Foto: Tite

Comparativo, segurança, lenta, overdive etc

Foto: Tite

Foto: Tite

Que rid¡culo o teste comparativo da lander X tornado numa revista tupiniquim que est  nas bancas!. Al‚m de ser totalmente inconclusivo, os caras tiveram a pachorra de dizer que o freio tras da lander, por ter o flex¡vel exposto na balan‡a fica sujeito a choques e que nesse caso ‚ melhor o sistema a tambor da tornado vai ser prego assim la na casa do c@#$ù%ùlh0.  como dizer que vinil ‚ melhor que CD por que toca dos dois lados. S¢ faltou dizer que o carburador ‚ melhor que a i.e., afinal de contas vamos elogiar a honda, por que ‚ anunciante! Esses caras deviam ler coisas como MXaction e motonline pra ver como se faz teste de moto.
Frederico – c do jordÆo -sp
Fred, nÆo sei de qual revista vc est  se referindo, mas se for a Duas Rodas foi eu que escrevi o teste e pode ter certeza que foi embasado em crit‚rios t‚cnicos mesmo, sem achismos. Mas devo esclarecer que a Yamaha realmente passou o flex¡vel do freio traseiro POR BAIXO da balan‡a, o que nÆo se faz em motos fora-de-estrada (basta ver qualquer Suzuki, Kawasaki, Honda ou KTM). Al‚m disso, o freio dianteiro da Lander ‚ uma tristeza de ruim: ‚ borrachudo, sofre fadiga e nÆo “morde” nada! Tanto que nos testes de frenagem a Tornado foi melhor, mesmo com freio traseiro a tambor. Confesso que a escolha entre Tornado e Lander ‚ muito mais dif¡cil do que eu imaginava. Nem eu mesmo saberia dizer qual escolher, pois apesar de muitas diferen‡as mecƒnicas elas sÆo praticamente idˆnticas na pr tica. Ambas tˆm qualidades e defeitos que realmente equilibram muito a balan‡a. Como seu mais trilheiro do que asfalteiro, acho que a Tornado se adapta melhor ao MEU perfil. O problema ‚ que motociclistas em Lisarb nÆo avaliam um PRODUTO mas um LOGOTIPO. Os caras defendem Yamaha ou Honda ou Suzuki sem olhar a moto, mas a marca da moto. E tamb‚m ‚ preciso entender que o teste ‚ COMPARATIVO e nÆo COMPETITIVO, ou seja, nÆo espere um “vencedor”, mas uma s‚rie de elementos que servirÆo ao consumidor escolher entre uma ou outra moto. Eu mesmo nÆo gosto de comparativos e defendi que no Motonline nÆo far¡amos esse tipo de teste porque conhe‡o meu gado e sei que seja l  qual for o resultado, yamahistas e hondeiros passionais sempre reclamarÆo. Isso ‚ t¡pico do Brasil. Eu j  tive quatro motos ao mesmo tempo, cada uma de uma marca! Mas tamb‚m sei que uma certa revista faz “comparativos” sem qualquer n£mero de medi‡Æo. Na Duas Rodas n¢s rodamos 2.000 km com essas motos nas mais diferentes condi‡äes que vc pode imaginar. Eu e o Leandro nos chafurdamos na lama, pegamos curvas, retas, medimos a moto em v rias condi‡äes e t  tudo l ! Ah, para sua informa‡Æo, atualmente a Yamaha ‚ o maior anunciante na m¡dia impressa especializada! Portanto sua suspeita de protecionismo pra Honda ‚ furada.

Seguran‡a
Tite, Vi hoje em seguran‡a sobre o trabalho na via Oeste junto aos motociclista para diminui‡Æo de acidentes. Pergunta, por que nÆo fazem este trabalho junto aos motoristas de carro, que andam al‚m do limite da pista atropelando quem est  no limite, nÆo utilizam seta para indicar mudan‡a de pista e desrespeitam descaradamente quem est  sobre duas rodas?
Robinson – Barueri – SP
Pois ‚, quando falam em acidente com motos ningu‚m lembra que sempre tem um outro ve¡culo envolvido porque a moto chama mais aten‡Æo. Pode reparar, a not¡cia na r dio ‚ assim: “um acidento com motoqueiro atrapalha o trƒnsito na cidade”. Por que nÆo “Acidente entre carro e moto provoca lentidÆo!”.

Lenta
Tenho uma Bros 150 e a moto nÆo passa dos 105 km por hora, me falaram que era carbura‡Æo entÆo levei num mecanico para mexer na carbura‡Æo, nÆo adiantou nada pelo contrario ficou pior. Gostaria de saber se posso aumentar a cilindrada dela para ter um pouco mais de final, pelo menos 120km e o que eu deveria fazer no motor sem comprometer muito a durabilidade. NÆo quero a moto para ficar ralando mas para quando eu precisar ultrapassar ter um pouco de reserva . Por favor me ajude nÆo aguento mais andar naquela tartaruga.
Ricardo – Florian¢polis-SC
P‚ssimas not¡cias: a Bros 150 ‚ lenta assim mesmo! Talvez vocˆ pode conseguir alguma melhora usando um filtro de ar menos restritivo, ou at‚ arriscar uma coroa com 2 a 3 dentes a menos (ou pinhÆo com um dente a mais). Entre no nosso F¢rum Motonline e pesquise junto aos donos de Bros porque sempre tem alguma m gica.

Overdrive
Tite, minha questÆo ‚ no painel da VSTROM a uma indica‡Æo O/D ou seja over drive que acende quando esta em sexta marcha, s¢ que nÆo consta no manual, eu pensei que fosse devido a tradu‡Æo, teria esquecido este detalhe, mas a surpresa foi que trocando experiencias em um forum de portugual tamb‚m nÆo consta no manual deles que nem em portugues ‚ fornecido, que falha da Suzuki!
ricardo – SANTOS -SP
Ricardo, nÆo entendi sua d£vida! Over drive (ou sobre-marcha) ‚ a £ltima marcha, geralmente com a rela‡Æo mais longa do cƒmbio, que tem a finalidade manter o motor em uma rota‡Æo mais baixa e economizar gasolina. Algumas f bricas sinalizam no painel para “avisar” o piloto que ele est  na £ltima marcha, porque …s vezes a rela‡Æo da quinta e da sexta sÆo tÆo pr¢ximas que muita gente “esquece” que tem mais uma marcha e fica rodando em pen£ltima um tempÆo (j  aconteceu comigo!). Em suma, quando estiver na estrada, se a luzinha estiver acesa, t  tudo em ordem.

Not¡cias
Gostaria de ficar recebendo notic¡as sobre motos.
ARNALDO – FORTALEZA-CE
P“, ArnaldÆo, o Motonline nÆo tem sistema de not¡cias, mas j  est  programado pra breve!

Ferrado?
Amigos, acabei de entrar no mundo das esportivas, mais nÆo sei se entrei bem. Comprei uma GSXR 1100 1994/1994, e nÆo sei a diferen‡a entre a versÆo “R” ou a “W”. T“ revisando ela em uma concession ria SUZUKI, e depois que comprei, j  ouvi alguns coment rios ruins sobre algumas 1100 da Suzuki. EntÆo, me ferrei ou nÆo?
Eli‚zer – Fortaleza, Ce
Òita, depois que o cabra compra a moto ‚ que pergunta? A GSX-R 1100R tem motor com sistema de arrefecimento a ar+¢leo. J  o modelo “W” (de wather) tem motor arrefecido a l¡quido, levemente mais potente e simples. Se vc conservar bem sua moto certamente nÆo estar  ferrado!

Motard
Tite. Gostaria que me auxiliasse em uma d£vida, frequentemente ou‡o falar em motos trail com rodas e pneus de esportivas, as supermotards. Aqui no Brasil isso ‚ meio recente, e li reportagens sobre algumas lojas especializadas. Hoje tenho uma Virago 250 e uma XTZ 125, que uso para trabalhar, e gostaria de colocar esses componentes nela, mas tenho medo de que mude toda a cicl¡stica da moto. Isso pode vir a dar algum tipo de problema ou perda da agilidade da moto ?
Luiz – Jundia¡-SP
Qualquer altera‡Æo na geometria da moto – como troca dor aros – evidentemente muda o comportamento da moto. No caso da XTZ 125 ela ficar  muito baixa e poder  at‚ raspar facilmente as pedaleiras nas curvas. NÆo adianta mudar s¢ as rodas, ser  preciso fazer alguma coisa na suspensÆo para compensar.