O português Luiz Oliveira supera Rômulo Bottrel e vence a 1ª etapa da Copa EFX Honda de Enduro na categoria Ellite

Copa EFX Honda de Enduro começa com duelos emocionantes

A Copa EFX Honda de Enduro tem um vencedor diferente na primeira prova do ano. O português Luís Oliveira deixou para trás o atual campeão Rômulo Brottrel e outros pilotos bastante experientes na competição que teve início neste domingo (23), em Itupeva (SP). Mais uma vez, o campeonato começa bastante disputado, com mais de 300 competidores que precisaram mostrar versatilidade para superar os obstáculos e trilhas da prova. O ponto alto foi a passagem por dentro do Shopping Serra Azul, sobre a Rodovia dos Bandeirantes, onde público teve a chance de ver bem de perto as motocicletas e detalhes dos equipamentos dos participantes.

O português Luiz Oliveira supera Rômulo Bottrel e vence a 1ª etapa da Copa EFX Honda de Enduro na categoria Ellite

O português Luis Oliveira supera Rômulo Bottrel e vence a 1ª etapa da Copa EFX Honda de Enduro na categoria Elite

Brottrel ficou com a segunda posição por muito pouco, apenas 21 segundos atrás do vencedor que cumpriu as especiais do percurso em 36min17s75. O francês Adrien Metge também esteve na briga e ficou com o terceiro lugar, à frente dos mineiros Nielsen Bueno e Rigor Rico, que completaram o pódio. Na E1, a vitória ficou com César Costa Boaventura. Na E2, Júlio César Ferreira Elizário ficou em primeiro lugar.

Os demais vencedores foram Bruno Batista Martins (E3), Victor Borges Garcia (E4), Felipe Oliveira Santos (E5), Márcio Rogério do Nascimento (E6), José Alexandre Tommazo (E7), Guilherme Bueno da Silva (E8) e Janaína Souza (Feminina). Pelas equipes, o Zanol Team foi o vencedor e, pelos clubes, a Honda ficou em primeiro lugar.

A etapa foi considerada um sucesso pela organização e contou com a participação de 260 pilotos da categoria Adulta. No sábado, quando foi realizada a prova promocional do Cross Country Kids, a participação foi de 64 pequenos competidores. “A etapa do Serra Azul é sempre uma prova de excelência. Sempre temos uma estrutura fantástica”, frisou Fábio Simões, do Adrenatrilha Trail Club, organizador da competição. “As trilhas também são boas. A primeira especial, os pilotos não esperavam que fosse tão longa. Ela foi até a grande responsável por definir as colocações. Não tivemos nenhum problema e nenhum acidente durante a etapa. Isso para nós é muito gratificante. Aumentamos um pouco a equipe de trabalho e sempre atribuo o sucesso da etapa a eles”, encerrou.