Emprstimo-Pessoal-com-Restrio-2-290x1601

Crédito para financiamento de veículos cresce e inadimplência também

O saldo total de crédito para aquisição de automóveis fechou o mês de janeiro em R$ 200,9 bilhões, crescimento de 8% em comparação com igual período do ano passado. O total de crescimento de crédito do Sistema Financeiro Nacional foi de 18,4% no mesmo período, evidenciando uma moderação na evolução da aquisição de automóveis pelas pessoas físicas por meio de financiamentos. Os números foram divulgados no boletim mensal da ANEF (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras).

“O cenário atual segue a tendência histórica de moderação de vendas de veículos nos primeiros meses do ano, em que menos pessoas buscam adquirir o bem entre os meses de janeiro e fevereiro”, avalia o presidente da ANEF, Décio Carbonari.

Em alta desde o ano passado, o saldo de inadimplência no CDC de Veículos para Pessoa Física, acima de 90 dias, apresentou a marca de 5,3% em janeiro deste ano, um aumento de 2,7 pontos percentuais frente ao mesmo período do ano passado. Segundo a Anef, os números referentes a janeiro ainda seguem a tendência registrada em 2011, no entanto, é cedo para afirmar como será 2012. “O aumento da inadimplência não é positivo, mas a situação segue sob controle. Além disso, baseado no cenário de retomada da atividade econômica e crescimento da renda média do brasileiro, o índice deve baixar nos próximos meses”, avalia Carbonari.

A taxa de juros teve ligeira queda, fechando em 2% ao mês. Nos novos contratos, os planos de financiamento fecharam com a média de 41 meses, três meses a menos que o registrado um ano atrás. O prazo máximo oferecido permanece em 60 meses.