Foto: Aqui vai, a pedidos.

Causo, originais, lalo, pirata, GS500, 750, motard e traseiro

Foto: Aqui vai, a pedidos.

Foto: Aqui vai, a pedidos.

GS500 – Harada, desculpe mandar o link assim, mas nÆo consegui achar o enderen‡o do editor pra mandar a foto da GS 500 como prometi na mensagem anterior. Se qualquer coisa nÆo funcionar o link, eu posso mandar o arquivo direto para o seu e-mail. Agrade‡o se puderem colocar a minha pergunta juntamente com a foto, acredito que seria interessante para os outros motonliners. http://www.repsolypf.com/comunes/archivos/bbdd_motor/motocicletas/fotos/suzuki-gs-500-2005.jpg
Franz Hadmann Jasper – Bras¡lia, DF
Sim, esta ‚ a versÆo mais nova e saiu tb uma com carenagem integral, mas acho que a J Toledo nÆo trar  pq vai custar muito mais caro. Harada, veja se consegue colocar a foto no ar.

Causo
Fala Motonliners meu irmÆo comprou uma Fazer e eu andei que pena minhas espectativas j  eram n.1 ela anda menos que a twister n.2 o painel ‚ feio de doer,n.3 o barulho do escape ‚ orrivel da a impressÆo de uma moto mais fraca e n.4 o acabamento das pe‡as ‚ inferior a da twister e ela ‚ mais cara do que a rival e as pqnas mudan‡as na twister nova j  sÆo suficientes pra deixar a supremacia da honda intacta esperava mais da YAMAHA!!
marcelo lucci – santos sp
Marcelo, meu caro santista, tirando aquele 7 x 1, at‚ que eu nÆo te pentelhei muito ultimamente! Mas vem c , chega desse papo de FZ e TW pq eu vou acabar loko! Use o forum da turminha Twisteronline pra criar mais causo!

Originais
Fala ae Tite, Eu tenho um Twister e troquei o conjunto da transmissÆo(coroa, corrente e pinhÆo) h  pouco mais de 1500 km, s¢ que tenho notado que a cada 15 dia tenho que apertar a corrente. Agora te pergunto, isso ‚ normal? pois na minha outra moto um Ybr 125 a corrente nÆo ficava frouxa com tanta facilidade e eu andava do mesmo jeito que ando com esse. H  e eu ando cerca de 500 km por mes. Obrigado
Deivid Fa‚ Viana – Cachoeiro de Itapemirim
Fala Deivid, como vai a minha querida Cachoeiro? Terra do Rei! Seguinte, ‚ normal sim, at‚ a corrente se “ajustar” ao passo da coroa e pinhao. Mas vc nao falou a MARCA do conjunto coroa-pinhao-corrente. SÆo originais?

Lalo
Harada, trabalhamos juntos. NÆo sei porque razÆo vocˆ nÆo respondeu meu e-mail. Tenho uma Intruder 95 l.400 cc. e uma Shadow 2002. Aqui na zona sul, a gente curte no Lalo Motos. Seja humilde entre no nosso site , e venha nos visitar, porque aqui, a gente respira cilindrada. O unico bobo no Lalo`s Boys, ‚ o Adilson Cajuru.
TURCÇO – SÆo Paulo/SP
Turcao, d  um tapÆo no Cajuru por mim, lembran‡as ao pessoal do Lalo. Vem c , naum foi na sua oficina que eu entrei com moto e tudo uma vez que levei um tomba‡o de RD 350 na Av. Roque Petroni jr? Tite.

Pirata
Dˆem s¢ uma olhada na mat‚ria do Tio tite que foi copiada por este site. J  havia lido o comparativo entre a cb 500 e a gs 500 neste site pois sou propriet rio de uma gs 500. Quando vi o artigo no motonline e descobri o verdadeiro autor, nÆo pude deixar de fazer a den£ncia.
http://www.fortunecity.com/silverstone/daytona/185/compara.htm
Rubens Bonato – Cotia – SP
Por isso eu odeio piratas!!! J  pedi ao picareta pra tirar do ar, mas o feladamae nem se liga! ‚ tudo cachorro, covarde e picareta!

750
A/C GILBERTO TITE Gostei do texto s/ a 750. Tamb‚m colocaria um parabrisa.
O que nÆo gosto nas motos atuais ‚ o “aleijume”, ou seja escapamento s¢ num lado; na minha CB500, coloquei um “frio”. Ser  que na 750, conseguiria?
ARI – SANTA MARIA – RS
Esses ga£chos tem cada uma: aleijume!!! Arildo, se vc fez esta monstruosidade com uma 500, entÆo fique a vontade para repetir a bizarrice na 750, mas cuidado pra nÆo estragar a moto.

Motard
Oi Pessoal! Gostaria de saber de onde vem a tecnologia das motos sundown e estou aguardando com a maior ansiedade a tal STX 200 motard. Eles se manisfestaram sobre os dados deste modelo? Pena a atitudade da Yamaha em relacao a Fazer mas espero que seja um produto que agregue tanto quanto a TW e a Comet, alias ja fui dono de uma TW e tive de vende-la por causa de roubo….. Um abratzzz
David Rodrigues Silveira – Barueri, SP
David, passei v rios dias com a engenheirada da Sundown aqui na It lia e aprendi um bocado com eles, principalmente coisas impublic veis. Acho que vale uma mat‚ria (viu Z‚ e Maristella?). Seguinte, em suma ‚ assim: um grupo de engenheiros e especialistas brasileiros vai at‚ a China e seleciona alguns dos principais fabricantes. Escolhem um produto e testam l  mesmo. Se nÆo prestar, deixam de lado. Se for bom, fazem uma s‚rie de exigˆncias, mudam v rias coisas e testam de novo. Se for aprovado, importam o modelo, mas aqui ainda fazem mais mudan‡as at‚ chegar num padrÆo de qualidade de acordo com nosso mercado. A STX 200 est  sendo desenvolvida … muito tempo e pelo que conhe‡o de dois dos malas da Sundown, Milton Benite e Z‚ Cohen, a motoca promete! Al‚m disso,a Sundown foi a primeira a apostar no filÆo do Supermotard, moda que contaminou a Europa. Pena que as outras marcas no Brasil ainda nÆo enxergaram este filÆo!

Traseiro
OLµ CARO GS.APRECIO SEU TRABALHO DE JORNALISMO · ALGUM TEMPO,E NOTO QUE O PROFISSIONAL EM QUESTÇO  DE ALTO NÖVEL.ENFIM ANOS ATRµS NA REVISTA DUAS RODAS, ACHO QUE V/C TRABALHAVA Lµ. HAVIA UMA REPORTAGEM SOBRE A MUDAN€A DE PNEUS QUE NÇO SÇO ORIGINAIS, PRATICANDO UMA MEDIDA MAIOR. USANDO UMA XLX250 E CAL€ANDO UM PNEU PIRELLI MT75, A CONCLUSÇO DA REPORTAGEM ERA QUE ERA UMA ALTERA€ÇO PERIGOSA.PERGUNTO,A TCNICA DO SUPERMOTARD, NÇO IRIA CONTRA O PROJETO DA MOTO E DA REPORTAGEM ? UM ABRA€O
SILVIO – OSASCO, SP
Silvio san, pode escrever em letrinha pequena que a gente enxerga! Sim, foi eu mesmo que escrevi aquele texto, mas releia e veja que se referia apenas a troca do pneu TRASEIRO