Winners of the all classes celebrate on the podium at the Red Bull Romaniacs in Sibiu, Romania on July 29, 2017. // Predrag Vuckovic/Red Bull Content Pool // P-20170729-00579 // Usage for editorial use only // Please go to www.redbullcontentpool.com for further information. //

Campeão no Hard Enduro: Bruno vence Red Bull Romaniacs

O brasileiro Bruno Crivilin fez uma estreia gloriosa no Red Bull Romaniacs 2017, abocanhando o título de sua categoria em uma das provas de Hard Enduro Rally mais difíceis do mundo. Competindo na última semana na Romênia, e com o resultado obtido na Silver, Bruno escreve seu nome na história e se tornou o primeiro brasileiro a vencer o Red Bull Romaniacs.

Pódio da categoria Silver do Red Bull Romaniacs 2017. Bruno Crivilin é o primeiro brasileiro a vencer a prova, considerada uma das mais difíceis de Hard Enduro do Mundo

Pódio da categoria Silver do Red Bull Romaniacs 2017. Bruno Crivilin é o primeiro brasileiro a vencer a prova, considerada uma das mais difíceis de Hard Enduro do Mundo

Este novo capítulo na vida do piloto veio acompanhado de muita estratégia, habilidade e também coragem para não desistir. Afinal, uma queda no quarto – e último – dia de prova lhe causou uma fratura na costela, perfuração do pulmão e lesão nos rins que deu uma pequena hemorragia. Mas mesmo assim o brasileiro persistiu, alcançando um inacreditável terceiro lugar naquele dia depois de ter chegado em primeiro os três seguintes. “Eu não podia abandonar a prova. Estava sentindo muitas dores, mas procurava pensar nas pessoas que estavam torcendo por mim. O Brasil todo estava acompanhando e merecia esta vitória. Nem sei como consegui completar, mas o importante é que consegui e coloquei a bandeira do Brasil no degrau mais alto do pódio. Agora tenho que pensar na minha recuperação, porque no final de agosto temos o Six Days na França e quero poder representar meu país de novo!”, bradou Crivilin.

Inicialmente, o piloto iria competir no ano passado mas acabou se lesionando e foi para a Romênia apenas assistir a Categoria Gold, da qual participaria. Neste momento, decidiu que voltaria no ano seguinte e correria na Silver, um pouco mais light (ou menos impossível), enfrentando todos os seus desafios e obstáculos. “Quem acha que a Categoria Silver é bem mais tranquila se engana. Grande parte da prova a gente anda encarando o mesmo percurso da Categoria Gold. Teve locais que eu só acreditei que tinha passado quando chegava ao final. Subidas intermináveis e descidas piores ainda. Às vezes ficávamos por mais de uma hora subindo. Isso sem contar nos rios e cachoeiras que tínhamos que transpor”, relatou.

Segundo as previsões médicas, Bruno deve ter alta já nesta semana e então inicia seus preparativos para o Internacional Six Days Enduro –ISDE. Considerado como a ‘Copa do Mundo do Enduro’, o evento ocorrerá na França ao final de agosto e terá Crivilin compondo a Seleção Brasileira. No Red Bull Romaniacs 2017, o brasileiro representou a Equipe Orange BH KTM Racing.

Separador_motosFonte: Equipe Orange BH KTM Racing



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.