Cinema volta aos 100 milhões no Brasil

O mercado brasileiro de cinema voltou a casa do 100 milhäes de espectadores, patamar que nÆo era alcan‡ado desde 1989

Segundo dados oficiais do Sindicato dos Distribuidores do Rio de Janeiro, 2003 fechou com publico de 102,9 milhäes, gerando renda pr¢xima dos R$ 650 milhäes. Em rela‡Æo a 2002, o crescimento foi de 13% em publico e de 22% em renda, com aumento de 8% no pre‡o m‚dio do ingresso. De acordo com o especializado filmeb.com.br, o publico do filme estrangeiro caiu 4%, por conta de um ano relativamente fraco em ofertas de grandes sucessos produzidos por Hollywood.

O crescimento do mercado no Brasil foi puxado especialmente pelo filme nacional. Em 2003, mais de 22 milhäes de pessoas foram assistir a produ‡äes brasileiras, salto de 205% na compara‡Æo com o ano anterior. Trˆs sucessos se destacaram, ocupando posi‡äes entre os 10 filmes mais vistos do ano passado – Carandiru (em 4o, com 4,6 milhäes de espectadores), Lisbela e o prisioneiro (em 7o, com publico de 3,1 milhäes) e Os Normais (em 8o, com plat‚ia de 2,8 milhäes. O filme mais visto no Brasil em 2003 foi o americano ‘Todo Poderoso’, com Jim Carrey, que somou publico de 5,4 milhäes de espectadores e renda de R$ 33,3 milhäes.