Foto: Hector Assunção, piloto da categoria Júnior, no Arena Cross

Com destaque para Jean Ramos, na Pro, quarta etapa é sucesso em Indaiatuba (SP)

Foto: Hector Assunção, piloto da categoria Júnior, no Arena Cross

Foto: Hector Assunção, piloto da categoria Júnior, no Arena Cross

Indaiatuba (SP) – A quarta etapa do Arena Cross 2009 proporcionou ao público muita emoção do início ao fim neste sábado, em Indaiatuba, interior de São Paulo. O piloto Jean Ramos, da equipe Honda Pirelli, foi o grande vencedor da competição na categoria Pro. Com essa conquista, o piloto pulou da quinta colocação para a segunda e levou quatro mil reais em dinheiro, maior prêmio da corrida. Os vencedores das outras categorias foram Hector Assunção – Honda (categoria Júnior), Endrews Armstrong – Dunas-General Motors (categoria 85cc), Gustavo Pessoa – ASW (categoria 65cc) e Enzo Lopes – Freeday (categoria 50cc). “Estou muito feliz com resultado. Estava apagado nas últimas etapas do Arena mas com essa primeira vitória, tudo muda”, disse Jean. Oito mil pessoas lotaram as arquibancadas.

Depois de ter essa mesma etapa cancelada por causa da chuva semana passa da, o público teve a oportunidade de ser contemplado com uma noite de clima bom e ameno e repleta de manobras radicais dos principais pilotos de motocross do cenário nacional. Segundo Carlinhos Romagnolli, organizador do Arena Cross e diretor da Carlinhos Romagnolli Promoções e Eventos, a mudança de data ajudou no sucesso do evento. “A pista está mais seca e o público lotou as arquibancadas. O resultado foi mais que positivo”, disse. “Além disso, todas as provas dessa etapa foram muito acirradas”, completa o organizador. Reinaldo Nogueira, prefeito de Indaiatuba, junto com patrocinadores e convidados, fez as honras na solenidade de abertura do evento e agradeceu a realização do evento em sua cidade. “Agradeço ao público que compareceu em massa”, completou.

Na primeira bateria da categoria Pro, a prova iniciou com a liderança do piloto Leandro Silva, que foi a Indaiatuba recuperado de uma contusão, mas logo foi ultrapassado por Swian Zanoni, piloto da equipe Honda- ASW que liderou depois toda a corrida. “Melhor impossível. Larguei bem e consegui passar o Leandro, que estava na frente”, comentou Swian. Durante a prova, Marcelo Lima (Honda) e Jean Ramos (Honda-Pirelli) conseguiram o segundo e o terceiro lugares, respectivamente.

Já na segunda e decisiva bateria, um acidente com o piloto Swian Zanoni fez com que a corrida parasse e recomeçasse com uma nova largada, dessa vez sem o piloto da Honda, que foi prontamente atendido e saiu na pista consciente. Na relargada, Jean Ramos conseguiu liderar quase a prova toda e manteve uma longa distância dos outros competidores. “Consegui manter um bom ritmo e fiz uma boa largada, estou feliz”, completou o piloto. Na segunda posição ficou Wellington Garcia, da equipe Honda-Oakley, e na terceira, o piloto Pipo Castro, da equipe 2B Racing.

Júnior – Numa corrida eletrizante, o piloto Hector Assunção mostrou superação, começando a prova em terceiro lugar e ult rapassando, no início da corrida, os primeiros pilotos. “Achei a corrida espetacular. Depois da ultrapassagem, consegui manter minha posição até o final e espero que seja assim nas próximas etapas”, disse o piloto comemorando sua vitória – a quarta seguida da temporada.

50cc – Em disputa acirradíssima entre os pilotos Enzo Lopes, da equipe Freeday, e Carlos Evangelista, o primeiro saiu na frente na corrida da categoria 500. Mesmo caindo na costela, e Carlinhos tomando sua dianteira, Enzo conseguiu recuperar e ultrapassar seu adversário, liderando até o final. “Estou feliz e fui muito bem. Quando caí, fiquei em segundo, mas consegui recuperar e ganhar”, comentou o piloto, que lidera o ranking com sua quarta vitória consecutiva no campeonato. No segundo lugar ficou Carlinhos Evangelista, da Brasil Racing, seguido de Guilherme Grasse (GPC Veículos).

65cc – Gustavo Pessoa liderou a prova da quarta etapa do Arena Cross e lev ou o troféu da sua categoria. No pódio, o jovem piloto agradeceu toda sua família pelas suas conquistas. “Dedico a vitória a todos que me ajudaram”, disse. “Achei a prova muito boa e pretendo mais para frente liderar as outras etapas”, completa o piloto. Na segunda colocação ficou Pepê Bueno (Castello Works)e, na terceira, Guigão Francisco (Escola Criativa).

85cc – Na 85cc, o piloto curitibano Endrews Armstrong (Dunas-General Motors) mostrou muita raça e venceu a categoria, após ultrapassar Thiago Formehl e Cézar Zamboni logo no começo da prova. “Mesmo com uma corrida muito disputada, consegui administrar a prova”, disse Endrews. “Agradeço a Deus, família, amigos pela boa prova e largada”, completou o piloto.

Disputa por equipes – Com a soma da quarta etapa no ranking geral por equipes, a equipe Honda-ASW (Wellington Garcia e Swian Zanoni) permanece em primeiro lugar com o total de 184 pontos, seguida da Honda-Pirelli ( Leandro Silva e Jean Ramos) com 162 pontos e Honda-Mobil (Marcello Ratinho e Thales Vilardi), com 143 pontos. As equipes são formadas por dois pilotos da categoria Pro. O time campeão será decidido através de pontos, ou seja, os dois pilotos somam os tentos obtidos e, no final da temporada, será definida a grande campeã do torneio 2009.

O próximo etapa do Arena Cross 2009 está marcada para o dia 22 de agosto, na cidade de São Bernardo do Campo, São Paulo.

Resultados da 4a etapa – pilotos e equipes
Pro – 1ª bateria
1- Swian Zanoni (Honda-Mobil)
2- Marcelo Lima (Honda-Mobil)
3- Jean Carlo Ramos (Honda-Pirelli)
4- Leandro Silva (Honda)
5- Wellington Garcia (Honda-Oakley)

P ro – 2ª bateria
1- Jean Carlo Ramos (Honda-Pirelli)
2- Wellington Garcia(Honda-Oakley)
3- Pipo Castro (2B Racing)
4- Tales Vilardi (Honda)
5- Leandro Silva (Honda-Pirelli)

Júnior
1- Hector Assunção (Honda-ASW)
2- Gustavo Takahashi (Honda-Mobil)
3- Eduardo Lima (Honda)
4- Gabriel Gentil (KTM)
5- João Paulo Feltz (privado)

50cc
1- Enzo Lopes (Freeday)
2- Carlinhos Evangelista (Brasil Racing)
3- Guilherme “Jiló” (GPC Veículos)
4- Guilherme Torres (LEM)
5- Leonardo da Silva (Jarva Racing)

65cc
1- Gustavo Pessoa (ASW-Brasil Racing)
2- Pepê Bueno (Castello Works)
3- Guigão Francisco (Escola Cria tiva)
4- Victor Monnerat (Stan Fechadura)
5- Hugo Erthal (Guto Erthal Racing)

85cc
1- Endrew Armstrong (Dunas-General Motors)
2- Cezar Zamboni (Honda Racing)
3- Everaldo Lima Filho (Honda Racing)
4- Matheus Corguinha (Beijoca Lingerie)
5- Kaio Miranda (Oakley-Fox)

Disputa por equipes
1- Honda-ASW – 184 pontos
2- Honda-Pirelli – 162 pontos
3- Honda-Mobil – 143 pontos
4- Suzuki-Petrobras – 128 pontos
5- 2B Racing – 94 pontos
6- KTM- Red Nose – 87 pontos
7- Pró-Terra Racing Team – 16 pontos

Para acessar o resultado completo de todas as categorias, a cesse. E aqui para conferir o ranking após a quarta etapa.

O Arena Cross tem os patrocínios de Honda e BB Seguro Auto e co-patrocínios de Consórcio Nacional Honda, Red Nose, e Revista da Moto!