Cartas Técnicas e parada

Acabei de comprar uma Kasinski Mirage 250. Li seu teste e sei que vocˆ nÆo se emocionou muito, mas queria muito uma custom zero km e estou gostando muito dela – batizei-a Valentina em omenagem a sua cadela. O problema ‚ o seguinte: A moto s¢ rodou 800 km at‚ agora e est  falhando um pouco entre 5 e 7 mil giros com perda de potˆncia. Pesquisei em foruns e fiquei sabendo de um prov vel problema no CDI. Vocˆ tem alguma informa‡Æo a respeito? Esta ‚ uma poss¡vel causa para o problema? A Kasinski j  se pronunciou a respeito? Desde j , muito obrigado.
Charles Mac Laren / Rio de Janeiro, RJ
A Kasinski informa todos os procedimentos de corre‡Æo …s revendas e assistˆncias t‚cnicas, sua motocicleta est  no per¡odo de garantia e o melhor que vocˆ tem a fazer ‚ levar para uma assistˆncia t‚cnica autorizada. Muito provavelmente nÆo h  problema no CDI, e sim em algum fio que indevidamente possa estar instalado.

YEIS
Queria saber no caso da Rd 135 99, se isolando aquela v lvula YEIS dela, atr ves daquela mangueira que sai do coletor de admissÆo, ela tem um rendimento melhorado? Minha d£vida ‚ essa, desde j  agrade‡o a aten‡Æo. Etamb‚m parabenizo a todos pelo site espet cular que tˆm, pelas mat‚rias claras e objetivas, e ao Tite, principalmente pelo seu rap, t  perdendo tempo a¡, vocˆ ‚ fera!
Marco Ant“nio Par  de Minas MG
Segundo os manuais da Yamaha, eles informam: “Y.E.I.S. (Yamaha Energy Induction System) O sistema de indu‡Æo de energia da Yamaha ‚ um sistema de admissÆo usado principalmente em motores de 2 tempos, com uma cƒmara de um certo volume conectada … passagem de admissÆo, ligando o carburador ao motor. Esta cƒmara absorve as diferen‡as de pressÆo geradas pela abertura e fechamento da janela de admissÆo para eliminar desigualdades na taxa de fluxo da mistura ar/combust¡vel. Como resultado, uma carbura‡Æo est vel ‚ conseguida nas faixas de rota‡Æo baixa e m‚dia, e uma eficiˆncia de admissÆo propicia um melhor rendimento e uma maior economia de combust¡vel. Com motores de 2 tempos mais antigos, o n¡vel de v cuo do venturi aumentava quando o furo da admissÆo era fechado, e um per¡odo de rota‡Æo ocorria no ciclo seguinte de admissÆo, e assim o efeito do venturi era reduzido, ocorrendo tamb‚m um fen“meno chamado de” vale do torque “.Estas caracter¡sticas de performance t¡picas dos motores de 2″. tempos foram melhoradas e a performance destes motores melhorou muito nas faixas de rota‡Æo baixa e m‚dia.”Depois disto exposto vocˆ ainda quer isolar o YEIS?”.

Veloc¡metro
Caros amigos do motonline,minha d£vida ‚ como adaptar um aro 18 na dianteira da tornado e fazer com que ela marque a velocidade e a quilometragem corretamente.
Guilherme Marquesine Silva/Cataguases – MG
Somente ser  poss¡vel se vocˆ desenvolver uma outra engrenagem do veloc¡metro, o que torna invi vel financeiramente!

TDM
Gostaria de saqber como regulo a corrente de comando da tdm225.
Dionathan/itauna mg
O ajuste da corrente de comando da TDM225 ‚ autom tico.

Falcon
Caro Biagio, antes de mais nada, no manual da Falcon diz q ‚ pra colocar 1,7 litros de ¢leo na troca e 1,8 litros com troca de ¢leo e filtro. pois bem, tem um amigo meu que tem uma falcon e est  colocando pouco mais de 2 litros de ¢leo a cada troca e diz q a temperatura e o barulho do motor diminu¡ram, ele conversou com o mecƒnico dele e chegaram a conclusÆo de que nao tem problema pois a Falcon tem c rter seco e o ¢leo fica no reservat¢rio… bom, mas eu tenho minhas d£vidas, porque se nÆo tivesse problema, nÆo teria a marca de n¡vel m ximo na vareta, nÆo ‚ mesmo? o que vc acha?
Victor/ Florianopolis, SC
Provavelmente a motocicleta dele tem menos potˆncia do que as outras al‚m do que h  mais risco de vazamento de ¢leo.

Intrudado
Tenho uma suzuki intruder 125 2004 e estou com um problema. Quando rodo uns 35 km tudo bem depois disso come‡a falhar a acelera‡Æo ou seja eu dou a partida acelero deixo acelada mas demora uns 10 segundos para o motor disparar a acelera‡Æo, que pe‡a sera que esta com problema.
Rubens – Barueri
As informa‡äes estÆo um tanto vagas, mas trabalhei num caso parecido e o problema era o afogador acionado indevidamente.

Pneu
Biagio, embora todo mundo diga pra colocar um mais largo, eu sempre mantive o pneu da minha CG com o tamanho original nÆo s¢ pq eu sei que ele foi feito pra aquela moto, como quando eu andei com uma CG com pneu de Strada eu achei que ela ficou mais “fraca”. Recentemente um mecƒnico meu, que ‚ muito bom (mesmo), disse que eu “at‚ poderia” colocar o pneu da Strada. Ele disse que embora eu tenha algumas perdas, ele ‚ mais seguro caso fure. O motivo, segundo ele ‚ que o pneu original da CG quando fura tende a sair da roda (‚ verdade, eu j  passei por isso). Sei que sua resposta ser  “mantenha os originais”, mas e com rela‡Æo a esta questÆo do perigo de ele sair da roda?
Leandro Lopes Pereira – Guarulhos, SP
O detalonamento (quando o pneu sai da roda) ocorre quando a calibragem est  muito abaixo da recomendada. No caso da diferen‡a do pneu da Strada para a medida da CG nÆo ‚ tÆo discrepante. No entanto trafegue sempre na velocidade indicada pela via, e pare a motocicleta assim que perceber algum problema de dirigibilidade da motocicleta.

Falcon
Bom dia, tenho uma falcon e gostaria de saber se aqueles fluidos que algumas empresas vendem como o (m*&tec) que dizem que diminui o aquecimento, melhora o desempenho e limpeza do motor, seria util para a falcon, e outra aumentar a largura do pneu traz de 130 p/ 140 traz alg problema.
lucas – Ocau‡u, SP
NÆo testamos este tipo de produto e mais uma vez alertamos: A substitui‡Æo do pneu por um nÆo recomendado pela f brica ‚ desnecess ria e pode piorar a dirigibilidade.

-0-0-0-00-0

Parada
Gerson – SÆo Lu¡s, MA
Aˆ, Titia! Eu NUNCA iria dizer que vc estava dentro daquele capacete cor de rosa! A Tia Tita estragou seu disfarce. Mas fique tranquilo. Todos n¢s sabemos que vc ‚ muito macho, pois nÆo fica escondido atr s de uma m scara, como aquele seu amiguinho, vestido de Batman, bem ao lado na foto. Continuo admirando muito seu trabalho, s¢ nÆo mais te convido pra ficar aqui em casa, quando vier … SÆo Lu¡s, MA.
Tite na parada gay: de bem humorado virou rapaz alegre. Que decep‡Æo! (brincadeira, Mestre). Agora falando s‚rio, como est  o encontro do Motonline no SalÆo Duas Rodas? Confirmado?
RALPH – NITERàI, RJ
Obrigado pela foto em destaque, Dinomotorosa (penelope)
Dino – campinas
Ralph, certamente teremos um encontro no SalÆo Duas Rodas, mas ainda nÆo sabemos a data exata nem em qual estande.