Com reforço internacional, Spiga Racing inicia os preparativos da penúltima etapa do TNT SBK

A Spiga Racing, patrocinada pela Água Mineral Nobre, ganhou um reforço de última hora para a penúltima etapa do TNT SBK, que acontece neste fim de semana, dias 30 e 31 de outubro, em Curitiba, PR. O piloto mineiro Philippe Thiriet se juntou a Maycon Zandavalli, Newton “Cisso” Crespi e Heber Pedrosa e deve participar da prova.

Pipito, como é mais conhecido o piloto, está utilizando a moto reserva de Maycon Zandavalli e, caso nada aconteça com o equipamento do paranaense, irá utilizá-la para participar da prova de domingo. “Recebi o convite da Spiga Racing para vir aqui e estou aqui treinando junto com a equipe” disse.

O piloto, que desde 2009 compete no Campeonato Mundial de Superstock e foi o primeiro brasileiro a pontuar na competição, destacou a volta na etapa do TNT SuperBike em Curitiba. “Estou feliz de voltar a participar de uma prova aqui no Brasil. O ambiente está muito bom, o clima muito legal e estou aqui para me divertir”, explicou..

Além de Pipito, a equipe conta com Maycon Zandavalli, Heber Pedrosa e Newton “Cisso” Crespi. Correndo em casa, Zandavalli foi um dos mais rápidos nos treinos desta sexta-feira e promete lutar pela vitória na prova deste domingo. “Minha moto está muito boa e estou me sentindo mais preparado que nunca. Ainda tenho alguns ajustezinhos pra fazer na moto e sei que vou estar rápido no dia da prova”, comentou o piloto.

Outro piloto da equipe que está se destacando nos treinos é Heber Pedrosa, que fez o sexto melhor tempo do dia. Competindo pela segunda vez em Curitiba, o piloto já está a pouco mais de um segundo dos mais rápidos do circuito.

“Tenho pouco mais de seis meses de carreira e esta é a segunda vez que participo de uma prova em Curitiba. Tenho muito menos experiência que eles no circuito, mas já estou conseguindo virar em um tempo bem próximo do deles. Se conseguir um pódio na prova deste fim de semana, será um excelente resultado”, destacou o piloto.

O outro integrante da equipe, Newton “Cisso” Crespi, continua se recuperando de uma fratura no pé esquerdo. Ainda precisando de muletas para caminhar, o piloto participou dos treinos livres e vai competir neste fim de semana.

“Ainda dá um pouco de medo. Tem coisa que eu queria fazer, mas não posso porque não me sinto confortável. Porém, já estou cada vez melhor. No momento, o joelho já dói mais que o pé”, contou o piloto, que apesar disso foi o quinto mais rápido na categoria Pró-Amador.

“Não só vou correr, como vou dar trabalho. Hoje já pensei que fosse conseguir baixar um pouco o meu tempo, mas na prova vou conseguir. Quem sabe, mesmo sem estar em perfeitas condições, consigo subir ao pódio”, finalizou.