Foto: Vinícius Calafat Ribeiro, 2º  colocado da categoria E2, em ação.

Copa Pakato de Enduro abre temporada com vitória apertada de Felipe Zanol

Foto: Vinícius Calafat Ribeiro, 2º  colocado da categoria E2, em ação.

Foto: Vinícius Calafat Ribeiro, 2º colocado da categoria E2, em ação.

A primeira etapa da Copa Pakato de Enduro foi recheada de emoções e disputas eletrizantes. Neste domingo (20), 221 pilotos deram a largada para a temporada 2011 nas trilhas de Itupeva, no interior de São Paulo, que contaram com muitas dificuldades e trechos desafiadores, em meio a belas paisagens da região. Depois de brigar pela liderança até o final, o multicampeão, Felipe Zanol, da equipe Gas Gas, foi o grande vencedor da prova na categoria Elite, seguido por Nielsen Bueno, da Suzuki, que terminou a etapa somente 1,2 segundo atrás do vencedor. A primeira fase da Copa Pakato também foi válida pelo Campeonato Brasileiro de Enduro F.I.M. e pelo Campeonato Paulista.

Os pilotos deram três voltas no circuito de 34 quilômetros repletos de obstáculos. Em cada uma, tiveram de cumprir três Cross Tests (trechos cronometrados) e um Enduro Test. No primeiro deles, o trecho aproveitou a antiga pista de motocross que havia no local. Para completar, assim como nos anos anteriores, a Pakato manteve suas particularidades, entre elas, o segmento em que os pilotos precisam cruzar o Shopping Serra Azul, em cima do quilômetro 72 da Rodovia dos Bandeirantes. Uma atração imperdível para o público.

Outra curiosidade foi a participação da criançada. Além do grande número de competidores nas categorias adultas, a prova contou com 39 crianças no Cross Country Infantil. O número tem crescido significativamente no campeonato. Os pequenos utilizam uma pista menor enquanto são ‘supervisionados’ pelos pais.

Na disputa da categoria principal, a briga entre Zanol e Nielsen foi a tônica do dia. Antes do último Cross Test ser processado, a diferença entre os dois era de apenas 0,9 segundo a favor de Nielsen. Como o último desafio foi melhor para Zanol, o mineiro conseguiu inverter a diferença para 1,2 segundo em seu favor.

O sol esteve presente em Itupeva durante toda a tarde. Para o experiente vencedor, o clima foi um dos fatores que contribuíram para o sucesso da prova e, é claro, para a vitória do mineiro. “A corrida foi muito bem montada. Tivemos um dia perfeito, com calor e durante a semana choveu, deixando o terreno bem legal de andar. Tivemos quatro especiais no estilo do Mundial de Enduro, bem técnicas com curvas descompensadas, exatamente como tem que ser. Consegui fazer uma boa corrida, apenas cometi um pequeno erro no Enduro Test, mas consegui recuperar no decorrer da prova, vencendo por pouco mais de um segundo. É importante demais começar o ano com vitória e espero que o campeonato continue competitivo, o que é importante para a evolução dos pilotos e do evento também”, disse o campeão, que ao final da prova fez a alegria dos fãs com uma sessão de autógrafos.

O segundo colocado, Nielsen Bueno cumpriu também uma prova quase perfeita. Somente os detalhes tiraram de suas mãos a vitória nos momentos finais, mas o piloto está preparado para tentar a recuperação na segunda etapa. “Foi uma prova dura, o calor muito forte acabou ditando o ritmo. As especiais foram muito boas, Especiais de Cross e um Enduro Test bem técnico. Acho que o nível estava muito igual. Infelizmente não venci por 1,2 segundo, mas são coisas de corrida. Agora é treinar para a próxima e tentar melhorar, já que este ano promete ser bem bacana.”

Para a organização, a missão da primeira fase foi cumprida com louvor. “Foi mais uma prova em que tudo correu bem, sem nenhum problema. Apenas um céu azul muito bonito e muitos pilotos. Foram 221 competidores correndo, além de quase 40 crianças na categoria infantil. Para nós é uma satisfação, um sucesso completo. Vamos trabalhar agora para as próximas etapas e esperamos que sejam como esta aqui no decorrer do ano”, finalizou Fábio Simões, o Fabião, presidente do Adrenalina Trail Club, organizador do evento, lembrando que a segunda etapa da Copa Pakato será disputada no dia 13 de março, em Ribeirão Pires, na região do Grande ABC.

A 8ª Copa Pakato de Enduro é organizada pelo Adrenatrilha Trail Club com patrocínio da Pakato Racing Parts e Acessories, co-patrocínio da ASW, Moto Field e Dust Off Road, apoio Shopping Serra Azul, Revista Pró Moto, Revista DNA Off Road e Revista Moto Verde, cronometragem Mr. Bits, locução Amarildo Martins, supervisão da Federação Paulista de Motociclismo e cobertura oficial MotoX.

Confira o resultado de todas as categorias:

Elite
1 – Felipe Zanol
2 – Nielsen Bueno
3 – Marcio Rogério do Nascimento
4 – Júlio Cesar Zavatti (Bissinho)
5 – Gregório Caselani

Enduro 1
1 – Michel Luiz Cechet
2 – Humberto Cadori Filho
3 – Jorge Schlickmann Júnior
4 – Luis Fernando Zotelli
5 – Dimas Nogueira Ventura

Enduro 2
1 – Caue Aguiar
2 – Vinícius Calafati Ribeiro
3 – Romulo Bottrel
4 – Eder Gonçalves
5 – Felipe Alves Legarrea

Enduro 3
1 – Fabio Rufato
2 – Fernando Sibinel
3 – Ronald Santi
4 – José Roberto Polaz
5 – Deividy Zorzi

Enduro 4
1 – Bruno Batista Martins
2 – Alexandre Olivar
3 – Gustavo Marabello Varsone
4 – Claudiney Couto
5 – Carlos Alberto Couto

Enduro 5
1 – Antonio Diogo Biasetto
2 – Emerson George Pradela
3 – Luciano Provin
4 – Luciano de Menezes
5 – Leonardo Ribeiro

Enduro 6
1 – Cassiano Marco Tebaldi
2 – David Rampazzo
3 – Marcos Roberto Bettoni
4 – Valmir Antonio Maison
5 – Julio Cesar Pereira

Enduro 7
1 – Luigi Colella
2 – Jesus Fernandez
3 – Dimas Mattos
4 – Alberto Gerez
5 – Sergio Colett

Enduro 8
1 – Valdir de Toledo – Dil
2 – Lucas Yoshio Ohara
3 – Cleber Alvarez
4 – Leandro Cassaro
5 – Anderson Motta

Enduro 9
1 – Paulo Domingos Calsolari Júnior
2 – Fábio Cardoso
3 – Gustavo Carvalho Freitas
4 – Claudio Gotardo
5 – Francisco Pereira Justo