yamaha-r6-1

Com sua R6, Yamaha conquista o Mundial de Supersport

Ao guidão de uma Yamaha R6, Lucas Mahias conquistou o título Mundial de Supersport (WorldSSP) de 2017. O piloto precisava apenas terminar a última etapa, realizada no Qatar, em décimo para garantir o título, mas não abriu mão de conquistar o campeonato com uma vitória. Assim, a Yamaha fechou com chave de ouro a rodada final da temporada do campeonato destinado a motos esportivas de 600cc.

Lucas Mahias conquistou o título após mais uma vitória, desta vez na final, no Qatar. Piloto faturou o troféu a bordo de sua Yamaha R6

Lucas Mahias conquistou o título após mais uma vitória, desta vez na final, no Qatar. Piloto faturou o troféu a bordo de sua Yamaha R6

O piloto francês de 28 anos largou na pole position e liderou a corrida de 15 voltas praticamente de pota a ponta sofrendo, no final, uma forte pressão de seu compatriota Jules Cluzel. O desfecho da emocionante e feroz batalha, foi a vantagem 0.023s da Yamaha R6 sobre a segunda colocada. “É uma sensação incrível! Comecei a competir dez anos atrás e se você me dissesse então que eu seria o campeão WorldSSP, eu teria dito que era impossível… Mas eu trabalhei duro nesses 10 anos e agora aconteceu. Ainda não estou acreditando!”, declarou o piloto emocionado.

Conquista doWorldSSP veio em um momento especial para a Yamaha. Recentemente, a marca havia conquistado o título também no Mundial de Superbike 300 com a R3

Conquista doWorldSSP veio em um momento especial para a Yamaha. Recentemente, a marca havia conquistado o título também no Mundial de Superbike 300 com a R3

A vitória no Qatar foi a segunda vitória do ano de Mahias em uma temporada que ele subiu ao pódio em 8 das 12 corridas disputas, conseguindo uma pontuação total de 190 pontos, 29 a frente do rival Kenan Sofuoglu. Para a Yamaha este título teve um sabor especial, com aroma de dobradinha. Isso porque a conquista do Campeonato Mundial de Supersport aconteceu após a vitória no campeonato mundial de Superbike 300, que estreou este ano. Além de faturar a temporada 2017 com a Yamaha R3 pilotada pelo espanhol Marc Garcia (Halcourier Racing) – com apenas 1 ponto de vantagem sobre outra R3, a de Afonso Coppola –, a marca ainda faturou o campeonato de construtores da categoria. Foram 196 pontos contra 150 da Kawasaki e 140 da Honda.

Separador_motos



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.