20130107_amigos_H

Ceará: Motociclistas de Fortaleza congestionam trânsito seguindo a lei

Material que ciirculou no WhatsApp e via Facebook convocando para a manifestação.

Material que ciirculou no WhatsApp e via Facebook convocando para a manifestação.

Fortaleza (CE) – Nem sempre o que é legal é justo. Bastaram duas horas para o já caótico trânsito de Fortaleza piorasse ainda mais. Para isso, bastou que um pequeno grupo de motociclistas trafegasse pela cidade ocupando o espaço de um carro como desejam as autoridades de trânsito. Foi essa forma que os motociclistas de Fortaleza, mesmo em um pequeno número, encontraram para chamar a atenção de motoristas e autoridades de trânsito.

A Confraria “Caveiras” realizou uma prévia de um grande ato contra a intenção das autoridades de trânsito de Fortaleza de exigir que as motocicletas ocupem o espaço de um carro. A manifestação teve início às 10 horas do dia 29 de julho e durou apenas duas horas, período em que os motociclistas congestionaram o trânsito de Fortaleza alertando contra a aplicação de multas para quem circular nos corredores. A Autarquia de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) informou que vai apurar o assunto.

Mas os agentes de trânsito traqüilizam. De acordo com o agente de trânsito que chamamos de Celino disse: “Podem ficar tranquilos. Sou agente de trânsito e os agentes de trânsito de Fortaleza já estão sem multar há mais de um ano. Nosso governo está sucateando o órgão de trânsito, os servidores não tem condições de trabalho e por isso estamos há muito tempo com as canetas paradas”, sinaliza o agente.

Max Pinheiro - Xingamentos e buzinadas por respeitar a lei.

Max Pinheiro - Xingamentos e buzinadas por respeitar a lei.

O motociclista Max Pinheiro informou: Durante o protesto levei cerca de 4 buzinadas no pé do ouvido, teve um que ainda gritou sai da faixa, isso na Avenida Washington Soares. Estava na velocidade limite de 60 km/h”.  Outra motociclista, Viviane Machado, que participou do protesto disse: “Muitas vezes ocupo um lugar de um carro e piloto respeitando os limites de velocidade! Sabem o que escuto? Buzinas e xingamentos?? Sabem de quem?? De pessoas que dirigem carros!”

“Seguimos o que eles recomendam. Seguimos a lei que eles criaram.”, disse Carlos Benevides, líder da Confraria Caveiras e idealizador do evento. Infelizmente a população entendeu, na prática, que moto como carro é um verdadeiro desastre para o trânsito. “Fizemos com um pequeno grupo, mas foi o suficiente para piorar ainda mais a mobilidade urbana em Fortaleza”. Destaca Benevides.

Caso a aplicação de multas seja levada adiante, os Caveiras informam que irão marcar um novo ato e dessa vez com mais motos ainda. Procurada, a AMC – autarquia responsável pelo trânsito de Fortaleza, informou que não estava sabendo da manifestação e deve emitir nota sobre o assunto. Mas até agora não se manifestou.

Fortaleza é conhecida por invenções mirabolantes no trânsito. Existem semáforos em rotatórias e até embaixo de viadutos. Passarelas são poucas e feitas em estrutura metálica. Além do que a implantação de bolsões para motos nos cruzamentos, apesar de já discutido não saiu do papel.

A manifestação conta com apoio de todos os motoclubes e motogrupos de Fortaleza e a intenção é que faça valer a ideia de “Trânsito parado, corredor livre” campanha defendida há dois anos pelo Anonymous MG.

 



Motociclista desde os 18 anos. Jornalista e apaixonado por motos desde que nasceu.