GSR 150i _PRATA_45_E_traseirabaixa

Conheça a Suzuki GSR 150i

Parece a Yes, mas é a nova GSR 150i

Parece a Yes, mas é a nova GSR 150i

Finalmente a fábrica liberou as informações básicas sobre a nova Suzuki GSR 150i. Depois de ter apresentado apenas o nome dos modelos novos e o preço das cotas de consórcio, a empresa voltou atrás e decidiu mostrar alguns poucos detalhes de sua nova street de entrada com as informações da ficha técnica.

Painel de desenho tradicional, mas com acionamento eletrônico

Painel de desenho tradicional, mas com acionamento eletrônico

Numa olhada rápida apenas nas fotos, dá pra perceber que ela é muito parecida com a atual Yes, mas tem muitas novidades. O motor é um monocilindro, 4 tempos refrigerado a ar, DOHC (duplo comando no cabeçote) com eixo balanceador, que gera 12 cv de potência e é alimentado por sistema de injeção eletrônica. O câmbio é de 6 marchas.

O novo painel de instrumentos é acionado eletronicamente (sem cabos), tem displat digital em LCD e traz as tradicionais luzes-espia de pisca, luz alta, neutro e indicadora de falha e diagnose do sistema de injeção de combustível (FI), além do indicador de marcha engatada. Os espelhos retrovisores são cromados, assim como a tampa do bocal de abastecimento, que é feita em alumínio. Há travas de capacete sob o banco e as pedaleiras do piloto são retráteis .

Amortecedores traseiros hidráulicos e pressurizados a gás: mais eficiência

Amortecedores traseiros hidráulicos e pressurizados a gás: mais eficiência

Um destaque da nova Suzuki GSR 150i são os amortecedores traseiros hidráulicos e pressurizados a gás com câmara de expansão de óleo externa. Os amortecedores traseiros também são equipados com sistema de ajuste rápido de pré-carga da mola. Ela tem ainda o sensor de acionamento da embreagem interligado ao sistema de partida para
evitar a partida do motor com a moto engrenada.

A Suzuki GSR 150i, no plano de consórcio de 60 meses, tem parcelas de R$ 143,57, (crédito de R$ 6.829,00) e a expectativa da fábrica é vender 3.000 unidades/mês. A previsão de chegada das motocicletas nas concessionárias é meados de outubro.

 

Obs.: Para facilitar a discussão sobre esse assunto, criamos um tópico no fórum para os motonliners. Clique aqui para acessar o tópico.