Brasília (DF) e São Miguel (SP) vão sediar as próximas etapas do Brasileiro de Stunt

Confirmadas 2ª e 3ª etapas do Campeonato Brasileiro de Stunt

Adrenalina, pressão e manobras de tirar o fôlego fizeram parte da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Stunt (Wheeling), realizada em Lins (SP), nos dias 4 e 5 de maio.

Brasília (DF) e São Miguel (SP) vão sediar as próximas etapas do Brasileiro de Stunt

Essa foi a primeira vez que a modalidade foi disputada oficialmente como Campeonato Brasileiro, já que no começo deste ano recebeu a chancela da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo. “Acredito que agora que o esporte será reconhecido de verdade e para nós isso é muito bom. Valoriza o nosso trabalho”, aponta Lucas Jorge, um dos maiores nomes da modalidade.

“A competição foi bastante elogiada por todos os pilotos, que vieram de todo o Brasil para participar. Entre eles, Deivid Silva, que ganhou a categoria Super-Street. O piloto é de Pendências (RN) e viajou 3.700 km para estar presente. Ele representou muito bem os pilotos do Nordeste”, afirmou Leandro Calegas, Diretor de Stunt da CBM.

O evento em Lins contou com cinco categorias: Amador, Street, Super Street, Trail e Pro-Rider. Os pilotos se apresentaram em duas baterias, da seguinte forma: na primeira bateria eles tiveram cinco minutos para realizar manobras com as duas rodas da motocicleta, e na segunda bateria, os pilotos voltavam com as motos sem a parte (roda) dianteira e tinham dois minutos para então realizarem manobras em apenas uma roda, e não poderiam errar.

A disputa foi bastante acirrada na categoria Super Street entre Deivid e os irmãos Leandro Trakinas e Alessandro Trakininhas, de Curitiba (PR), que empataram na 2ª colocação, seguidos por Victor dos Santos, o 100k-Nela, de Guarulhos (SP), na terceira colocação.
Na categoria Pró-Rider venceu o favorito Lucas Jorge, o Luquinha de Campinas (SP), seguido do piloto Dinei, de Rio Preto (SP), que foi uma surpresa, pois ele já pratica o esporte há muitos anos, mas participou pela primeira vez de uma etapa nacional, e garantiu a segunda colocação, na frente do piloto Ivan Pokémon, de Taubaté (SP), que ficou em terceiro lugar.

A 2ª e 3ª etapas já foram confirmadas, e serão realizadas em Brasília (DF), nos dias 24 e 25 de agosto, e em São Miguel (SP), nos dias 21 e 22 de setembro, respectivamente. Na 2ª Etapa haverá ainda categoria feminina.

O Stunt é praticado no Brasil desde 1980. Ganhou notoriedade a partir de 1990, mas somente foi reconhecido como prática esportiva pelo Ministério dos Esportes em 2010.

Confira o resultado da 1ª Etapa do Brasileiro:

Categoria Pró-Rider
1º Luquinhas – Campinas /SP (Honda 600RR)
2º Dinei – Rio Preto/SP (Honda 600RR)
3º Pokemon – Taubate /SP (Suzuki Srad 750)
4º Darlan – S J Dos Campos /SP (Kawasaki ZX6)
5º Diogo – Marília /SP (Kawasaki 636)

Categoria / Super-Street
1º Deivid Silva – Pendencias /RN (Honda Cb-300)
2º Trakinas – Curitiba /PR (Honda CB-300)
2º Trakininhas – Curitiba /PR (Honda CB-300)
4º 100k-Nela – Guarulhos /SP (Yamaha Fazer 250)
5º Ruahn – Curitiba /PR (Yamaha Fazer 250)
*Obs: empate entre Trakinas e Trakininhas na 2ª posição

Categoria / Trail
1º Paulista – Curitiba /PR (Yamaha XTZ125)
2º Lacraia – Curitiba /PR (Yamaha XTZ125)
3º Renato – Marimbondo /SP (Honda Tornado 250)
4º Baiano – Campinas / SP (Yamaha XT 660 )

Categoria / Iniciantes
1º Robertinho – Curitiba /PR
2º Ratinho – Curitiba /PR
3º Felipe – Curitiba /PR
4º Fabio Oliveira – Jatai /GO
5º Rodolfo Martins – Londrina /PR