Desempenho foi mantido e a alegria de usar a moto voltou

Conheça esta “Cagivonda” ou “Hondgiva” exclusiva

Colaboração de Celso Tartari

Tenho uma Cagiva Canyon 500cc ano 1998 e para falar a verdade, essa moto é bastante problemática em seu sistema elétrico, no sistema de partida e outros tantos problemas de motor. Ela me incomodou bastante até que resolvi aposentá-la, mesmo a moto sendo ainda quase nova, com apenas 14 mil km.

Celso Tartari e sua "Cagivonda" ou será "Hondgiva"?

Celso Tartari e sua “Cagivonda” ou será “Hondgiva”?

Ela ficou dois anos parada até que resolvi reativá-la. Acho a moto bonita, com design diferente e com uma ciclística fantástica. Troquei o motor completo da moto e minha opção foi pelo da Honda NX400 Falcon nacional, de baixa manutenção. Para adaptar um motor no lugar do outro foi bem simples, praticamente tirando um e pondo o outro. Na questão da alteração dos documentos, levei a moto depois de ter feito a alteração com a nota fiscal do motor até o órgão credenciado pelo Inmetro, onde foram feitos todos os testes. Saí de lá com a moto prontinha para rodar.

Motor da Falcon se adaptou quase sem necessidade de ajustes no chassi da Cagiva

Motor da Falcon se adaptou quase sem necessidade de ajustes no chassi da Cagiva

Vocês podem achar meio loucura fazer isso que fiz, mas com minha experiência foi relativamente simples e econômica. Quero compartilhar esta solução com outros motociclistas que podem estar com o mesmo tipo de problema. A solução pode ser simples e fácil de resolver. Por isso estou à disposição.

Custo bem baixo e documentação correta tornaram a moto nova e utilizável novamente

Custo bem baixo e documentação correta tornaram a moto nova e utilizável novamente

Antes de se desfazerem de suas motos que estão paradas e só dão dor de cabeça e ficam lá sem solução, é bom saberem que gastei R$ 3.000,00 na aquisição de um motor usado, revisado e com documentação legal, além da adaptação ao chassi da Canyon. Hoje estou muito feliz com a opção e tenho uma moto quase exclusiva e que chama muito a atenção pelo fato de ser rara. Ela tem uma ciclística melhor que a Falcon, ficou mais econômica e a velocidade máxima final é igual ao motor de 500 cc anterior.

Desempenho foi mantido e a alegria de usar a moto voltou

Desempenho foi mantido e a alegria de usar a moto voltou

Assim, se você tem uma moto parada porque não aguenta mais ficar consertando sem solução, pense numa mudança radical como essa. Pode ser mais fácil do que se desfazer do bem que você tanto preza.

Separador_motos