De olho nas mulheres motociclistas, fabricantes lançam produtos voltados a esse novo mercado

Cresce o número de mulheres motociclistas

De olho nas mulheres motociclistas, fabricantes lançam produtos voltados a esse novo mercado

De olho nas mulheres motociclistas, fabricantes lançam produtos voltados a esse novo mercado

É crescente a quantidade de mulheres conduzindo motocicletas pelas ruas e estradas do País. De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em 2011 cerca de 3.655.428 de mulheres possuíam Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para motos. Comparado com 2008, este dado representa um aumento de 44%.  A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas (Abraciclo) informa que, desde 2009, 25% do total das vendas de motocicletas foram feitas para o sexo feminino.

Diante desse cenário, os fabricantes de acessórios para motocicletas e motociclistas descobriram um nicho de mercado a ser explorado, por isso estão criando linhas de produtos específicos para o público feminino.

Capacetes, luvas, botas, jaquetas, bauletos, manoplas, espelhos, as possibilidades são infinitas e lucrará quem “acertar” as necessidade desse novo mercado.