nãofoiacidente

Campanha “Não Foi Acidente” lança primeiro vídeo

O movimento Não foi Acidente estreou o primeiro vídeo da campanha que visa a mudança do código penal brasileiro. Com o tema “Bebida + Direção Mata!”, o material, disponível na internet, tem a intenção de mostrar a realidade vivida por Rafael Baltresca, engenheiro e palestrante motivacional, cuja mãe e irmã foram atropeladas por um motorista embriagado e, com isso, fazer com que mais cidadãos se conscientizem que a combinação de álcool e volante pode ser fatal.

Idealizada após o acidente que envolveu a família de Baltresca, o movimento tem como objetivo coletar 1,3 milhões de assinaturas para a petição pública, que solicita o agravamento das penas quando houver embriaguez ao volante. No caso, específico de homicídio, a proposta exige a pena de cinco a oito anos de prisão. Além disso, também pede a constatação da impossibilidade física do condutor de dirigir o veículo, seja por estar alcoolizado ou entorpecido por substância psicoativa, apenas através do exame clínico, dispensado a necessidade do bafômetro para confirmação.  “Chega de impunidade, de ouvir novas histórias de acidentes que poderiam ser evitados. O motorista que bebe e deixa de lado a possibilidade de acontecer um acidente está assumindo o risco de matar e, por isso, deve ser julgado da maneira correta”, afirma Baltresca.

A petição pública pode ser assinada no link  www.NaoFoiAcidente.org