrir onde a alíquota x, y ou z deverá ser inserida, ou deixa de atender um cliente, pois não consegue verificar com facilidade no sistema onde está o pedido dele. Assim é possível mensurar um dos benefícios do treinamento.

Ao implantar um sistema de Tecnologia da Informação, indague sempre se a consultoria ou fornecedor detém uma carteira de profissionais preparada para dar suporte à sua equipe, se há real possibilidade de capacitar o usuário para utilizá-lo, pois só assim será possível usufruir todos os benefícios que a tecnologia traz à empresa. Tenha em mente que se a consultoria não estiver estruturada para capacitar a sua equipe, haverá risco dela também não conhecer plenamente o software com que trabalha. Sendo assim, qual a garantia que o sistema funcionará como se faz necessário?

Com um bom treinamento para o usuário, com certeza, haverá a diminuição de conflitos, entre o sistema e o profissional, o desgaste dos equipamentos, a lentidão na execução das tarefas propostas. E além do mais, aumenta a motivação do profissional em trabalhar para a empresa, que são fatores que, conseqüentemente, acabam por impactar no negócio.

Coloque-se diante de um equipamento, que você nunca manteve contato e tente executar uma tarefa com rapidez. É claro que terá uma resposta negativa. O que é novo ou desconhecido traz relutância à utilização. Quando o seu colaborador estiver capacitado para além das funções dele, apto para operar com adequação no sistema, é notório que tudo será mais fácil e ágil.

A tecnologia de ponta é importante para qualquer organização, mas só trará resultados quando forem esgotadas, pelos próprios usuários, todas as suas possibilidades e recursos de uso e isso só se consegue com capacitação e treinamento.

* Luiz Cunha é formado em Direito, diretor de operações da New Age Software S/A e especialista na implantação de sistemas corporativos informatizados. (www.newage-software.com.br) e-mail: linknewage@linkportal.com.br