Foto: Pilotos comemoram no p¢dio da 85cc

Catarinenses dominam o Brasileiro de Motocross

Foto: Pilotos comemoram no p¢dio da 85cc

Foto: Pilotos comemoram no p¢dio da 85cc

Para alegria do p£blico, Milton Becker, o Chumbinho (MX3), Marcos Paulo Holtman (65cc) e Gabriel Gentil (85cc) venceram neste domingo; Mais duas categorias estÆo em jogo em Canelinha

Canelinha (SC) – Como j  virou tradi‡Æo, a chuva voltou a cair na pista da cidade de Canelinha, em Santa Catarina. Mas isto nÆo foi um problema para os pilotos da casa, que estÆo sendo os grandes destaques da terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross. Marcos Paulo Holtman abriu a disputa da categoria 65 cilindradas com um vit¢ria in‚dita. Na seqˆncia, Milton Becker, o Chumbinho, manteve a sua invencibilidade na MX3. E, para completar, Gabriel Gentil foi o campeÆo da 85cc. As corridas estÆo sendo realizadas neste domingo, sendo que haver  ainda outras duas disputas: MX2 e MX1.

O jovem Marcos Paulo, de SÆo Jos‚ dos Pinhais, liderou desde o in¡cio. E nÆo teve d£vidas para apontar a principal dificuldade da prova: “A pista. Foi muito legal vencer em Santa Catarina”, comentou. O p¢dio ficou completo com Everaldo Bonsenhor J£nior (2o), Endrews Armstrong (3o), Eduardo Rudnick (4o) e Cezar Augusto Zamboni (5o). Como Daniel Guelman, ficou na nona coloca‡Æo, ele acabou perdendo a lideran‡a do Brasileiro para Endrews, que ganhou um belo presente de anivers rio, j  que completou 11 anos neste domingo.

Foto: Leandro Silva d  show na MX2

Foto: Leandro Silva d show na MX2

Na MX3, o orgulho foi da cidade de Joinville, local de nascimento de Chumbinho. Ele comemorou na pista, sendo muito aplaudido pelo p£blico catarinense. “Venci em casa. Melhor, imposs¡vel”, disse o experiente piloto. Por‚m, no ano que vem ele conta com a ajuda de SÆo Pedro. “ dif¡cil competir na chuva. Nas pr¢ximas temporadas, espero que o tempo melhore”, acrescentou. Esta ‚ a terceira vit¢ria consecutiva de Chumbinho, que acumula 75 pontos na lideran‡a. O segundo colocado na corrida foi Nico Rocha, seguido por Leonardo Muller, Carlos Gustavo Kettermann e Alencar Krefta.

J  na 85cc, Gabriel Gentil, de Florian¢polis, fez uma boa largada. “Isto me ajudou muito na vit¢ria. Al‚m disso, tentei saltar o m ximo poss¡vel para tirar um pouco de barro da minha moto”, comentou o piloto. Ele estava radiante por ter vencido em casa. “ muito bom. S¢ treinei uma vez nesta pista antes da corrida, mas acabou dando certo. Estou muito feliz”, concluiu. Eduardo Ferreira Lima chegou em segundo lugar, na frente de Rodrigo Rodrigues, F bio Quartucci e Mar‡al Muller.

O Campeonato Brasileiro de Motocross ‚ organizado e promovido pela CBM (Confedera‡Æo Brasileira de Motociclismo), tem patroc¡nio da Honda e Mobil, co-patroc¡nio de Dunas Race, Pro Tork e Yamaha e apoio da Pirelli.