Patch que precisou de uma segunda aplicação de calor para acabamento

Cuidados ao aplicar patch nas jaquetas

Este patch foi aplicado com termo-adesivo

Este patch foi aplicado com termo-adesivo

A questão de aplicação de patches nas jaquetas e coletes levanta dúvidas com grande frequência. Por isso uso este espaço para tentar esclarecer sobre as melhores formas de aplicação para evitar problemas de impermeabilidade. Existem dois tipos de patchs que podemos aplicar nas jaquetas e coletes: o tradicional, que deve ser costurado, e o novo, conhecido por termo-adesivo. Este veio facilitar e muito a forma de aplicação dos patchs nas roupas.

No entanto, para aplicar nas jaquetas é preciso ter cautela, pois uma aplicação feita sem os devidos cuidados pode danificar a película que é responsável pela impermeabilização da jaqueta. As jaquetas tem uma abertura na parte das costas, altura da cintura. Veja como é a película responsável por impermeabilizar sua jaqueta. É uma película emborrachada, material fino e delicado.

A película impermeabilizante de sua jaqueta: material delicado

A película impermeabilizante de sua jaqueta: material delicado

Por esta razão, não se recomenda costurar nada na jaqueta. Existe a possibilidade de se aplicar patchs com o recurso de costurar, mas tem que saber muito bem o que se está fazendo, pois se cometer uma falha, é o que basta pra comprometer a impermeabilização da jaqueta. Visando solucionar este problema e facilitar a aplicação de patchs nas jaquetas, foi desenvolvido o  processo termo-adesivo.

Este processo está sendo utilizado pela maioria dos comerciantes que participam dos eventos de motociclistas. Contudo, ele também oferece risco a impermeabilização da jaqueta se não for realizado com a devida cautela. É preciso atentar ao detalhe principal, que é a película impermeabilizadora, que pode sofrer danos se submetido a calor excessivo sobre ela.

Nas feiras e festas os comerciantes tem uma prensa própria para a aplicação do patch que já vem com o material adesivo em seu verso. Desta forma o patch é posicionado no local escolhido e colocado na prensa. Após alguns segundo está pronto. Muitas vezes é preciso um retoque por alguma ponta não ter colado adequadamente e assim é usado um pouco de cola pra ajudar.

Patch que precisou de uma segunda aplicação de calor para acabamento

Patch que precisou de uma segunda aplicação de calor para acabamento

Nestes casos, novamente a jaqueta é submetida ao calor na prensa. Exatamente nesse momento há o risco de perder a impermeabilidade da jaqueta por causa da quantidade e intensidade de calor aplicado para ocorrer a aderência. Trata-se de uma segunda aplicação no material que já sofreu certa deformação com o calor recebido na primeira aplicação. Na melhor das hipóteses, a película adere à cordura e não sofre maiores danos. Entretanto, caso o calor aplicado passe um pouco do limite, sua jaqueta perderá a impermeabilidade.

O ideal é que após a aplicação a película continue solta. Para se assegurar que não terá problemas com a pelicula da sua jaqueta, o recomendado é fazer a aplicação do patch com um ferro de passar roupa, em casa, mas lembre de abrir a jaqueta (como indicado no ínicio, na parte do zíper) e colocar uma toalha posicionada entre a película e a cordura para evitar que a película seja atingida pelo calor.

As supercolas deixam o patch endurecido, junto com o tecido da jaqueta

As supercolas deixam o patch endurecido, junto com o tecido da jaqueta

Outra opção é usar as colas super adesivas, mas este processo geralmente danifica o patch. Além de dar algum trabalho pra conseguir deixar o patch completamente colado a superfície da jaqueta, outro inconveniete de usar essas colas é que ele fica duro, perde a maleabilidade do tecido.

Pensando nisso tudo, fica aqui os parabéns aos Moto Clubes que fazem uso dos coletes, pois assim aplicam todos os patchs nos coletes e não tem problemas com as jaquetas. A melhor opção, portanto, é adotar o uso de colete e nele aplicar todos os patchs que desejar. Neste caso, tanto faz se é o tradicional que precisa ser costurado ou o termo-adesivo com a aplicação de calor.

 

Obs.: Para facilitar a discussão sobre esse assunto, criamos um tópico no fórum para os motonliners. Clique aqui para acessar o tópico.



Sidney Levy

Motociclista e jornalista, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. É editor de conteúdo do Motonline desde 2009.