Cartas pedem solidariedade, paz e segurança no trânsito

Concessionária ViaLagos distribui mensagens educativas escritas por crianças

Cartas pedem solidariedade, paz e segurança no trânsito

Cartas pedem solidariedade, paz e segurança no trânsito

Na Semana Nacional do Trânsito (18 a 25 de setembro), o motorista que passa pelo pedágio da ViaLagos recebe um presente diferente! Uma cartinha escrita por um aluno participante do Programa Estrada para a Cidadania. Milhares de crianças escreveram cartas para serem distribuídas na rodovia pedindo aos motoristas solidariedade, paz e segurança no trânsito.

A campanha Cidadania na Estrada é uma das atividades do programa e tem como foco desenvolver uma ação inovadora e criativa, propiciando ampla conscientização social sobre a humanização e a segurança no trânsito. São cartas únicas, manuscritas, e o motorista que desejar poderá responder à criança, contribuindo assim para o processo de orientação para a cidadania de estudantes do 4º ano do ensino fundamental das escolas públicas da Região dos Lagos participantes do programa.

Patrocinado pela CCR ViaLagos, Estrada para a Cidadania está presente este ano em quatro cidades da Região dos Lagos – Rio Bonito, Araruama, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia. Mais de 9 mil alunos desses municípios são beneficiados com ensinamentos sobre segurança no trânsito, meio ambiente e cidadania. O programa oferece gratuitamente todo material didático para educadores e alunos, e ainda realiza a capacitação de mais de 370 professores para o uso do conteúdo pedagógico em sala de aula. Visando a inclusão de professores e alunos com deficiência visual, todo o material também é produzido em Braille.

Estrada para a Cidadania é um dos maiores investimentos sociais da Concessionária e contribui efetivamente para a redução de acidentes e vítimas do trânsito, por meio de orientação para a formação de pedestres e novos motoristas mais conscientes. O programa já beneficiou mais de 1,2 milhão de alunos e 49 mil professores das redes públicas de ensino de comunidades próximas às rodovias administradas pela CCR no Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro.