Carro da Equipe Petrobras Lubrax surpreende e termina em segundo no Rally dos Sertões

Carro da Equipe Petrobras Lubrax surpreende e termina em segundo no Rally dos Sertões

Carro da Equipe Petrobras Lubrax surpreende e termina em segundo no Rally dos Sertões

Moto continua na liderança de sua categoria

Em uma etapa bem acirrada entre os Carros, o Mitsubishi Pajero Full fez o segundo melhor tempo entre o Nissan do polonês Krzysztof Holowczyc e o Volkswagen de Giniel de Villiers, atual líder do Rally dos Sertões 2008. Jean Azevedo, da Equipe Petrobras Lubrax, terminou apenas 31 segundos atrás do primeiro e dez segundos na frente do terceiro. “Foi uma disputa e tanto e ficamos bem felizes com o resultado de hoje. O carro não deu nenhum problema e pudemos ser bem competitivos entre os veículos homologados pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo)”, explicou Jean que compete ao lado do navegador Youssef Haddad.

Na categoria Motos, Rodolpho Mattheis continua administrando a sua posição de líder na categoria Brasil para motos acima de 450 cilindradas. “Hoje foi uma especial bem travada, que exigia muita navegação. Em alguns pontos até parecia que eu estava no caminho errado por conta das trilhas bem fechadas. Mas no final deu tudo certo e terminei tranqüilo o trecho do dia que foi cancelado os 80 quilômetros finais. Isso ocorreu porque choveu muito na região e o atoleiro no final da especial estava impossível de ser atravessado”, contou o piloto. O português Ruben Faria conquistou o melhor tempo da etapa.

Por pouco – Faltando 100 quilômetros para o final da especial de hoje quebrou a turbina do Mercedes-Benz do trio André Azevedo/Maykel Justo/Ronaldo Pinto. “Ficamos parados um bom tempo para checar exatamente qual seria o problema. Hoje faremos o reparo, mas estamos sem chances de pódio. Mas isso é rali, ele termina mesmo no último dia”, explicou André. O caminhão da Equipe Petrobras Lubrax estava na segunda posição em sua categoria, atrás apenas de um Ford F4000 de apenas 3.800kg. “Competir com veículos bem mais leves faz com que você force constantemente seu caminhão que possui aproximadamente sete toneladas. Fora do Brasil esses veículos mais leves se enquadram em outra categoria, chamada Open”, concluiu André.

Confira abaixo os resultados de hoje (nona etapa):

Motos
1º Ruben Faria – 01h44min16s;
2º Cyril Despres – 01h45min18s
3º José Hélio – 01h45min20s;
53º Rodolpho Mattheis (líder na categoria)

Carros
1º Krzysztof Holowczyc e Jean-Marc Fortin – 01h51min29s;
2º Jean Azevedo e Youssef Haddad – 01h52min06s;
3º Giniel de Villiers e Dirk von Zitzewitz – 01h52min16s

Caminhões
1º Amable Barrasa/ José Papacena Neto/ Raphael Bettoni – 02h2min08s;
2º Eduardo Piano/ Solon Mendes / Davi Fonseca – 02h29min26s;
3º Christian Bach, André Casagrande e Luciano Andreotti – 02h52min38s.