CG 150 Titan-ESD é a moto menos depreciada

CG 150 Titan-ESD é a moto menos depreciada

Moto da Honda perde apenas 14,9% do valor após um ano de uso. No mesmo período, algumas versões da Kasinski, Suzuki, Sundown e Dafra depreciam mais de 30%.

Honda CG150 maior valor de revenda

Honda CG150 maior valor de revenda

A Honda CG 150 Titan-ESD Mix é a moto menos depreciada no mercado, conforme o índice AutoInforme/Molicar, que calcula quanto as principais motos vendidas no Brasil perdem de valor depois de um ano de uso.

A CG 150 Titan-ESD Mix perdeu 14,9% do seu valor nos últimos doze meses. É um índice alto se comparado com carros de passeio, cujos modelos populares têm uma depreciação média de 10%. Mas no mercado de motos, onde a tendência é uma depreciação bem maior, a perda de até 20% do valor em um ano pode ser considerada um ótimo desempenho financeiro.

O estudo não levou em conta todas as motos do mercado. Foram selecionados aleatoriamente alguns modelos das principais marcas e apenas no segmento das motos pequenas.

A Honda tem seis entre as dez motos menos depreciadas. A Titan-EX é a segunda colocada: perde 16,7% do valor aos doze meses de uso. Em terceiro lugar aparece a Yamaha XTZ 250 Lander a gasolina, com depreciação de 17,5%. A Yamaha tem mais duas motos entre as dez menos desvalorizadas (veja lista)

Além de Honda e Yamaha, uma única moto de outra marca entre as dez menos depreciadas é a Kawasaki Ninja ZX 250R, lançamento recente e muito bem aceito no mercado. Conforme o índice AutoInforme/Molicar, ela tem uma depreciação de 18% em um ano.

A Sundown STX Motard 125 a gasolina aparece na décima primeira posição no ranking das menos depreciadas, com uma desvalorização de 19,8% após um ano de uso.

Mas algumas motos depreciam mais de 30% em um ano, como a Kasinski Win 110 (- 32%), a Suzuki Intruder 125 (-33,3%), a Sundown Max SE 125 (- 34,8%), Dafra Kansas 150 (38,5%) e a Kasinski Mirage Dual Tone 250 EFI -30,2%).

A Dafra Speed 150 e a Kansas 250 tiveram uma depreciação de mais de 40% no ano: a Spped perdeu 41% e a Kansas 42%.

Depreciação 2010

Quanto cada moto perdeu depois de um ano de uso:

Marca Tipo VERSÃO Depreciação
HONDA CG 150 TITAN-ESD MIX A/G -14,9
HONDA CG 150 TITAN-ES MIX A/G -16,7
YAMAHA XTZ 250 LANDER Gas. -17,5
HONDA CG 150 TITAN-EX MIX A/G -17,7
KAWASAKI NINJA ZX 250R Gas. -18
YAMAHA XTZ 125-K Gas. -18,1
HONDA CG 125 CARGO-ES Gas. -18,8
YAMAHA YBR 125 FACTOR/K Gas. -19
HONDA CG 125 FAN-ES Gas. -19,4
HONDA CB 300-R(C-ABS) Gas. -19,5
SUNDOWN STX MOTARD 125 Gas. -19,8
YAMAHA XTZ 250-X Gas. -20,6
HONDA XRE 300 Gas. -21,4
SUNDOWN STX 125 Gas. -21,8
KASINSKI COMET PHASE 2 250 EFI Gas. -22,4
SUNDOWN HUNTER 125-SE Gas. -22,5
HONDA CB 300-R Gas. -22,8
KASINSKI COMET GT R 250 Gas. -22,9
YAMAHA YS 250 FAZER Gas. -23,1
SUNDOWN WEB EVO 100 Gas. -24,4
SUZUKI YES EN125 Gas. -27,3
KASINSKI WAY 125 Gas. -28
KASINSKI COMET GT R 250 EFI Gas. -28,7
DAFRA SUPER 100 Gas. -28,9
SUNDOWN HUNTER 100 Gas. -30
KASINSKI SETA 150 Gas. -30
KASINSKI MIRAGE DUAL TONE 250 EFI Gas. -30,2
SUZUKI BURGMAN AN125 Gas. -30,3
DAFRA LASER 150 Gas. -31
KASINSKI WIN 110 Gas. -32
SUZUKI INTRUDER 125 Gas. -33,3
SUNDOWN MAX 125-SE Gas. -34,8
SUNDOWN MAX 125-SED Gas. -36,5
SUNDOWN FUTURE 125 Gas. -37,1
DAFRA KANSAS 150 Gas. -38,5
DAFRA SPEED 150 Gas. -41
DAFRA KANSAS 250 Gas. -42

 

Obs.: Para facilitar a discussão sobre esse assunto, criamos um tópico no fórum para os motonliners. Clique aqui para acessar o tópico.

Fonte: