Foto: Anderson Cidade, piloto patrocinado pela Pro Tork, luta por t¡tulo da MX1 no Campeonato Catarinense de Motocross

Campeão da MX2, Anderson Cidade comemora título na MX1

Foto: Anderson Cidade, piloto patrocinado pela Pro Tork, luta por t¡tulo da MX1 no Campeonato Catarinense de Motocross

Foto: Anderson Cidade, piloto patrocinado pela Pro Tork, luta por t¡tulo da MX1 no Campeonato Catarinense de Motocross

Anderson Cidade nem terminou de comemorar o t¡tulo da categoria MX2 e j  tem um novo motivo para festa. Neste domingo, o piloto da Pro Tork Racing Team consagrou-se como campeÆo da MX1.

O piloto pretendia correr nas duas provas, mas teve uma crise de sinusite e ficou de fora da categoria que j  ‚ o campeÆo, a MX2. Para levar o t¡tulo da MX1 o piloto precisava pontuar e conseguiu o 7§ lugar na disputa.

“Eu queria ter corrido a MX2 tamb‚m, mas nÆo deu. Fui tranqilo para a pista e no final disputei o sexto lugar com o Chumbinho. Ele chegou meio palmo antes de mim e eu acabei ficando com o s‚timo. Mas o importante ‚ o t¡tulo. Estou muito feliz”, comemorou Anderson.

O vencedor da MX1 foi JoÆo Paulino Marronzinho, outro piloto da Pro Tork Racing Team. Pipo castro, apoiado pela marca, terminou a prova em terc eiro lugar. “Disputei o segundo lugar com o Ratinho durante toda a prova. Consegui ultrapass -lo algumas vezes, mas ele acabou chegando na frente. Sab¡amos, desde o in¡cio, que nÆo seria uma briga f cil”, comentou Pipo ap¢s o termino da prova.

Milton Becker, o Chumbinho, mais um piloto da Pro Tork nas pistas neste domingo, conseguiu a vit¢ria na MX3 e o sexto lugar na MX1