Comet X Twister, semântica e CG 150

Gostaria de saber mais sobre a “COMET 250 da Kasinski”. Velocidade m xima, consumo, reposi‡Æo de pe‡as e etc. Ou melhor uma compara‡Æo com a TWISTER 250 Honda. Qual ‚ melhor das duas?
Fernando
Natal-RN
NÆo vai dar, Fer, porque a filosofia do site ‚ a de nÆo comparar motos de marcas diferentes. NÆo tivemos a chance de pilotar a Kasinski Comet 250 porque a assessoria de imprensa nÆo conseguiu encontrar nosso endere‡o correto no site e mandou o convite para um colaborador de Belo Horizonte!!! A revista MOTOCICLISMO fez um comparativo na edi‡Æo 88.

Semƒntica
Tite, surgiu uma d£vida. Outro dia parou um cara ao meu lado no sinal, estava ele numa Falcon com rodas da CB 500. Conversa vai, conversa vem, ele falou Super MotARD. MotARD como ox¡tona e ˆnfase no D. Acontece que sempre pronunciei Super MOtar(d), parox¡tona, com o D “oculto”. Com sua grande sabedoria poderia tirar-me essa d£vida cruel sobre qual a pron£ncia correta?? T“ meio atrasado na discussÆo sobre turbos, mas tem um link com um video de uma Hayabusa turbinada, nÆo sei se algu‚m j  o mencionou.  coisa de norte-americano mesmo: Corvettes, Tomahawkïs, F-350ïs, Boss Hoss, motos turbinadas, etc . Vale o show de velocidade. Ta¡: www.supermotard.dk/video.htm
Yuri Keiji Moriya Nidahara
Londrina, PR
Yuri Sam, minha imensa sabedoria diz que a palavra Motard, vem do francˆs e significa Motociclista. Como ‚ uma palavra francesa, a pron£ncia correta ‚ motµr, com a s¡laba t“nica no “A” e o “d” mudo. No Brasil ‚ comum pronunciar as letras “mudas”, por exemplo, Fordi, Motardi, etc. Valeu pela dica do turbo.

E a CG 150?
Tio Tite, sei que vocˆ tem outras coisas pra fazer al‚m de cuidar desse site, mas fala a verdade, tu tem alguma coisa contra a CG 150 ou a Honda nÆo te empresta essa moto de jeito nenhum? Ela j  existe a dois anos e vocˆ nunca deu uma volta nela. Poxa, nÆo ‚ possivel que a moto mais vendida do Brasil nÆo mere‡a nem um pouco da sua curiosidade. Eu queria muito ver uma avalia‡Æo decente dessa moto. At‚ a Suzuki Yes vocˆ testou. NÆo tem jeito mesmo de vocˆ arranjar uma pra dar uma volta num fim de semana?
Olisses
RibeirÆo Preto, SP
Calma, â, nÆo tenho nada contra a CG 150, nem a Honda tem contra minha modesta pessoa. Simplesmente eu assumi a edi‡Æo do Motonline depois do lan‡amento da Titan 150 e nÆo tive a chance de test -la porque naquela ‚poca eu nÆo estava em nenhum ve¡culo especializado em motos. A Honda prometeu para breve jogar nas minhas calejadas mÆos a CG 150 Sport, a qual terei imenso prazer em sabugar pra ver se ela ‚ esportiva mesmo. Mas antes, na fila de espera eu ainda tenho de escrever os testes da Hornet 600 e da CG 125 Fan, assim que vocˆs me deixarem sossegado! A pr tica de usar moto emprestada de leitores nÆo pode se tornar uma regra, senÆo perde a possibilidade de esganar a pobrezinha da moto. Testar moto de leitor ‚ como ir para a lua de mel com o pai da noiva ao lado: nÆo d  pra fazer tudo!