V-Rod_450

Concessionária e Harley-Davidson não se entendem

Harley-Davidson V-Rod 2008: sem reclamação é só enrolação

Harley-Davidson V-Rod 2008: sem reclamação é só enrolação

O motociclista Francisco Pintor Lopes Filho conta sua saga para descobrir quem o estava enrolando com as peças para sua Harley-Davidson V-Rod atropelada por um Hot Rod. Acompanhe toda a história.

“Achei que não teria mais o que reclamar depois do Grupo Izzo, mas neste ano estou sofrendo por conta da Harley-Davidson do Brasil e a falta de peças. Primeiro na revisão da minha moto ela ficou um mês e meio na Aba (São Paulo) por causa das peças que a HD tinha em estoque no Brasil, mas custava a enviar a concessionária. Agora estou com ela novamente na Aba pois minha moto foi atropelada por um Hot Rod quando estava estacionada. Ela está lá desde 10 de setembro de 2012 por causa da falta de peças. Reclamei no SAC da HDB (Harley-Davidson do Brasil) e eles informam o mesmo que a Aba: A peça está em importação. Completo absurdo. Existe algo para ser feito para resolver isso?”

Veja a seguir a resposta da Harley-Davidson do Brasil.

Em resposta ao caso do senhor Francisco, proprietário de uma V-Rod 2008, a Harley-Davidson do Brasil esclarece que se trata de uma peça que depende de importação dos Estados Unidos e, portanto, sujeita às burocracias deste processo. Contudo, a Harley-Davidson salienta que mantém por padrão um estoque mínimo de peças de modelos fora de linha, recorrendo quando necessário a importação das mesmas. A Harley-Davidson informa que vem fazendo todo o possível para que a referida peça chegue o mais rápido possível e mantém um canal de comunicação aberto com o cliente para prestar quaisquer esclarecimentos que se façam necessários.

Em seguida, o cliente enviou mensagens atualizando os fatos após receber a resposta da Harley-Davidson.

“Logo após as muitas reclamações, a Harley-Davidson do Brasil se movimentou e na semana seguinte (03/12) foram muitos os telefonemas deles para mim. No dia 06/12 a HDB faturou e enviou todas as peças dos pedidos (seis itens) e que essa remessa foi entregue no mesmo dia, 07/12 para a Aba, o que foi confirmado pela concessionária. Me foi informado ainda que a HDB continuaria monitorando o serviço da Aba até a entrega da moto, o que seria feito pela Aba através de contato comigo. A Aba não entrou em contato comigo e não deu retorno as minhas ligações até hoje (19/12), quando me ligou para informar que uma peça (bengala) chegou somente ontem (18/12) e não tem data para a entrega da moto. Parece que a Aba recebeu as peças e não se mexeu, e então decidiu culpar a HDB.”

Reclamei imediatamente com a HDB  que entrou em contato com a Aba na quinta (20/12) e exigiu que eles aprontassem a moto. Conclui que a Estória (com “e” mesmo, pois é ficção) da peça ter chegado no dia anterior era mentira. Disseram também que tinham dado férias a alguns funcionários, que estavam atolados de serviço, mas não adiantou. Na sexta-feira, 21/12, uma moça da Aba me ligou falando que a moto iria ficar pronta no sábado às 10:00. Não fui ainda buscar minha moto pois quero ter certeza de que está pronta. Além do mais, preciso me locomover de outra cidade para isso. Se tudo estiver OK, pego na quarta-feira, 26/12. Conclusão disso tudo: se não reclamamos, vamos sendo enrolados.”