Canelinha com público recorde no Brasileiro de Motocross

Dois pilotos – um mineiro e um catarinense – permanecem invictos no Campeonato Brasileiro de Motocross.

Jorge Balbi J£nior (Honda/M¢bil/Ladro/asw/Pirelli), de Belo Horizonte, na 250; e C ssio Garcia (Honda/M¢bil/Dimasa/Asw), de Ararangu , na Open; sÆo os £nicos pilotos com desempenho total na competi‡Æo.

Nos dias 7 e 8 de junho, no mot¢dromo Arthur Jacovicz, em Canelinha, Santa Catarina, os dois terÆo mais uma chance de defender a invencibilidade na quarta etapa do campeonato.

Em Canelinha registrou-se no ano passado recorde de p£blico em uma competi‡Æo de motocross, 35 mil pessoas. Este ano espera-se que este n£mero seja superado. Um dos motivos ‚ o bom desempenho dos pilotos catarinenses na competi‡Æo. Das cinco categorias disputadas, trˆs estÆo na lideran‡a da Open, 125 e 60.

C ssio Garcia correr  diante do seu p£blico e torcida. Piloto experiente, desde que retornou …s pistas, em 2002 Garcia correu 10 provas e venceu todas elas, conquistando na temporada passada, o t¡tulo brasileiro da sua categoria. Tudo isto enquanto se dividia com o curso de pilotagem que tem em Crici£ma, as atividades de empres rio – ele ‚ pr¢prietario de uma oficina, V. Force, empresa que comercializa palheta de torque – com os treinamentos.

A dedica‡Æo em busca do seu primeiro t¡tulo no campeonato brasileiro na categoria 250 tamb‚m tem sido uma obsessÆo do piloto mineiro Jorge Balbi. Aos 20 anos, ele tamb‚m exibe uma trajet¢ria de sucesso no motocross nacional – j  foi campeÆo brasileiro de Supercross e Motocross na 125. A invencibilidade na competi‡Æo, segundo Balbi, ao mesmo tempo em que amplia a sua responsabilidade dentro da pista, lhe d  a certeza de que se mantiver o ritmo atual poder  sonhar com o t¡tulo da categoria.

Em Canelinha, Balbi espera estar ainda melhor que nas etapas passadas. Balbi, sua irmÆ Mariana e o primo Max treinam numa pista de cross num s¡tio da fam¡lia na regiÆo metropolitana da capital mineira.
As emo‡äes, entretanto, nÆo estÆo limitadas apenas nas categorias 250 e Open. Nas demais – 125, 80 e 60, o p£blico vai assistir a outros duelos.