Carnacross em Três Ranchos cancelada.

O que seria a 18¦ edi‡Æo da mais tradicional prova de Motocross de Goi s foi cancelada, o Carnacross – Carnaval e Motocross – que sempre agitaram Trˆs Ranchos est  cancelada, ap¢s longa expectativa e nenhuma resolu‡Æo por parte daqueles que poderiam fazer algo pela cidade alem de intriga pol¡tica, jogo de vaidades e nenhum respeito pela cidade que os abriga.

Esta prova realizada em Trˆs Ranchos sempre atendeu os anseios da popula‡Æo e empres rios locais que viam nestes eventos a oportunidade de exercerem a voca‡Æo tur¡stica de uma das mais importantes cidades deste segmento, a prova sempre foi realizada na pista mais antiga e t‚cnica do Estado e fazia parte desde o come‡o da divulga‡Æo e crescimento da cidade, com in¡cio em 1984 ou seja, 22 anos de sucessivas administra‡äes bem mais comprometidas com o potencial tur¡stico da cidade.

E nem devemos esquecer, que na £ltima edi‡Æo do Carnacross – atingiu-se o numero recorde de pilotos em provas de Motocross em Goi s, chegando aos 187 pilotos de v rios pontos do Pa¡s que participaram da prova em 2005, trazendo divisas para a cidade, alem da inje‡Æo financeira nos hot‚is, casa de aluguel, restaurantes, supermercados, comercio e prestadores de servi‡os em geral, e que divulgavam Trˆs Ranchos nas suas cidades e estados. Em todos estes anos, pilotos de MG, DF, MT, PA, TO, SP, BA, MS e algumas vezes at‚ de outros paises e, ano ap¢s ano este numero aumentava na mesma propor‡Æo do publico espectador sempre maior a cada edi‡Æo. A cobertura da prova por parte da imprensa sempre foi fator bem interessante, pois a divulga‡Æo ocorria sem custos para a cidade sendo determinante para este sucesso.

A falta de habilidade para chegarem a um acordo, por parte de ambas as partes envolvidas – poder publico e um dos propriet rios do terreno – vai fazer com que o evento nÆo se realize em Trˆs Ranchos, demonstrando a falta de respeito para com os moradores, turistas e esportistas, dando conta de que pequenas diferen‡as poderiam ser resolvidas se houvesse interesse e comprometimento por parte dos mesmos. Que pena, pois, quem sai perdendo ‚ o ESPORTE.