Edição 2014 do Cerapió terá percurso com paisagens incríveis

Cerapió 2014: aventura e natureza pela Rota das Emoções

Em sua 27 edição, Rally Cerapió 2014 traz em seu percurso um dos mais belos de todos os tempos. É que o Cerapió 2014 contemplará quase a totalidade da Rota das Emoções, entre os estados do Piauí, Ceará e Maranhão, roteiro premiado pelo Ministério do Turismo como um dos mais belos do país.

Edição 2014 do Cerapió terá percurso com paisagens incríveis - foto de Haroldo Nogueira

Edição 2014 do Cerapió terá percurso com paisagens incríveis - foto de Haroldo Nogueira

As vistorias serão feitas dias 26 e 27 de janeiro, quando também acontece a largada promocional.

No dia 28 os competidores darão a largada oficial rumo a Jijoca (CE), onde acontecerá o primeiro pernoite da caravana.

No dia 30 os participantes irão se despedir de Viçosa, no Ceará, e seguirão para Parnaíba, no belo litoral piauiense.

A última etapa da aventura partirá do Piauí no dia 1º de fevereiro rumo ao município de Barreirinhas, no Maranhão.

A festa de premiação acontecerá apenas no dia 2, deixando assim um dia livre para os aventureiros aproveitarem  e descansarem curtindo as delícias dos Lençóis Maranhenses.

BICAMPEÃO DO CERAPIÓ GUILHERME CASCAES PRONTO PARA LUTAR POR MAIS UM TÍTULO

Guilherme Cascaes pronto para o Cerapió 2014 - foto de Ângelo Savastano

Guilherme Cascaes pronto para o Cerapió 2014 - foto de Ângelo Savastano

 

O bicampeão de moto máster das duas últimas edições do Rally Cerapió – Piocerá – 2012 e 2013 está de volta, com inscrição confirmada para o Cerapió 2014.

E o fato do catarinense Guilherme Cascaes, que também é bicampeão brasileiro de enduro de regularidade (2011 e 2012), ter perdido esse título para o paranaense Emerson Loth, o Bombadinho, na temporada de 2013, não significa que ele se deixou abater. Pelo contrário, Cascaes está focado tanto em busca do tricampeonato da categoria mais forte, quanto também para lutar em busca do título nacional da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM. Na temporada 2013, ele ficou com a terceira colocação nacional, atrás apenas de Bombadinho e do capixaba Jomar Grecco, o vice-campeão.

Cascaes afirmou que tem mantido os mesmos treinos durante todo o ano de 2013 e nem mesmo neste período de fim de ano tem relaxado. “Como o campeonato brasileiro começa em janeiro com o Cerapió, não da para parar de treinar. Tenho me dedicado a treinos funcionais de duas a três vezes por semana,  em torno de 200 km com moto semanal”, avisa a fera.

O piloto diz que o fato de ter vencido as duas últimas edições do Cerapió/Piocerá gera uma certa pressão sobre ele, mas não muda sua forma de pensar ou agir durante a competição. “Claro que nada melhor que manter o título e começar o campeonato vencendo, mas encaro cada prova como um novo desafio onde vários pilotos têm reais chances de vencer. Estou muito bem e preparado para mais esta grande prova. Com certeza as dificuldades serão grandes. O nível dos pilotos está cada vez mais alto e não será deferente nessa prova de abertura onde os concorrentes estão ainda com mais sede para começar o ano na frente”, disse o piloto.