Catarinense de Velocross vai a Canelinha neste final de semana - foto Gerson Coas

Catarinense de Velocross: Canelinha recebe a próxima etapa

Conhecida Mundialmente pela tradição no off road, Canelinha (SC) vai receber neste fim de semana, 15 e 16 de agosto, os melhores pilotos do velocross catarinense, para a quarta etapa do estadual. A etapa também chega com uma novidade: a estreia da categoria VX1 Intermediária, que vai alinhar no gate junto da VX1.

Catarinense de Velocross vai a Canelinha neste final de semana - foto Gerson Coas

Catarinense de Velocross vai a Canelinha neste final de semana – foto Gerson Coas

Tomando como exemplo o Catarinense de Motocross, a classe para pilotos estreantes nas competições e que utilizam motos de 450cc pegou com sucesso, tanto é que eles largam em uma bateria exclusiva. No velocross, porém, por enquanto o os pilotos das duas classes vão dividir o gate. A categoria VX1 Intermediária é experimental e poderá ser validada para o Campeonato Catarinense de Velocross.

Depois do sucesso da terceira etapa, que contou pontos para o Campeonato Brasileiro, na veloz pista de Agrolândia, os pilotos agora terão mais um grande desafio em um circuito com características bem diferentes.

O motódromo Ari Justino Pereira, também conhecida como pista do Binho, vai exigir dos pilotos muita técnica e preparo físico, haja vista as subidas e descidas, mesclando conhecimento de técnicas de pilotagem e ajuste dos motores.

Especialmente preparado para receber o Catarinense, o traçado foi remodelado e ainda esta semana está passando por novos ajustes. Esta será a primeira vez que o local sediará uma etapa do Estadual, porém foi palco de várias etapas regionais com muito sucesso.

As inscrições com desconto já estão abertas no site da FCM – Federação Catarinense de Motociclismo, até as 18 horas de sexta feira (14). O circuito estará disponível para treinos nas noites de terça e quinta feira, e os contatos podem ser feitos direto com o diretor do circuito pelo fone (48) 9676-9899, com o Binho.

Todas as categorias estão indefinidas, e os pilotos lutam pelos importantes pontos que definem o ranking estadual da modalidade.A partir de sexta feira começam os trabalhos de cenografia e montagem da estrutura, e a pista fica então fechada para treinos.

Separador_motos