motogp-silverstone-cancelada-pela-chuva-1

Chuva e asfalto ruim cancelam MotoGP em Silverstone

Chover na Inglaterra está longe de ser uma novidade, mas o mau tempo que atingiu a região do circuito de Silverstone neste domingo impediu a realização da 12ª etapa do Mundial de Motovelocidade. A pista, que recentemente recebeu trabalho de recapagem do asfalto, foi incapaz de drenar a água da chuva, gerando poças e uma série de possíveis pontos de aquaplanagem. Em nome da segurança dos pilotos, a organização da MotoGP decidiu por cancelar a etapa. O ‘porém': a decisão veio após quatro horas de espera.

Capas de chuva e muitos, muitos pontos de aquaplanagem em Silverstone. Asfalto foi incapaz de drenar a água e, em nome da segurança, corrida foi cancelada (mas não foi uma decisão rápida)

Capas de chuva e muitos, muitos pontos de aquaplanagem em Silverstone. Asfalto foi incapaz de drenar a água e, em nome da segurança, corrida foi cancelada (mas não foi uma decisão rápida)

Inicialmente a MotoGP seria a segunda corrida do dia, mas, diante da previsão de tempo molhado, foi adiantada no intuito de ocorrer antes do início da chuva. Não adiantou. A largada aconteceria às 7h30 (horário de Brasília) e a organização aguardou até às 12h, quando, sem alterações climáticas, comunicou oficialmente o cancelamento.

Honda, Yamaha, Suzuki, Ducati, Aprilia, KTM. Todas no box aguardando a resposta da organização da prova

Honda, Yamaha, Suzuki, Ducati, Aprilia, KTM. Todas no box aguardando a resposta da organização da prova

Sem corrida, com quedas

Dentre os motivos que pesaram na decisão da comissão estiveram as quedas de Tito Rabat (53, Reale Avintia Racing), Alex Rins (42, Suzuki Ecstar)  Aleix Espargaró (41, Aprilia Racing Team Gresini) e Franco Morbidelli (12, EG 0,0 Marc VDS), todas fruto da aquaplanagem, durante os treinos livres de sábado. Rabat, inclusive, teve de ser removido de helicóptero ao hospital, onde constataram fratura tripla na perna, ferindo tíbia, fíbula e fêmur.

Todos pagaram o pato

Todos pagaram o pato

Direção levou quase cinco horas para cancelar a corrida. Pilotos, público e equipes aguardaram reposta da comissão

Espera interminável

Espera interminável

Pilotos aguardaram nos boxes, nos trailers, no traçado, caminhando, sentados... e a decisão da prova simplesmente não vinha

Chuva I

Chuva I

Com previsões climáticas de chuva, direção optou por não realizar ou adiar corrida

Chuva II

Chuva II

Guarda-chuvas marcaram a paisagem de Silverstone neste domingo

Tito Rabat

Tito Rabat

Piloto caiu durante os treinos livres e fraturou a perna. Vítima da aquaplanagem

Aquaplanagem

Aquaplanagem

Circuito foi incapaz de drenar a água do traçado - que provocou várias quedas já nos treinos livres

Silverstone é um dos circuitos mais antigos do Mundial, criado em 1949. Por duas décadas o GP da Inglaterra aconteceu em Domington Park, mas a prova retornou à pista inicial em 2009. Em 2016 a chuva proporcionou outro episódio atípico, com a vitória de Maverick Viñales pela Suzuki – dando fim a um extenso jejum da japonesa. No ano passado, a prova teve Andrea Dovizioso (4, Ducati Team), Viñales (25, Movistar Yamaha MotoGP) e Valentino Rossi (46, Movistar Yamaha MotoGP) nos três lugares mais altos do pódio, respectivamente.

Em tom de brincadeira, pilotos manifestam desejo de não entrar em pista diante da insegurança oferecida pelo circuito. Takaai Nakagami e Cal Crutchlow seguram cartaz para 'correr amanhã'

Em tom de brincadeira, pilotos manifestam desejo de não entrar em pista diante da insegurança oferecida pelo circuito. Takaai Nakagami e Cal Crutchlow seguram cartaz para ‘correr amanhã’

Como fica a MotoGP

Sem os pontos da 12ª etapa, obviamente, segue todo como estava. Marc Márquez (93, Repsol Honda Team) lidera o Mundial com 201 pontos, seguido por Rossi (com 142) e Jorge Lorenzo (99, Ducati Team), com 130. Dovi (129) e Viñales (113) completam o top5. A próxima etapa será disputada no dia 9 de setembro, em Misano (Itália), onde Lorenzo e Rossis já venceram três vezes cada. Em 2017 quem faturou o primeiro lugar foi Márquez, com Danilo Petrucci (9, OCTO Pramac Racing) em segundo e Dovizioso em terceiro.

Separador_MotoGP



Guilherme Augusto

@obomguiaugusto >> Amante de motos em todas suas formas e sons (se for de 2T, melhor). Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever