Buscando se divertir, crianças participam da terceira etapa do Brasileiro de Minicross

Os pequenos talentos que vão disputar a 5ª e 6ª Etapas do Campeonato Brasileiro de Minicross vão entrar na pista da cidade de Brazópolis – MG com apenas um objetivo: se divertir.

O Campeonato, que em 2007 teve pouco mais de 40 pilotos na abertura, este ano superou as expectativas dos organizadores, tendo 63 pilotos inscritos na 1ª etapa. “O minicross cresce e fica mais popular a cada ano”, afirma Island Costa, um dos responsáveis pelo evento. De acordo com ele, o importante é que as crianças tenham um primeiro contato com as motos e com as competições.

João Carlos da Costa, pai dos pequenos Lucas, de apenas três anos e Guilherme, que disputa a categoria B e tem oito anos, ficou muito feliz com a escolha dos filhos. Os meninos escolheram o minicross devido a sua influência, já que o pai faz trilhas com motos.

Desde que começaram a andar de moto, pai e filhos passaram a ter uma união maior, já que se reúnem no fim de semana para dar alguns passeios em família. Apesar disso, o pai não quer forçar na escolha dos meninos, “Independente da modalidade, o importante é que os meninos pratiquem um esporte e que a família se reúna em torno disso”, comentou.

O Campeonato Brasileiro de Minicross é dividido em três categorias: A (de 4 a 6 anos), B (7 a 8 anos) e C (9 anos). As jovens promessas terão a oportunidade de correr no local onde treina o piloto e ex-campeão brasileiro Massoud Nassar.

Pais – Com o intuito de fazer com que o Campeonato Brasileiro de Minicross seja uma diversão para toda a família e não só para as crianças, os organizadores da prova criaram uma categoria extra, promocional. Trata-se da categoria Pitbike, onde os pais e outros adultos podem aproveitar o descanso de seus filhos para competir. Sucesso nos EUA e na Europa, a Pitbike ganha cada vez mais adeptos no Brasil.