casa-do-capacete_6

Capacete se compra em casa, na Casa do Capacete

Informe Publicitário – Existem marcas no segmento de equipamentos e acessórios para motocicletas e motociclistas que se confundem com a própria história da motocicleta no Brasil. São marcas que foram construídas sob fortes princípios de dedicação e excelência no trabalho o que acabou por torná-las referências em seu segmento de atividade.

casa-do-capacete_logoUma dessas marcas é a Casa do Capacete, que completa 28 anos em 2018, mas que tem sua história ligada a um início muito anterior, lá pelos anos 70, ainda como Dainese Artigos para Motociclistas. A marca Casa do Capacete hoje é tão forte e presente no varejo paulistano que acabou se tornando A Grife do Motociclista, slogan que foi incorporado ao nome fantasia da empresa.

Todas essa bagagem e experiência acumulada nestes anos todos na fabricação e no comércio – principalmente de capacetes – evolui agora para uma moderna plataforma de e-commerce – comércio eletrônico pela Internet – para trazer para o mundo virtual o atendimento sempre diferenciado que tornou a Casa do Capacete referência no comércio de capacetes no Brasil.

Astone, marca própria e exclusiva: qualidade em primeiro lugar

Astone, marca própria e exclusiva: qualidade em primeiro lugar

Essa empresa familiar hoje conhecida como Casa do Capacete, a Grife do Motociclista, fabricava e comercializava capacetes, além de prestar serviços de costura e manutenção de vestuário para motociclistas e kartistas. No começo a empresa estava instalada numa área na rua 25 de Janeiro, no bairro da Luz, região central de São Paulo, onde trabalhavam o pai, Esposito Vincenzo, que cuidava da parte comercial atacadista, e a mãe, Thereza Pella Esposito, considerada a alma e o carisma da empresa.

Como motociclista, dona Thereza entendia muito do assunto e mantinha uma cozinha na fábrica para servir comida aos funcionários e a todos os visitantes, o que já mostrava que naquela empresa o tratamento aos clientes era algo diferente e especial. Dois filhos do casal trabalhavam na empresa, Pietro Giovanni e Donato Esposito, mas o primeiro logo desligou-se para abrir sua própria fábrica de capacetes e Donato, o caçula, seguiu na Dainese, onde estava desde os 13 anos montando capacetes, fazendo serviços de escritório e atendendo clientes ocasionais.

Donato em 1996: atendimento aos clientes sempre foi a prioridade

Donato em 1996: atendimento aos clientes sempre foi a prioridade

Com o desenvolvimento do negócio, Donato Esposito acabou se especializando no atendimento aos clientes que vinham no showroom da fábrica para comprar. A boa fama dos capacetes e roupas e o bom atendimento que Donato oferecia fez com que a empresa crescesse muito, o que levou o pai a abrir outra empresa na Avenida Pacaembu, que vendia e instalava insulfilm em carros e vendia capacetes também. Novamente percebendo que o negócio ia bem, surgiu uma terceira empresa da família bem próximo dali para que Donato continuasse o negócio dos capacetes. E dona Thereza veio junto.

O êxito de Donato Esposito na direção dos negócios de capacetes levou ao surgimento da Casa do Capacete na Avenida Rebouças, 815, do jeito que a conhecemos hoje, seguindo o mesmo padrão do tradicional e excelente atendimento aos seus clientes. O desenvolvimento do mercado de motos e de acessórios ampliou a linha de produtos e hoje a Casa do Capacete, a Grife do Motociclista é uma loja completa para vestuário de motocicleta e kart.

Capacete exclusivo

Ao longo desse período a Casa do Capacete desenvolveu um de seus diferenciais competitivos para o êxito nos negócios, que foi o desenvolvimento de marcas próprias de capacetes. Hoje a marca Astone é exclusiva da Casa do Capacete há mais de 10 anos, uma marca famosa e muito procurada na França, onde tem origem. Outro fator decisivo para o sucesso foi sempre manter uma linha completa das boas marcas de capacetes presentes no mercado brasileiro, como LS2, NoRisk, Shark, Shoei, Arai entre outras com alto padrão de qualidade. “Oferecer ao cliente exatamente o que ele deseja, dando-lhe boas opções e deixando-o à vontade para escolher é um de nossos segredos”, revela Donato Esposito.

Compra de capacete deve ser como uma roupa numa alfaiataria: sob medida

Compra de capacete deve ser como uma roupa numa alfaiataria: sob medida

Ele faz questão de manter o mesmo padrão de atendimento e está diariamente atendendo seus clientes. “O cliente precisa de orientação para entender que há diferenças fundamentais entre produtos aparentemente semelhantes e, para isso, nós temos que ter muito conhecimento sobre o produtos que vendemos”, explica. “Queremos vender um capacete ao cliente como se fossemos uma alfaiataria, sob medida, nem mais, nem menos”, compara Donato.

Xceed, outra marca própria e exclusiva

Xceed, outra marca própria e exclusiva

Com a chegada do e-commerce da Casa do Capacete, Donato Esposito procurou transferir para o atendimento eletrônico online todas as virtudes do atendimento pessoal na loja. “No nosso e-commerce o cliente dispõe de todas as ferramentas para escolher e encontrar exatamente o que deseja, acertar na escolha do tamanho e fazer uma compra segura com toda a tranquilidade para receber em casa exatamente o que escolheu muito mais rápido do que imagina”, finaliza.

Para comprar na Casa do Capacete, clique aqui ou escreva na barra de endereços do seu navegador: http://www.casadocapacete.com.br/capacetes-para-moto/ 

separador_casadocapacete