Nielsen Bueno, vencedor da categoria Elite na etapa de Campos do Jordão (SP) da Copa EFX Honda ASW

Copa EFX Honda ASW: Nielsen Bueno volta à briga pelo título

O clima típico do outono foi perfeito para a realização da terceira etapa da Copa EFX Honda ASW de Enduro FIM, em um dos cenários mais visitados nesta época do ano, a região serrana de Campos do Jordão (SP).

Nielsen Bueno, vencedor da categoria Elite na etapa de Campos do Jordão (SP) da Copa EFX Honda ASW

Nielsen Bueno, vencedor da categoria Elite na etapa de Campos do Jordão (SP) da Copa EFX Honda ASW

Os obstáculos naturais proporcionaram uma bela disputa em todas as categorias que estavam em jogo na competição de enduro neste domingo (19). Na principal delas, a Elite, a vitória foi do experiente Nielsen Bueno, deixando a classificação ainda mais embolada e emocionante para a continuidade da temporada. Agora, ele ocupa a vice-liderança do campeonato com 62 pontos, dez a menos que Rômulo Bottrel. A disputa foi grande, tanto que o segundo colocado, Rigor Rico, teve apenas 12 segundos de diferença para o campeão. A terceira posição ficou com Cauê Aguiar. Os pilotos se saíram muito bem desbravando os testes preparados pela organização. A histórica pista de motocross ‘Sobre as Nuvens’ foi um dos trechos mais elogiados pelos participantes. Além dela, muitas outras partes do trajeto criaram um alto nível de dificuldade, deixando a disputa ainda mais interessante.

Nielsen Bueno, que teve problemas na etapa anterior, ficou muito feliz por voltar a vencer. “Para mim, esta foi a melhor etapa do ano. O lugar é muito bacana, glamuroso. Foi uma prova diferente das que tivemos até agora. É uma etapa nova, em uma cidade nova. Campos dos Jordão nos acolheu bem, tivemos o Extreme praticamente dentro da cidade. Para completar, um Cross Teste no Circuito das Nuvens, que já sediou etapa do Mundial de Motocross. A pista estava perfeita. Tivemos também dois Enduros Teste nessa região serrana, que é bastante acidentada, com subidas, descidas e troncos pelo caminho. Enfim, foi um final de semana muito divertido e todo mundo ficou satisfeito com a corrida.”

Cauê Aguiar, outro competidor que vem se destacando nas provas da Copa EFX e desta vez chegou bem próximo da vitória, também ressaltou a dificuldade dos Enduros Testes. “A prova aqui foi bem legal. Tinha um Extreme com bastante pedra, mas não era o que definia a prova. O Cross Teste feito na ‘Pista sobre as Nuvens’, na minha opinião, era a parte mais divertida. Mas, os Enduros Teste, que estavam bem lisos, foram os que definiram a prova. Eu consegui andar bem, principalmente no Cross Teste e no Extreme. A disputa foi bem forte, já que todos estavam em um ritmo parecido”.

Júlio César Zavatti, o Bissinho, também fez uma boa prova e garantiu o quarto lugar. “Hoje foi um evento muito legal, muito diferente. Pela primeira vez, Campos do Jordão recebeu uma etapa da EFX. Andei bem, errei somente na primeira volta. Gostei muito das especiais. O Cross teste foi maravilhoso. A melhor pista de motocross que andei até hoje. O Enduro Teste foi muito liso e muito perigoso. Qualquer erro fazia a gente perder muito tempo. Mas, fiz uma prova muito boa no geral”, analisou Bissinho.

Marcella Gonçalves, vencedora da categoria Feminina na etapa de Campos do Jordão (SP) da Copa EFX Honda ASW

Marcella Gonçalves, vencedora da categoria Feminina na etapa de Campos do Jordão (SP) da Copa EFX Honda ASW

Rômulo Bottrel, ainda líder da categoria, teve problemas durante a etapa e teve de se contentar com a quinta colocação. “Achei a prova muito legal. A pista de motocross estava ótima, com muitas subidas e descidas. Consegui andar bem rápido nesse trecho. O Extreme também estava bom. Já as partes de enduro estavam bem lentas e escorregadias. Estava indo bem e com grandes chances de vencer a prova, mas em um descuido, caí em um buraco e foi difícil tirar a moto de lá. Foi muito tempo perdido. Estou chateado por ter cometido esta falha e não poder brigar pelo primeiro lugar da prova”.

Fernando Teixeira de Carvalho destacou o alto nível da disputa na categoria Elite. “Estava com uma grande expectativa para esta prova. Na primeira volta tive alguns problemas no Extreme Teste, mas andei forte nos outros testes. Falta um pouco mais de treino e preparo físico. Estava um pouco cansado na última volta. A categoria Elite está muito forte. Tenho treinado mais, melhorado a moto, mas cada segundo na Elite é uma grande briga”, afirmou o piloto, sétimo colocado na etapa.

O equilíbrio se repetiu nas categorias E1 e E2. Na prova para motos de até 450cc, Felipe Wermuth conquistou a vitória com quase um minuto de vantagem sobre Ripi Oliveira, segundo colocado. Já na disputa das 250cc, Loandro Anton repetiu o desempenho da etapa anterior vencendo um novo duelo com Luiz Felipe Rosendo. As disputas nestas classes prometem esquentar ainda mais na segunda metade da temporada.

A quarta etapa da competição será relizada em Pindamonhangaba (SP) no dia 14 de julho