As bandeiras dos estados já tremulam no motódromo

Canelinha(SC) passa por últimos ajustes para o Brasileiro de Motocross

As bandeiras dos estados já tremulam no motódromo

As bandeiras dos estados já tremulam no motódromo

O motódromo Arthur Jachovicz está quase pronto para receber os melhores pilotos do país. A tradicional pista catarinense será palco neste fim de semana, dias 28 e 29 de abril, da 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross 2012, válida também pela 3ª etapa do Campeonato Catarinense. As primeiras máquinas (tratores e escavadeiras) vêm trabalhando a todo vapor para os últimos ajustes no traçado.

“Esperamos uma grande prova, como sempre tem sido o Brasileiro aqui em Canelinha. As máquinas estão trabalhando forte na pista e vamos utilizar o mesmo traçado do Mundial de Motocross, que foi disputado em 2009. Já estamos gradeando e jogando água para que a pista esteja perfeita no fim de semana afirmou Onílio Cidade, presidente da Federação Catarinense de Motociclismo (FCM).

Vice-campeão em 2011 e atual líder na classificação geral da categoria MX2, após excelente desempenho na abertura da temporada, em Carlos Barbosa/RS, o paulista Eduardo “Dudu” Lima chegará motivado a Santa Catarina: “venho treinando bastante e continuo me dedicando ao máximo. Sei que posso ir bem em Canelinha. É uma pista que gosto muito” declarou o piloto, integrante da equipe que representou o Brasil no Motocross das Nações no ano passado, na França.

Confira a classificação do Brasileiro de Motocross 2012:

MX1
1º – Carlos Campano – 50 pontos
2º – Adam Chatfield – 44
3º – Wellington Garcia – 38
4º – Leandro Silva – 38
5º – Marcello “Ratinho” Lima – 29

MX2
1º – Eduardo “Dudu” Lima – 47 pontos
2º – Hector Assunção – 43
3º – Rafael Faria – 38
4º – Anderson Amaral – 36
5º – Everett Holcomb – 36

MX3
1º – Milton Becker – 25 pontos
2º – Nielsen Bueno – 22
3º – Mariana Balbi – 20
4º – Cristiano Lopes – 18
5º – Eder Antoniazzi – 16

85cc
1º – Gustavo Pessoa – 25 pontos
2º – Fabio dos Santos – 22
3º – Enzo Lopes – 20
4º – Gustavo Alves Borges – 18
5º – José Brayan Soares – 16

65cc
1º – Thui Todeschini – 25 pontos
2º – Leonardo Cassarotti – 22
3º – Renato Paz – 20
4º – Guilherme Torres – 18
5º – Felipe Migliorini – 16