CBM promove alteração na Motovelocidade

Nos dias 22 e 23 de fevereiro come‡am as primeiras etapas dos Campeonatos Brasileiros de Rally e de Regularidade; o primeiro ser  disputado em Campos no Rio de Janeiro; segundo no Rio Grande do Sul, entre as cidades de Caxias do Sul e Vinhedos.

Os campeonatos brasileiros de Motocross e Motovelocidade iniciam-se logo em seguida. A Motovelocidade ter  a etapa de abertura em Curitiba, Paran , nos dias 15 e 16 de mar‡o. Neste mesmo per¡odo, o Brasileiro de Enduro realiza a sua primeira etapa no Rio Grande do Sul e o de Regularidade, a segunda, no Esp¡rito Santo. A primeira etapa do Brasileiro de Motocross ser  em SÆo Paulo, nos dias 22 e 23 de mar‡o.
Mudan‡as.

O Campeonato Brasileiro de Motovelocidade deste ano ser  disputado com a inclusÆo de outras duas categorias no seu regulamento. Com a grande atra‡Æo que a competi‡Æo tem provocado nos adolescentes, a Confedera‡Æo Brasileira de Motociclismo decidiu criar a classe 125cc J£nior, que ir  reunir jovens pilotos de at‚ 17 anos. “Esta decisÆo permitir  um maior incremento ao esporte e dar  condi‡äes para o surgimento de novos talentos da motovelocidade brasileira”, justifica o presidente da CBM, Lincoln Miranda Duarte.

A outra altera‡Æo ser  o in¡cio da regulamenta‡Æo da classe 250cc Twister. A CBM discute com a Honda a defini‡Æo t‚cnica da categoria.
Outra decisÆo da Confedera‡Æo ser  a intensifica‡Æo do rigor na vistoria t‚cnica da Motovelocidade. Implantada no ano passado, com a gerˆncia do diretor t‚cnico da entidade, Jos‚ Roberto Siqueira, ela foi respons vel por dar mais seriedade, credibilidade e transparˆncia … competi‡Æo.

No Brasileiro de Motocross, permanece o mesmo formato do ano passado. A CBM renovou o contrato do consultor t‚cnico para constru‡Æo de pistas, o matogrossense Fernando Dal M s. Ele ‚ o respons vel pela constru‡Æo dos principais circuitos do motocross brasileiro.

Mais informa‡äes no link abaixo.