Cachorrão (#51) saiu com a vitória neste domingo em Curitiba

Cachorrão ultrapassa Andric na última volta e ganha a 4ª etapa do TNT SuperBike

Cachorrão (#51) saiu com a vitória neste domingo em Curitiba

Cachorrão (#51) saiu com a vitória neste domingo em Curitiba

Os 3.695 metros do Autódromo Internacional de Curitiba foram tomados pelas motos do TNT SuperBike na corrida deste domingo, 24. O vencedor da etapa foi Cachorrão (#51), da J. Cachorrão Racing Team. O piloto largou mal e chegou a cair para a sétima posição, mas se recuperou e ultrapassou o líder, Danilo Andric (#64), da Limited MotorSport, na última volta da prova. Com a vitória, Cachorrão somou 25 pontos na classificação da competição e agora possui 59 no TNT SuperBike.

Andric, que foi regular a corrida inteira, mas na última volta foi ultrapassado. Após a bandeirada, o piloto que é o líder do campeonato, ficou a apenas 0.047s do vencedor da etapa de Curitiba.

O 4º e 5º lugares ficaram com dois pilotos da sub categoria estreantes, Diego Pretel (#88), da Metric Method, e Bruno Silva (#18), da Target Race, conseguiram andar novamente no pelotão da frente. “Nossa equipe teve uma evolução muito grande”, destacou Pretel. Já Bruno, falou sobre o nível dos pilotos. “Nossa evolução depende de todo mundo, isso é bom pra categoria”, frisou.

A corrida ainda teve um incidente envolvendo Ivan Gouvêa (#34) da TNT Suzuki Máxima e Everton Felizardo (#118) da Imprime Racing. Logo na primeira curva após a largada os dois se chocaram e ficaram de fora da prova.

Além da vitória, Cachorrão também registrou a melhor volta neste domingo, com o tempo de 1:21.772. Motivos não faltaram para a comemoração do paulista no pódio.

Outras categorias – SuperBike Pro Am
Correndo pela primeira vez em Curitiba, Michel Dacar (#171), da Oficina Planet Motos, foi o melhor entre os pilotos da SBK Pro Am. Matheus Piva (#54), da J. Cachorrão Racing Team veio logo depois, e o terceiro lugar ficou com Leymar Sanches (#128).

SuperBike Master
A vitória na Pro Master ficou com Gustavo Rodrigues (#181), o Gringo, da Grinjets. Com uma corrida dentro de seu controle, o piloto não foi ameaçado pelo segundo lugar, Ricardo Gornati (#99), fechando o pódio na categoria ficou o experiente Paulinho Gabriel (#72) da equipe TNT Suzuki Máxima.

SuperBike Pro Estreante
Diego Pretel (#88), da Metric Method, que foi quarto na geral, subiu ao primeiro lugar do pódio da sub categoria Pro Estreante, na seqüência vieram Bruno Silva (#18) da Target Race, Ricardo Pelosini (#19) da Boi Racing, e Wado Gomes (#141).

SuperSport Pro
O bom rendimento de Massao Nishimoto (#41), da Motonil, no final de semana foi interrompido por Marcelo Brasil (#24), da Target Race. Com uma ultrapassagem nos momentos finais, Brasil bateu o recorde da pista na categoria com 1:24.861  e não chegou a ver a queda de Nishimoto, que foi ao chão na última curva antes do fim da prova. Sentindo dores no ombro, o piloto foi levado ao hospital para ficar em observação, mas passa bem.

SuperSport Pro Am
Os pilotos da categoria Pro Am travaram uma disputa acirrada pelo pódio. Com um bom rendimento de sua moto em toda a corrida, Pedro Gonçalves (#12), o Vacão da TNT Diafrag Máxima ficou em primeiro, Fernando Ferraz (#11) da Motonil, chegou em segundo, mas continua na liderança do campeonato. A categoria teve também os pilotos estreantes no TNT SBK Fabinho Brandt (#33), da Moton, Ricardo Pitty (#113) da Keep Riding Race Team, e Charles Heidmann que na ordem ficaram em terceiro, quarto e quinto no pódio.

Confira a o resultado geral da 4ª etapa do TNT SuperBike em Curitiba

1º) 51 – Cachorrão (P, SP), 17 voltas em 23:32.334 (média de 160,11 km/h)
2º) 64 – Danilo Andric (P , SP), a 0.047
3º) 42 – Heber Pedrosa (P , SP), a 5.282
4º) 88 – Diego Pretel (P E , SP), a 6.587
5º) 18 – Bruno Silva (PE , SP), a 19.279
6º) 97 – Rodrigo de Benedictis (P , SP), a 27.756
7º) 90 – Alecsandre de Grandi (P , SP), a 27.767
8º) 181 – Gustavo Rodrigues (PM , RA), a 28.202
9º) 34 – Bruno Corano (P , SP), a 31.246
10º) 19 – Ricardo Pelosini (PE , SP), a 47.739
11º) 24 – Marcello Brasil (SSP , SP), a 1:08.350
12º) 41 – Marcos Nishimoto (SSP , SP), a 1 volta
13º) 171 – Michel Dacar (PA , SP), a 1 volta
14º) 54 – Matheus Piva (SSPA , SP), a 1 volta
15º) 128 – Leymar M.Sanchez (PA , MS), a 1 volta
16º) 99 – Ricardo Gornati (PM , SP), a 1 volta
17º) 141 – Wado Gomes (PE , SP), a 1 volta
18º) 2 – Osmar Gonçalves (P , SP), a 1 volta
19º) 72 – Paulo A Gabriel (PM , SP), a 1 volta
20º) 12 – Pedro G.Gonçalves (SSPA , SP), a 1 volta
21º) 11 – Fernando Ferraz (SSPA , SP), a 1 volta
22º) 33 – Fabinho Brandt (SSPA , SP), a 1 volta
23º) 113 – Ricardo Pitty (SSPA , SP), a 1 volta
24º) 123 – Charles Heidemann (SSPA , SC), a 1 volta
25º) 23 – Ives Moraes (SSPA , GO), a 2 voltas
ncº) 118 – Everton Felizardo (PA , PR), a 15 voltas