Hector Assunção, competidor do Arena Cross em Curitiba

Campeonatos de MX farão equipes viajar quase 31 mil km em 2013

O tamanho “continental” do Brasil faz repetir ano-a-ano a discussão sobre o quanto uma equipe de motocross precisa viajar para estar em todas as etapas dos dois principais campeonatos nacionais, Brasileiro e Arena Cross, buscando-se alternativas para tornar o calendário menos cansativo e reduzir altos custos atuais.

Em 2012, o BRMX calculou e o número de quilômetros chegava próximo ao da circunferência do globo terrestre na região dos trópicos (aproximadamente 36 mil quilômetros). No ano passado, cerca de 34 mil quilômetros precisaram ser percorridos por uma frota de motorhomes, caminhões, carretas, vans, que carregaram motos, equipamentos, mecânicos, famílias.

Na temporada 2013, que terá um campeonato a menos (a Superliga Brasil de Motocross deixou de existir), serão aproximadamente 31 mil quilômetros, o que continua muito próximo de uma volta ao mundo.

Com esta quantidade de quilômetros, um piloto também conseguiria ir e voltar (partindo de São Paulo) até à Califórnia, nos Estados Unidos, e ainda lhe sobrariam alguns quilômetros para visitar pistas como Glen Helen e Pala. Ou então, fazer um turismo de motocross pela Europa e treinar em mais de dez pistas famosas, como as de Lommel, Valkenswaard, Namur, Saint Jean D’Angely, Arco di Trento, e tantas outras, visitando países como Holanda, Bélgica, França, Itália, Alemanha, Rússia, Polônia, Suécia.

A CBM coordena o Campeonato Brasileiro de MX

A CBM coordena o Campeonato Brasileiro de MX

Para calcular as distâncias em território brasileiro, tomamos como base a equipe IMS Racing, de Indaiatuba, São Paulo, pelo fato que este é o estado com o maior número de praticantes de motocross (federação que ficou fora do calendário do Brasileiro de Motocross, assim como Rio de Janeiro e Minas Gerais, outras províncias com grande número de praticantes e espectadores de MX).

Além das longas distâncias, o fato de os dois campeonatos serem disputados ao mesmo tempo também é motivo de reclamação.

“Por que que fazer os dois juntos? Ficamos sem corridas no início e no fim do ano. Se fizesse um dos campeonatos no primeiro semestre e outro no segundo, seria melhor dividido e facilitaria as coisas. Desse jeito, com os dois juntos, fica muito mais caro, o esporte fica cada vez mais de elite. Tem que ser magnata!” – diz Leo Lopes, pai do piloto Enzo Lopes.

“Até nos Estados Unidos, onde há mais recursos, primeiro fazem um e depois outro, e ainda separam em Costa Leste e Costa Oeste para facilitar a logística. E outra, saiu o calendário, mas o presidente disse que ainda pode mudar um pouco porque tem data conflitante. É lamentável”,  complementa.

Confira abaixo o roteiro das etapas e as distâncias a serem percorridas, que está originando o pleito de modificações. Para ajudar, deixe a sua sugestão nos comentários no final da página, sugerindo como os gestores poderiam otimizar o calendário no Brasil.

Calendário 2013
AC = Arena Cross
BR = Brasileiro de Motocross

AC – 1ª etapa – 7 de abril, em Indaiatuba, São Paulo
BR – 1ª Etapa – 14 de abril, em Carlos Barbosa, Rio Grande do Sul
BR – 2ª Etapa – 5 de maio, em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul
AC – 2ª etapa – 9 de junho, em Curitiba, Paraná
BR – 3ª Etapa – 9 de junho, em Sorriso, Mato Grosso
AC – 3ª etapa – 30 de junho, em Brasília, Distrito Federal
BR – 4ª Etapa – 14 de julho, em Aracaju, Sergipe
BR – 5ª Etapa – 28 de julho, em Porto Seguro, Bahia
AC – 4ª etapa – 25 de agosto, em Goiânia, Goiás
BR – 6ª Etapa – 1º de setembro, em Canelinha, Santa Catarina
BR – 7ª Etapa – 6 de outubro, em Goiânia, Goiás
BR – 8ª Etapa – 20 de outubro, em Foz do Iguaçu, Paraná
AC – 5ª etapa – 27 outubro, em Recife, Pernambuco
AC – 6ª etapa – 22 de novembro, em Balneário Camboriú, Santa Catarina

Os campeonatos percorrem o Brasil de norte a sul e de leste a oeste

Os campeonatos percorrem o Brasil de norte a sul e de leste a oeste

Distâncias (considerando-se ida e volta)

Brasileiro de Motocross
Indaiatuba – Carlos Barbosa = 2.112 Km
Indaiatuba – Três Lagoas = 1.252 Km
Indaiatuba – Sorriso = 3.592 Km
Indaiatuba – Aracaju = 4.400 Km
Indaiatuba – Porto Seguro = 3.090 Km
Indaiatuba – Canelinha = 1.378 Km
Indaiatuba – Goiânia = 1.718 Km
Indaiatuba – Foz do Iguaçu = 1.998 Km
Total Brasileiro MX = 19.540 Km

Arena Cross
Indaiatuba – Indaiatuba – 0 Km
Indaiatuba – Curitiba = 874 Km
Indaiatuba – Brasília = 1.876 Km
Indaiatuba – Goiânia = 1.718 Km
Indaiatuba – Recife = 5.372 Km
Indaiatuba – Balneário Camboriú = 1.292 Km
Total Arena Cross = 11.132 Km

Os dois campeonatos juntos = 30.672 Km

* Os valores apresentados são aproximados e baseados nas distâncias fornecidas pelo Google Maps.